Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Liga reclama da falta de Barbie ásio-americana


Do Diário do Grande ABC

01/06/2000 | 11:15


Barbie, a famosa boneca americana, tem múltiplas versoes: Barbie presidente, Barbie médica, Barbie patriota, Barbie latina, Barbie branca, Barbie afro-americana... Mas o que teria acontecido com a Barbie ásio-americana? ``Tipicamente, o que acontece com a comunidade ásio-americana'', respondeu Kristine Minami, da Liga de Cidadaos Nipo-Americanos. ``Passa despercebida''.

``Nao sei se a Barbie é um barômetro político e social'', continuou Minami, ``mas este é apenas mais um caso em que ásio-americanos nao sao considerados importantes''.

A verdade é que as bonecas ásio-americanas sao difícieis de encontrar. Uma rápida olhada na loja on-line da Barbie mostra que as versoes asiáticas sao exóticas e, admite o site, ``podem ser difíceis de encontrar no varejo''. Há uma Barbie tailandesa, uma japonesa, uma da Polinésia e uma oriental. Mas versoes ásio-americanas nao existem.

Julia Jensen, porta-voz da Barbie, um dos brinquedos mais populares da Mattel, nega qualquer discriminaçao. ``O que estamos produzindo é o que o mercado está interessado em ver'', disse Jensen à AFP, por telefone, de San Francisco. ``Nao sao todas as comunidades que estao pedindo uma boneca à sua semelhança'', acrescentou.

Nos últimos anos, os criadores da Barbie deixaram um pouco de lado o estereótipo da loura fútil e desenvolveram bonecas com papéis de liderança, como a Barbie candidata à presidência.

``O tema das bonecas asiáticas está sempre presente em nossas conversas com a Mattel'', contou Andrea Nemetz, diretora de desenvolvimento da Girls Incorporated, que oferece programas educacionais para garotas. ``A decisao da Mattel foi de caminhar em outra direçao'', explicou Nemetz, acrescentando que o motivo parece ser financeiro.

Pesquisas demográficas mostram que os ásio-americanos correspondem a menos de 4% da populaçao dos Estados Unidos, mas é o grupo minoritário que apresenta o crescimento mais rápido e que tem, proporcionalmente, a maior média nacional de rendimentos domésticos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;