Fechar
Publicidade

Domingo, 31 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O mundo sofreu outras vezes. E sobreviveu

O Grande ABC chegou a ter um cemitério exclusivo para os que morreram atingidos pela varíola; a gripe espanhola deu à região a sua primeira agência noticiosa extraoficial; o tifo; a tuberculose; a lepra...


Ademir Medici

29/03/2020 | 07:00


Na Idade Média, a peste – ou morte negra, ou peste bubônica – devastou um terço da população mundial. O Brasil nem havia sido descoberto oficialmente.

No século XIX – relata o historiador Wanderley dos Santos no seu livro clássico Antecedentes Históricos do ABC Paulista (PMSBC, 1992) – a varíola – ou mal da bexiga – atingiu em cheio a nossa região, obrigando as autoridades a criarem um cemitério próprio para os que pereceram pelo mal, o Cemitério dos Bexiguentos, em trecho do Caminho do Pilar onde hoje está a Casa da Esperança de Santo André.

No século XX, a gripe espanhola matou em todo o mundo, com reflexos no hoje Grande ABC. Um semanário local tornou-se, ao mesmo tempo, o primeiro jornal diário local e a primeira agência noticiosa, fornecendo dados sobre mortes e providências aos jornais de São Paulo.

Seguiram-se outras pandemias. Os antigos da região citam o tifo dos anos 1940 e 1950. Em São Bernardo, é lembrado o motorista galã recém-casado, pai de uma filhinha, um dos primeiros da região internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, onde faleceu, sendo sepultado no Cemitério de Vila Euclides.

Tempo da hanseníase tuberculoide, que inspirou a realização do filme Floradas na Serra, rodado na Companhia Cinematográfica Vera Cruz.

Campanhas eram realizadas no combate da lepra (hanseníase). As famílias reciclavam matéria plástica caseira para servir como lençóis nos leitos de internação.

ILUSTRAÇÃO
O infografista Agostinho Fratini, do time do Diário do Grande ABC, sintetiza notas, notícias e reclames. Uma pauta para Memória. O noticiário da gripe espanhola de 100 anos atrás bate, em muitos pontos, com o noticiário do coronavírus de 2020, doença já citada, com destaque, pelo Diário, nos idos de 2003, como verifica a jornalista Cecília Del Gesso, responsável pelo Banco de Dados do jornal.

As imagens da arte de hoje são de várias fontes: Banco de Dados do Diário do Grande ABC, Acervo Estadão, jornalista Geraldo Nunes e engenheiro Aldo Gomes da Costa Filho.

Do blog de Geraldo Nunes, duas reportagens sobre o assunto. Confiram nos links: https://blogdogeraldonunes.blogspot.com/2020/03/a-epidemia-de-meningite-em-1974-e-os. html https://blogdogeraldonunes.blogspot.com/2020/03/coronavirus-2020-x-gripe-espanhola-1918.html

Diário há meio século

Domingo, 29 de março de 1970; ano 12; edição 1197

Manchete – Terroristas libertam o cônsul. Que virá agora? Frente Argentina libertou Waldemar Sanchez, cônsul paraguaio em Ituzaingó, Corrientes, sequestrado terça-feira (24 de março de 1970).
Mauá – Denúncia do vereador Guilherme Primo Vidotto: impostos cobrados para o funcionamento dos salões de barbeiro tiveram um aumento de 100%; barbeiros revoltados.

Em 29 de março de...

1920 – Movimento grevista: fábricas de fiação e tecidos paradas; operários da construção civil, em solidariedade, param por 24 horas; várias prisões; estrangeiros deverão ser expulsos do País; polícia desmente o fechamento das associações operárias, que convocam comício para o Largo (Praça) da Sé.
1965 – São diplomados em São Caetano: prefeito Walter Braido, vice-prefeito Odilon de Souza Mello e os novos vereadores.

Santos do Dia

- Eustásio. Monge. Viveu na Suíça no século VI.
- Jonas e Barachio. Irmãos. Mártires. Viveram na Pérsia no século IV.
- Secundo de Asti. Soldado pagão convertido ao cristianismo. Padroeiro das cidades de Asti e de Ventimilha, muito popular no Norte da Itália. Decapitado no ano 119.

BEATO BERTOLDO. Francês. Liderou uma comunidade religiosa por 45 anos no Monte Carmelo, na Palestina, onde faleceu no ano 1195
 

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 29 de março:

- Em São Paulo, Pirajuí
- Em Goiás, Abadia de Goiás
- No Maranhão, Araioses, Barão de Grajaú, Chapadinha, Mirador, São Bernardo e Vargem Grande
- No Ceará, Aratuba
- No Paraná, Curitiba, capital do Estado
- No Mato Grosso, Ipiranga do Norte
- Em Minas Gerais, Monte Sião
- Na Bahia, Salvador, capital do Estado
- Em Santa Catarina, São João do Itaperiú

Fonte: IBGE
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O mundo sofreu outras vezes. E sobreviveu

O Grande ABC chegou a ter um cemitério exclusivo para os que morreram atingidos pela varíola; a gripe espanhola deu à região a sua primeira agência noticiosa extraoficial; o tifo; a tuberculose; a lepra...

