Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Testamos: por R$ 300, teclado portátil Microsoft All-in-One Media oferece ótima experiência

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sérgio Vinícius
Do 33Giga

14/08/2020 | 20:48


O teclado All-in-One Media Keyboard, da Microsoft, tem como principais atrativos a sua portabilidade (36,7 x 13,2 cm) e ótima experiência de uso (teclas macias, atalhos bem posicionados ou de fácil curva de aprendizagem). Entretanto, seu preço é proibitivo para a realidade brasileira: R$ 300.

Leia mais:
7 dicas para transformar sua casa em uma smart home
Microsoft usa Internet das Coisas e reconhecimento facial para abrir portinhola de pets
5 provas de que o futuro chegou e revolucionou a sua casa

Durante os testes do 33Giga, o All-in-One Media Keyboard, que dispensa fios, foi utilizado tanto para trabalho como para lazer. Em ambos os casos, o trackpad integrado e multitoque garantiu navegação fácil em qualquer atividade. Por meio de comandos simples, era possível arrastar itens, dar zoom ou navegar sem se ressentir da falta de um mouse.

Do ponto de vista dos atalhos, a Microsoft também caprichou. Controle de áudio (volume, parar, reproduzir) ficam à esquerda do usuário e é bastante fácil se acostumar com eles para, por exemplo, interromper uma música ou filme que esteja passando no PC (ou na TV, se ela for compatível com teclados USB HID).

Raio-X


Nome: Teclado All-in-One Media Keyboard, da Microsoft
Dimensões: 36,7 x 13,2 cm
Conectividade: Bluetooth, USB HID
Alcance: 9 metros
Compatibilidade: Windows; em MacOS X e Android tem funcionalidades limitadas
O que anima: à prova de líquidos, teclas macias e espaçadas, compacto
O que decepciona: preço, preço e preço
Preço: R$ 300
Site oficial: https://is.gd/9kItgM

Para o trabalho, o modelo agrada bastante – principalmente, se o usuário precisa passar horas e horas digitando. As teclas são macias e espaçadas, mesmo com o tamanho diminuto do All-in-One Media Keyboard. Dificilmente, depois de um dia intenso de uso, a pessoa se confundirá novamente ao usar os botões intuitivamente.

Para fechar as qualidade do periférico, é importante dizer que ele é à prova de líquidos. Nos testes do 33Giga, eventualmente, houve problemas com café na mesa e o equipamento da Microsoft se saiu ileso – diferentemente de muitas outras coisas que estavam por perto.

O principal ponto negativo do modelo está – é importante repetir, neste caso – em seu preço sugerido de R$ 300. O usuário tem de precisar muito de um teclado portátil para desembolsar esse valor. Os números, aliás, são próximos aos pedidos por periféricos ergonômicos e de ponta da própria MS ou da Logitech (reconhecidamente, duas das melhores fabricantes desse nicho).

Além disso, por sua portabilidade, o All-in-One Media Keyboard não tem teclas que podem ser importantes para boa parte dos usuários. O Print Screen, por exemplo, não está à vista. Botões Home e End, idem. O teclado numérico pode fazer falta também, de acordo com o uso do profissional.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

No álbum, veja o modelo em detalhes. Clique nas imagens (de divulgação da Microsoft) para ampliar.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Testamos: por R$ 300, teclado portátil Microsoft All-in-One Media oferece ótima experiência

Sérgio Vinícius
Do 33Giga

14/08/2020 | 20:48


O teclado All-in-One Media Keyboard, da Microsoft, tem como principais atrativos a sua portabilidade (36,7 x 13,2 cm) e ótima experiência de uso (teclas macias, atalhos bem posicionados ou de fácil curva de aprendizagem). Entretanto, seu preço é proibitivo para a realidade brasileira: R$ 300.

Leia mais:
7 dicas para transformar sua casa em uma smart home
Microsoft usa Internet das Coisas e reconhecimento facial para abrir portinhola de pets
5 provas de que o futuro chegou e revolucionou a sua casa

Durante os testes do 33Giga, o All-in-One Media Keyboard, que dispensa fios, foi utilizado tanto para trabalho como para lazer. Em ambos os casos, o trackpad integrado e multitoque garantiu navegação fácil em qualquer atividade. Por meio de comandos simples, era possível arrastar itens, dar zoom ou navegar sem se ressentir da falta de um mouse.

Do ponto de vista dos atalhos, a Microsoft também caprichou. Controle de áudio (volume, parar, reproduzir) ficam à esquerda do usuário e é bastante fácil se acostumar com eles para, por exemplo, interromper uma música ou filme que esteja passando no PC (ou na TV, se ela for compatível com teclados USB HID).

Raio-X


Nome: Teclado All-in-One Media Keyboard, da Microsoft
Dimensões: 36,7 x 13,2 cm
Conectividade: Bluetooth, USB HID
Alcance: 9 metros
Compatibilidade: Windows; em MacOS X e Android tem funcionalidades limitadas
O que anima: à prova de líquidos, teclas macias e espaçadas, compacto
O que decepciona: preço, preço e preço
Preço: R$ 300
Site oficial: https://is.gd/9kItgM

Para o trabalho, o modelo agrada bastante – principalmente, se o usuário precisa passar horas e horas digitando. As teclas são macias e espaçadas, mesmo com o tamanho diminuto do All-in-One Media Keyboard. Dificilmente, depois de um dia intenso de uso, a pessoa se confundirá novamente ao usar os botões intuitivamente.

Para fechar as qualidade do periférico, é importante dizer que ele é à prova de líquidos. Nos testes do 33Giga, eventualmente, houve problemas com café na mesa e o equipamento da Microsoft se saiu ileso – diferentemente de muitas outras coisas que estavam por perto.

O principal ponto negativo do modelo está – é importante repetir, neste caso – em seu preço sugerido de R$ 300. O usuário tem de precisar muito de um teclado portátil para desembolsar esse valor. Os números, aliás, são próximos aos pedidos por periféricos ergonômicos e de ponta da própria MS ou da Logitech (reconhecidamente, duas das melhores fabricantes desse nicho).

Além disso, por sua portabilidade, o All-in-One Media Keyboard não tem teclas que podem ser importantes para boa parte dos usuários. O Print Screen, por exemplo, não está à vista. Botões Home e End, idem. O teclado numérico pode fazer falta também, de acordo com o uso do profissional.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

No álbum, veja o modelo em detalhes. Clique nas imagens (de divulgação da Microsoft) para ampliar.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;