Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema fecha dois supermercados em fiscalização contra o novo coronavirus

Adriana Horvath/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Blitz da vigilância sanitária percorreu 42 estabelecimentos e emitiu 16 notificações neste sábado


Da Redação

11/04/2020 | 20:48


A Prefeitura de Diadema determinou o fechamento de dois supermercados por descumprimento às regras do Decreto Municipal 7712, de 23 de março, que estabelece regras para combate à pandemia de Covid-19. Durante a blitz, com apoio da GCM (Guarda Civil Municipal), vigilância sanitária e Procon, foram vistoriados 42 estabelecimentos comerciais e emitidas 16 notificações para adoção urgente de medidas de combate ao novo coronavirus. Amanhã, os fiscais vão continuar a percorrer todos os bairros do município.

Os dois estabelecimentos lacrados pela Prefeitura são os supermercados "Rikoy", da avenida Maria Leonor, no Taboão, e o "Dia", na avenida Brasília, no bairro Campanário. O trabalho de fiscalização envolve cerca de 60 agentes municipais que percorrem todas as regiões da cidade. Ontem mesmo, no feriado da Sexta-Feira Santa, foram vistoriados 29 comércios e lançadas 23 notificações exigindo que gerentes e comerciantes se enquadrem nas exigências do Decreto 7712. A única lacração, do primeiro dia, foi uma adega, na avenida Dom João VI, no Jardim Canhema, já que no local havia aglomeração de pessoas, consumo de bebida alcoólica, dentre outras irregularidades.

Durante o trabalho de fiscalização, a população manifestou apoio à força-tarefa da Prefeitura. A moradora Tânia, cliente de um dos supermercados lacrados hoje, explicou que é a favor da blitz já que o estabelecimento não higienizava os carrinhos de compras, nem fornecia máscaras e luvas para os funcionários trabalharem. "Prevenir essa doença é importante pra nós consumidores e também para os trabalhadores dos comércios", disse ela.

"Para Diadema ser bem sucedida na luta contra a Covid-19, todo mundo precisa fazer a lição de casa, por isso a fiscalização da Prefeitura está passando o feriado nos bairros, inclusive amanhã, que é Domingo de Páscoa. Nós estamos na rua, para que a população fique em casa, protegida", explicou o prefeito Lauro Michels. "A partir da segunda-feira, vamos combater as aglomerações de filas em portas de bancos e lotéricas", finalizou. Além de secretários municipais, a blitz de fiscalização é reforçada com fiscais das áreas de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Defesa Social, Segurança Alimentar e Nutricional, Assuntos Jurídicos, Transportes, Meio Ambiente, entre outras.

Cartilha

O objetivo desse trabalho de fiscalização também é de orientar comerciantes e consumidores, para isso a Prefeitura de Diadema está distribuindo a cartilha “Diadema no enfrentamento ao Coronavírus. O que pode funcionar ou não”. Para ampliar a divulgação, a versão digital vai ser disponibilizada no portal da prefeitura. Nela, constam quais os comércios liberados para funcionar e quais a regras sanitárias devem ser observadas por supermercados, bancos etc.

Na cartilha, por exemplo, a prefeitura esclarece normas como reduzir e controlar o quantidade de clientes no local, reforçar a limpeza e higiene das instalações, inclusive dos sanitários. É necessário também disponibilizar álcool gel 70% para uso dos funcionários e clientes, higienização de cestas e carrinhos, organizar filas e atendimento para garantir o distanciamento seguro entre as pessoas. Por fim, constam as penalidades que podem variar de uma advertência até a lacração do comércio, caso não sejam respeitadas e adotadas as medidas contra a pandemia da Covid-19.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema fecha dois supermercados em fiscalização contra o novo coronavirus

Blitz da vigilância sanitária percorreu 42 estabelecimentos e emitiu 16 notificações neste sábado

Da Redação

11/04/2020 | 20:48


A Prefeitura de Diadema determinou o fechamento de dois supermercados por descumprimento às regras do Decreto Municipal 7712, de 23 de março, que estabelece regras para combate à pandemia de Covid-19. Durante a blitz, com apoio da GCM (Guarda Civil Municipal), vigilância sanitária e Procon, foram vistoriados 42 estabelecimentos comerciais e emitidas 16 notificações para adoção urgente de medidas de combate ao novo coronavirus. Amanhã, os fiscais vão continuar a percorrer todos os bairros do município.

Os dois estabelecimentos lacrados pela Prefeitura são os supermercados "Rikoy", da avenida Maria Leonor, no Taboão, e o "Dia", na avenida Brasília, no bairro Campanário. O trabalho de fiscalização envolve cerca de 60 agentes municipais que percorrem todas as regiões da cidade. Ontem mesmo, no feriado da Sexta-Feira Santa, foram vistoriados 29 comércios e lançadas 23 notificações exigindo que gerentes e comerciantes se enquadrem nas exigências do Decreto 7712. A única lacração, do primeiro dia, foi uma adega, na avenida Dom João VI, no Jardim Canhema, já que no local havia aglomeração de pessoas, consumo de bebida alcoólica, dentre outras irregularidades.

Durante o trabalho de fiscalização, a população manifestou apoio à força-tarefa da Prefeitura. A moradora Tânia, cliente de um dos supermercados lacrados hoje, explicou que é a favor da blitz já que o estabelecimento não higienizava os carrinhos de compras, nem fornecia máscaras e luvas para os funcionários trabalharem. "Prevenir essa doença é importante pra nós consumidores e também para os trabalhadores dos comércios", disse ela.

"Para Diadema ser bem sucedida na luta contra a Covid-19, todo mundo precisa fazer a lição de casa, por isso a fiscalização da Prefeitura está passando o feriado nos bairros, inclusive amanhã, que é Domingo de Páscoa. Nós estamos na rua, para que a população fique em casa, protegida", explicou o prefeito Lauro Michels. "A partir da segunda-feira, vamos combater as aglomerações de filas em portas de bancos e lotéricas", finalizou. Além de secretários municipais, a blitz de fiscalização é reforçada com fiscais das áreas de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Defesa Social, Segurança Alimentar e Nutricional, Assuntos Jurídicos, Transportes, Meio Ambiente, entre outras.

Cartilha

O objetivo desse trabalho de fiscalização também é de orientar comerciantes e consumidores, para isso a Prefeitura de Diadema está distribuindo a cartilha “Diadema no enfrentamento ao Coronavírus. O que pode funcionar ou não”. Para ampliar a divulgação, a versão digital vai ser disponibilizada no portal da prefeitura. Nela, constam quais os comércios liberados para funcionar e quais a regras sanitárias devem ser observadas por supermercados, bancos etc.

Na cartilha, por exemplo, a prefeitura esclarece normas como reduzir e controlar o quantidade de clientes no local, reforçar a limpeza e higiene das instalações, inclusive dos sanitários. É necessário também disponibilizar álcool gel 70% para uso dos funcionários e clientes, higienização de cestas e carrinhos, organizar filas e atendimento para garantir o distanciamento seguro entre as pessoas. Por fim, constam as penalidades que podem variar de uma advertência até a lacração do comércio, caso não sejam respeitadas e adotadas as medidas contra a pandemia da Covid-19.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;