Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Saída de quadros não afeta tradição do PTB, avalia Muñoz


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

29/03/2020 | 00:00


A saída de quadros históricos do PTB de São Caetano, que sofreu intervenção da direção estadual do partido na sexta-feira, não afeta a tradição do partido, que chegou a governar a cidade por período de 30 anos – com os governos em sequência de Walter Braido, Luiz Olinto Tortorello, Antônio José Dall’Anese e o atual prefeito, José Auricchio Júnior (PSDB), quando ainda integrava a legenda. A avaliação é do atual presidente municipal da legenda, Juan Muñoz.

O dirigente declarou que prefere não dizer que o partido estará na oposição ao atual governo e, sim, seguindo em outra direção. Muñoz entende que a saída de nomes da sigla – toda a direção anterior foi desligada – vai oxigenar o partido e é esse o objetivo.

“Entendo que estou na entresafra entre quem fez a história do PTB e os mais jovens que estão chegando e querem somar conosco”, afirmou. “Respeito muito a história do partido, mas, em qualquer circunstância, temos que ter novos quadros e novas lideranças”, completou.

Muñoz relatou que estava previsto evento com a presença do presidente estadual do partido, o deputado Campos Machado, para apresentação dos pré-candidatos que vão disputar a eleição municipal em 2022, mas a quarentena por conta da Covid-19 adiou os planos. “Seguimos com as filiações pela internet, porque até 4 de abril todos os pré-candidatos devem estar com a situação legal”, citou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Saída de quadros não afeta tradição do PTB, avalia Muñoz

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

29/03/2020 | 00:00


A saída de quadros históricos do PTB de São Caetano, que sofreu intervenção da direção estadual do partido na sexta-feira, não afeta a tradição do partido, que chegou a governar a cidade por período de 30 anos – com os governos em sequência de Walter Braido, Luiz Olinto Tortorello, Antônio José Dall’Anese e o atual prefeito, José Auricchio Júnior (PSDB), quando ainda integrava a legenda. A avaliação é do atual presidente municipal da legenda, Juan Muñoz.

O dirigente declarou que prefere não dizer que o partido estará na oposição ao atual governo e, sim, seguindo em outra direção. Muñoz entende que a saída de nomes da sigla – toda a direção anterior foi desligada – vai oxigenar o partido e é esse o objetivo.

“Entendo que estou na entresafra entre quem fez a história do PTB e os mais jovens que estão chegando e querem somar conosco”, afirmou. “Respeito muito a história do partido, mas, em qualquer circunstância, temos que ter novos quadros e novas lideranças”, completou.

Muñoz relatou que estava previsto evento com a presença do presidente estadual do partido, o deputado Campos Machado, para apresentação dos pré-candidatos que vão disputar a eleição municipal em 2022, mas a quarentena por conta da Covid-19 adiou os planos. “Seguimos com as filiações pela internet, porque até 4 de abril todos os pré-candidatos devem estar com a situação legal”, citou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;