Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Empresa doa 1.000 litros de água sanitária em Diadema

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cerca de 600 famílias das comunidades 18 de Agosto, Santa Luzia e Bosque Real foram beneficiadas com o produto de limpeza


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

07/04/2020 | 00:05


Cerca de 600 famílias dos núcleos habitacionais 18 de Agosto, Santa Luzia e Bosque Real, em Diadema, receberam doação de 1.000 litros de água sanitária para realização de limpeza. O produto é um dos agentes que comprovadamente destroem o novo coronavírus, causador da Covid-19. A doação foi feita por uma empresa de distribuição de água de São Bernardo e a entrega começou ontem na sede da associação de bairro.

O presidente da Nova Associação de Moradores dos Núcleos Habitacionais 18 de Agosto e Santa Luzia, Sabino Fideliz Pereira, 56 anos, explicou que a maioria das famílias é carente e tem enfrentado grandes dificuldades durante este período de quarentena, uma das medidas adotadas pelo governo estadual e pela Prefeitura da cidade para combater a pandemia da Covid-19.

“As mães de família que são diaristas, empregadas domésticas, não têm uma reserva. Estão sem trabalhar e sem condições de comprar suas coisas” , afirmou. “Por isso esta doação é tão importante”, declarou.

A empresa Água Viva Brasil também doou uma caixa-d’água, de 1.000 litros, para a preparação da água sanitária. “O químico responsável da empresa foi até a associação e ensinou as pessoas a diluírem o hipoclorito de sódio para fazer a água sanitária”, explicou o gerente da distribuidora Otoniel Joaquim da Silva, 43 anos.
De acordo com Silva, outras doações como essa serão feitas à associação. “A gente vê que as pessoas precisam de tantas coisas, têm boa vontade. O que a gente está fazendo é muito pouco”, completou.

A entrega da água sanitária começou ontem e hoje ainda haverá a divisão do produto. “Vamos colocar tudo nas garrafas e já distribuir senhas. Assim as pessoas permanecem menos tempo fora de suas casas e também a gente não faz nenhuma aglomeração”, detalhou Pereira. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresa doa 1.000 litros de água sanitária em Diadema

Cerca de 600 famílias das comunidades 18 de Agosto, Santa Luzia e Bosque Real foram beneficiadas com o produto de limpeza

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

07/04/2020 | 00:05


Cerca de 600 famílias dos núcleos habitacionais 18 de Agosto, Santa Luzia e Bosque Real, em Diadema, receberam doação de 1.000 litros de água sanitária para realização de limpeza. O produto é um dos agentes que comprovadamente destroem o novo coronavírus, causador da Covid-19. A doação foi feita por uma empresa de distribuição de água de São Bernardo e a entrega começou ontem na sede da associação de bairro.

O presidente da Nova Associação de Moradores dos Núcleos Habitacionais 18 de Agosto e Santa Luzia, Sabino Fideliz Pereira, 56 anos, explicou que a maioria das famílias é carente e tem enfrentado grandes dificuldades durante este período de quarentena, uma das medidas adotadas pelo governo estadual e pela Prefeitura da cidade para combater a pandemia da Covid-19.

“As mães de família que são diaristas, empregadas domésticas, não têm uma reserva. Estão sem trabalhar e sem condições de comprar suas coisas” , afirmou. “Por isso esta doação é tão importante”, declarou.

A empresa Água Viva Brasil também doou uma caixa-d’água, de 1.000 litros, para a preparação da água sanitária. “O químico responsável da empresa foi até a associação e ensinou as pessoas a diluírem o hipoclorito de sódio para fazer a água sanitária”, explicou o gerente da distribuidora Otoniel Joaquim da Silva, 43 anos.
De acordo com Silva, outras doações como essa serão feitas à associação. “A gente vê que as pessoas precisam de tantas coisas, têm boa vontade. O que a gente está fazendo é muito pouco”, completou.

A entrega da água sanitária começou ontem e hoje ainda haverá a divisão do produto. “Vamos colocar tudo nas garrafas e já distribuir senhas. Assim as pessoas permanecem menos tempo fora de suas casas e também a gente não faz nenhuma aglomeração”, detalhou Pereira. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;