Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Correção: Roche acelera produção de testes para coronavírus e de medicamento



26/03/2020 | 15:07


Correção: esta retranca substitui a anterior, enviada às 4h25 do dia 24. O texto continha uma incorreção no nome do medicamento Actemra, no segundo parágrafo. Segue versão corrigida:

A Roche Holding AG informou nesta terça-feira que está trabalhando para acelerar a produção de uma droga que pode ser usada para tratar pacientes com o novo coronavírus, assim como de um teste de diagnóstico para a doença.

O grupo farmacêutico, que tem sede em Basileia, Suíça, disse prever um potencial aumento na demanda pelo Actemra, que está na fase 3 de um estudo para avaliar sua segurança e eficácia em adultos hospitalizados com pneumonia causada pelo vírus.

A Roche disse que está se mobilizando para maximizar a produção da droga. A empresa também está acelerando a produção do teste conhecido como cobas (R) SARS-CoV-2, utilizado para identificar o coronavírus.

Por enquanto, a Roche alega estar sofrendo restrições limitadas a sua capacidade de entregar medicamentos em meio à pandemia. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Correção: Roche acelera produção de testes para coronavírus e de medicamento


26/03/2020 | 15:07


Correção: esta retranca substitui a anterior, enviada às 4h25 do dia 24. O texto continha uma incorreção no nome do medicamento Actemra, no segundo parágrafo. Segue versão corrigida:

A Roche Holding AG informou nesta terça-feira que está trabalhando para acelerar a produção de uma droga que pode ser usada para tratar pacientes com o novo coronavírus, assim como de um teste de diagnóstico para a doença.

O grupo farmacêutico, que tem sede em Basileia, Suíça, disse prever um potencial aumento na demanda pelo Actemra, que está na fase 3 de um estudo para avaliar sua segurança e eficácia em adultos hospitalizados com pneumonia causada pelo vírus.

A Roche disse que está se mobilizando para maximizar a produção da droga. A empresa também está acelerando a produção do teste conhecido como cobas (R) SARS-CoV-2, utilizado para identificar o coronavírus.

Por enquanto, a Roche alega estar sofrendo restrições limitadas a sua capacidade de entregar medicamentos em meio à pandemia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;