Fechar
Publicidade

Domingo, 31 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo lacra Lojas Americanas do Centro

Divulgação/Prefeitura de São Bernardo Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Estabelecimento desrespeitou normas de segurança da Vigilância Sanitária para combate à pandemia de Covid-19


Do Diário do Grande ABC

08/04/2020 | 19:38


A Prefeitura de São Bernardo lacrou, na tarde desta quarta-feira (8), unidade da Lojas Americanas localizada na Rua Marechal Deodoro, no Centro. A fiscalização realizada pela Vigilância Sanitária, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), faz parte das ações de combate à proliferação do novo coronavírus, causador da Covid-19. Foram constatadas desde aglomeração de pessoas no local até ausência de medidas de proteção para evitar a contaminação de funcionários e clientes.

A vistoria da equipe da Vigilância Sanitária considerou que o estabelecimento comercial descumpriu o decreto n° 21.114, de 22 de março de 2020, permitindo a formação de filas nas partes interna e externa da loja sem o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os clientes. Outra falha apontada foi a ausência de álcool em gel para a desinfecção das mãos dos consumidores e a falta de limpeza dos carrinhos destinados às compras. Além disso, foi observado que os funcionários atuavam sem qualquer equipamento de proteção, como máscaras e luvas, com risco de contaminação.

A gerência da Lojas Americanas foi orientada a respeito da necessidade de adequação às medidas estabelecidas no decreto n° 21.114 antes de solicitar a reabertura da unidade junto à Vigilância Sanitária. No total, foram vistoriados 36 estabelecimentos comerciais da cidade, sendo a maioria deles grandes redes de supermercados, como Carrefour, Extra, Morando, Atacadão, Vencedor e Bem Barato. Nestes casos, foi constatado que todas as unidades implantaram ações preventivas a fim de conter o avanço da pandemia da Covid-19.

Todos os estabelecimentos vistoriados terão de apresentar, no prazo de até 24 horas, plano de contingência que contemple as medidas de prevenção adotadas. Isso porque, apesar de não serem observadas irregularidades, houve constatação de circulação de pessoas com acompanhantes, tais como idosos e crianças, o que vai contra a recomendação do Ministério da Saúde em relação ao distanciamento social. As equipes da Vigilância Sanitária voltarão aos locais visitados para verificar o cumprimento do decreto n° 21.114.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo lacra Lojas Americanas do Centro

Estabelecimento desrespeitou normas de segurança da Vigilância Sanitária para combate à pandemia de Covid-19

Do Diário do Grande ABC

08/04/2020 | 19:38


A Prefeitura de São Bernardo lacrou, na tarde desta quarta-feira (8), unidade da Lojas Americanas localizada na Rua Marechal Deodoro, no Centro. A fiscalização realizada pela Vigilância Sanitária, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), faz parte das ações de combate à proliferação do novo coronavírus, causador da Covid-19. Foram constatadas desde aglomeração de pessoas no local até ausência de medidas de proteção para evitar a contaminação de funcionários e clientes.

A vistoria da equipe da Vigilância Sanitária considerou que o estabelecimento comercial descumpriu o decreto n° 21.114, de 22 de março de 2020, permitindo a formação de filas nas partes interna e externa da loja sem o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os clientes. Outra falha apontada foi a ausência de álcool em gel para a desinfecção das mãos dos consumidores e a falta de limpeza dos carrinhos destinados às compras. Além disso, foi observado que os funcionários atuavam sem qualquer equipamento de proteção, como máscaras e luvas, com risco de contaminação.

A gerência da Lojas Americanas foi orientada a respeito da necessidade de adequação às medidas estabelecidas no decreto n° 21.114 antes de solicitar a reabertura da unidade junto à Vigilância Sanitária. No total, foram vistoriados 36 estabelecimentos comerciais da cidade, sendo a maioria deles grandes redes de supermercados, como Carrefour, Extra, Morando, Atacadão, Vencedor e Bem Barato. Nestes casos, foi constatado que todas as unidades implantaram ações preventivas a fim de conter o avanço da pandemia da Covid-19.

Todos os estabelecimentos vistoriados terão de apresentar, no prazo de até 24 horas, plano de contingência que contemple as medidas de prevenção adotadas. Isso porque, apesar de não serem observadas irregularidades, houve constatação de circulação de pessoas com acompanhantes, tais como idosos e crianças, o que vai contra a recomendação do Ministério da Saúde em relação ao distanciamento social. As equipes da Vigilância Sanitária voltarão aos locais visitados para verificar o cumprimento do decreto n° 21.114.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;