Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em vídeo, Ronaldinho manda recado para a família de um colega de prisão

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


06/04/2020 | 12:00


Um vídeo de Ronaldinho Gaúcho ao lado de um colega de prisão no Paraguai, denominado Moraes, tem circulado na internet, desde o último domingo (05). Nas imagens, o brasileiro, preso no Paraguai há exatos um mês, mostra-se sorridente e manda um recado para a família do detento, no qual diz ser "seu atacante". Veja como está o caso Ronaldinho Gaúcho.

"Olá todos aí, família Moraes! Estou aqui com meu companheiro, meu atacante, Pablo. E, bom... Joga muito bem. Estamos juntos! Em breve, vamos jogar outra vez juntos", disse Ronaldinho.

Este é o terceiro registro do ex-jogador na Agrupación Especializada, cadeia na qual se encontra preso, em Assunção, no Paraguai. O detento, que aparece ao lado de Ronaldinho no vídeo, é Pablo César Moraez, que se encontra em cárcere, desde setembro de 2019. "Moraes", como é chamado por Ronaldinho, fazia parte de um grupo de policiais, acusados de proteger traficantes de drogas, que atuavam em solo paraguaio.

Os demais registros em que o brasileiro é protagonista foram gravados em março. Há duas semanas, o ex-Barcelona apareceu numa partida de futevôlei com outros detentos, numa quadra de areia. A primeira aparição, que possivelmente foi gravada no mesmo dia da segunda, mostra o ex-jogador numa partida de futsal.

Ronaldinho está detido junto de seu irmão Assis, há mais de um mês, em Assunção, por portar e utilizar passaportes e documentos de identidade falsos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em vídeo, Ronaldinho manda recado para a família de um colega de prisão


06/04/2020 | 12:00


Um vídeo de Ronaldinho Gaúcho ao lado de um colega de prisão no Paraguai, denominado Moraes, tem circulado na internet, desde o último domingo (05). Nas imagens, o brasileiro, preso no Paraguai há exatos um mês, mostra-se sorridente e manda um recado para a família do detento, no qual diz ser "seu atacante". Veja como está o caso Ronaldinho Gaúcho.

"Olá todos aí, família Moraes! Estou aqui com meu companheiro, meu atacante, Pablo. E, bom... Joga muito bem. Estamos juntos! Em breve, vamos jogar outra vez juntos", disse Ronaldinho.

Este é o terceiro registro do ex-jogador na Agrupación Especializada, cadeia na qual se encontra preso, em Assunção, no Paraguai. O detento, que aparece ao lado de Ronaldinho no vídeo, é Pablo César Moraez, que se encontra em cárcere, desde setembro de 2019. "Moraes", como é chamado por Ronaldinho, fazia parte de um grupo de policiais, acusados de proteger traficantes de drogas, que atuavam em solo paraguaio.

Os demais registros em que o brasileiro é protagonista foram gravados em março. Há duas semanas, o ex-Barcelona apareceu numa partida de futevôlei com outros detentos, numa quadra de areia. A primeira aparição, que possivelmente foi gravada no mesmo dia da segunda, mostra o ex-jogador numa partida de futsal.

Ronaldinho está detido junto de seu irmão Assis, há mais de um mês, em Assunção, por portar e utilizar passaportes e documentos de identidade falsos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;