Ademir Medici

29/03/2020 | 07:00


Na Idade Média, a peste – ou morte negra, ou peste bubônica – devastou um terço da população mundial. O Brasil nem havia sido descoberto oficialmente.

No século XIX – relata o historiador Wanderley dos Santos no seu livro clássico Antecedentes Históricos do ABC Paulista (PMSBC, 1992) – a varíola – ou mal da bexiga – atingiu em cheio a nossa região, obrigando as autoridades a criarem um cemitério próprio para os que pereceram pelo mal, o Cemitério dos Bexiguentos, em trecho do Caminho do Pilar onde hoje está a Casa da Esperança de Santo André.

No século XX, a gripe espanhola matou em todo o mundo, com reflexos no hoje Grande ABC. Um semanário local tornou-se, ao mesmo tempo, o primeiro jornal diário local e a primeira agência noticiosa, fornecendo dados sobre mortes e providências aos jornais de São Paulo.

Seguiram-se outras pandemias. Os antigos da região citam o tifo dos anos 1940 e 1950. Em São Bernardo, é lembrado o motorista galã recém-casado, pai de uma filhinha, um dos primeiros da região internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, onde faleceu, sendo sepultado no Cemitério de Vila Euclides.

Tempo da hanseníase tuberculoide, que inspirou a realização do filme Floradas na Serra, rodado na Companhia Cinematográfica Vera Cruz.

Campanhas eram realizadas no combate da lepra (hanseníase). As famílias reciclavam matéria plástica caseira para servir como lençóis nos leitos de internação.

ILUSTRAÇÃO
O infografista Agostinho Fratini, do time do Diário do Grande ABC, sintetiza notas, notícias e reclames. Uma pauta para Memória. O noticiário da gripe espanhola de 100 anos atrás bate, em muitos pontos, com o noticiário do coronavírus de 2020, doença já citada, com destaque, pelo Diário, nos idos de 2003, como verifica a jornalista Cecília Del Gesso, responsável pelo Banco de Dados do jornal.

As imagens da arte de hoje são de várias fontes: Banco de Dados do Diário do Grande ABC, Acervo Estadão, jornalista Geraldo Nunes e engenheiro Aldo Gomes da Costa Filho.

Do blog de Geraldo Nunes, duas reportagens sobre o assunto. Confiram nos links: https://blogdogeraldonunes.blogspot.com/2020/03/a-epidemia-de-meningite-em-1974-e-os. html https://blogdogeraldonunes.blogspot.com/2020/03/coronavirus-2020-x-gripe-espanhola-1918.html

Diário há meio século

Domingo, 29 de março de 1970; ano 12; edição 1197

Manchete – Terroristas libertam o cônsul. Que virá agora? Frente Argentina libertou Waldemar Sanchez, cônsul paraguaio em Ituzaingó, Corrientes, sequestrado terça-feira (24 de março de 1970).
Mauá – Denúncia do vereador Guilherme Primo Vidotto: impostos cobrados para o funcionamento dos salões de barbeiro tiveram um aumento de 100%; barbeiros revoltados.

Em 29 de março de...

1920 – Movimento grevista: fábricas de fiação e tecidos paradas; operários da construção civil, em solidariedade, param por 24 horas; várias prisões; estrangeiros deverão ser expulsos do País; polícia desmente o fechamento das associações operárias, que convocam comício para o Largo (Praça) da Sé.
1965 – São diplomados em São Caetano: prefeito Walter Braido, vice-prefeito Odilon de Souza Mello e os novos vereadores.

Santos do Dia

- Eustásio. Monge. Viveu na Suíça no século VI.
- Jonas e Barachio. Irmãos. Mártires. Viveram na Pérsia no século IV.
- Secundo de Asti. Soldado pagão convertido ao cristianismo. Padroeiro das cidades de Asti e de Ventimilha, muito popular no Norte da Itália. Decapitado no ano 119.

BEATO BERTOLDO. Francês. Liderou uma comunidade religiosa por 45 anos no Monte Carmelo, na Palestina, onde faleceu no ano 1195
 

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 29 de março:

- Em São Paulo, Pirajuí
- Em Goiás, Abadia de Goiás
- No Maranhão, Araioses, Barão de Grajaú, Chapadinha, Mirador, São Bernardo e Vargem Grande
- No Ceará, Aratuba
- No Paraná, Curitiba, capital do Estado
- No Mato Grosso, Ipiranga do Norte
- Em Minas Gerais, Monte Sião
- Na Bahia, Salvador, capital do Estado
- Em Santa Catarina, São João do Itaperiú

Fonte: IBGE
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;