Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Principal especialista dos EUA espera mais de 100 mil mortes

EBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Neste momento, são mais de 124 mil casos confirmados no país, e mais de 2 mil óbitos



29/03/2020 | 11:54


O principal especialista em doenças infecciosas do governo dos Estados Unidos, Dr. Anthony Fauci, afirmou neste domingo, em entrevista à rede CNN, que o país certamente terá "milhões de casos" de Covid-19, e mais de 100 mil mortes.

Segundo Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA, a estimativa é de que o número de vítimas fatais do coronavírus fique entre 100 mil e 200 mil. Neste momento, são mais de 124 mil casos confirmados nos EUA, e mais de 2 mil mortes. Os governadores de estados mais atingidos, como Washington e Nova York, pedem mais velocidade do governo federal principalmente na disponibilização de equipamentos para atendimento dos pacientes e para as equipes médicas.

Sobre a discussão sobre a flexibilização de medidas de afastamento social, Fauci diz que apoiaria apenas em áreas de menor impacto, se houver disponibilidade aprimorada de testes para monitorar essas localidades. Neste momento, ele se diz cético sobre essa possibilidade.

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou em sua conta no Twitter que dará uma coletiva de imprensa às 17 horas, horário de Washington (18 horas no horário de Brasília).

Portugal

A ministra da Saúde de Portugal informou que um garoto de 14 anos, que estava com o coronavírus, faleceu. As autoridades disseram que o menino tinha problemas de saúde prévios. Marta Temido ressaltou que ainda é preciso confirmar se a morte foi causada pela Covid-19 ou por alguma outra causa. Portugal informou neste domingo que contabiliza 119 mortes totais pelo vírus e 38.042 infecções.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Principal especialista dos EUA espera mais de 100 mil mortes

Neste momento, são mais de 124 mil casos confirmados no país, e mais de 2 mil óbitos


29/03/2020 | 11:54


O principal especialista em doenças infecciosas do governo dos Estados Unidos, Dr. Anthony Fauci, afirmou neste domingo, em entrevista à rede CNN, que o país certamente terá "milhões de casos" de Covid-19, e mais de 100 mil mortes.

Segundo Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos EUA, a estimativa é de que o número de vítimas fatais do coronavírus fique entre 100 mil e 200 mil. Neste momento, são mais de 124 mil casos confirmados nos EUA, e mais de 2 mil mortes. Os governadores de estados mais atingidos, como Washington e Nova York, pedem mais velocidade do governo federal principalmente na disponibilização de equipamentos para atendimento dos pacientes e para as equipes médicas.

Sobre a discussão sobre a flexibilização de medidas de afastamento social, Fauci diz que apoiaria apenas em áreas de menor impacto, se houver disponibilidade aprimorada de testes para monitorar essas localidades. Neste momento, ele se diz cético sobre essa possibilidade.

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou em sua conta no Twitter que dará uma coletiva de imprensa às 17 horas, horário de Washington (18 horas no horário de Brasília).

Portugal

A ministra da Saúde de Portugal informou que um garoto de 14 anos, que estava com o coronavírus, faleceu. As autoridades disseram que o menino tinha problemas de saúde prévios. Marta Temido ressaltou que ainda é preciso confirmar se a morte foi causada pela Covid-19 ou por alguma outra causa. Portugal informou neste domingo que contabiliza 119 mortes totais pelo vírus e 38.042 infecções.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;