Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Policiais sao condenados à morte na Tailândia


Do Diário do Grande ABC

10/05/2000 | 08:55


Uma corte penal da Tailândia condenou à morte 10 policiais pelo assassinato de quatro homens, durante uma discussao que acabou em matança num bar, em março de 1994. O tribunal do júri em Bangcoc anunciou seu veredicto nesta terça.

Na ocasiao, 17 policiais do distrito de Cha Am, na província central de Petchaburi, a 105 Km a sudoeste de Bangcoc, foram acusados pelas mortes dos homens em represália porque um dos quatro havia ferido a tiros um sargento da corporaçao durante uma briga.

Outro policial que confessou ter participado da matança conseguiu comutar sua pena de morte em prisao perpétua, segundo Banharn Duangchareon, secretário do tribunal. Outros seis agentes acusados de participaçao no crime foram absolvidos por falta de provas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Policiais sao condenados à morte na Tailândia

Do Diário do Grande ABC

10/05/2000 | 08:55


Uma corte penal da Tailândia condenou à morte 10 policiais pelo assassinato de quatro homens, durante uma discussao que acabou em matança num bar, em março de 1994. O tribunal do júri em Bangcoc anunciou seu veredicto nesta terça.

Na ocasiao, 17 policiais do distrito de Cha Am, na província central de Petchaburi, a 105 Km a sudoeste de Bangcoc, foram acusados pelas mortes dos homens em represália porque um dos quatro havia ferido a tiros um sargento da corporaçao durante uma briga.

Outro policial que confessou ter participado da matança conseguiu comutar sua pena de morte em prisao perpétua, segundo Banharn Duangchareon, secretário do tribunal. Outros seis agentes acusados de participaçao no crime foram absolvidos por falta de provas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;