Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Pré-candidatos otimistas com pesquisa

Regina Maura, Pinheiro e Edgar apostam na campanha para elevar números


Vinicius Gorczeski
do Diário do Grande ABC

04/05/2012 | 00:11


O tom dos pré-candidatos ao Palácio da Cerâmica foi de satisfação quanto à pesquisa feita pelo Ibope e publicada ontem pelo Diário. Na avaliação de Regina Maura Zetone (PTB), em primeiro com 21% na espontânea, contra 15% do oposicionista Paulo Pinheiro (PMDB), sua liderança é reflexo do trabalho como assessora especial de Ação Social.

"Eu fico extremamente agradecida com os moradores que lembraram meu nome. É meu trabalho repercutindo através da Coordenação Social, que é um exercício de contato com o público, e isso reflete popularidade", assinalou a petebista.

O prefeito José Auricchio Júnior (PTB) também comentou o resultado. "A população tem reconhecido nela o reflexo de trabalho na cidade. A pesquisa é retrato do momento (feita de 11 a 15 de abril), o que nos deixa animados porque a campanha ainda não começou", disse Auricchio. Segundo o petebista, o fato de Regina Maura estrear o processo eleitoral dá margens para que ela consiga avançar na margem que ainda não a conhece.

Único a enviar nota, Pinheiro manifestou que a pesquisa consolida "números, uma vez que lidero as intenções de voto na estimulada, mesmo com a campanha aberta da pré-candidata do governo. Estou muito feliz, pois vamos respeitar a legislação eleitoral e debatermos a cidade de forma inteligente e responsável".

No cenário em que é apresentado cartão com nome dos pré-candidatos, Pinheiro tinha 36%, contra 34% de Regina Maura - empate técnico, pois a margem de erros é de cinco pontos percentuais para cima ou baixo.

O pré-candidato Edgar Nóbrega (PT), que figurou com 2% na espontânea e com 6% na estimulada, se mostrou satisfeito com a avaliação do PT - liderando com 18% da preferência entre os partidos, devido à popularidade de líderes nacionais - e se disse convencido de que os números crescerão "à medida que o plano de governo for construído e mostrarmos nossas opiniões à população, cansada do mesmo estilo político, que predomina há 30 anos".

Éder Xavier (PCdoB), 1% na espontânea e 2% na estimulada, disse que seus 20% de rejeição são frutos do desconhecimento de seu nome pelo eleitorado. E aposta em virada: "Vou ser prefeito".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pré-candidatos otimistas com pesquisa

Regina Maura, Pinheiro e Edgar apostam na campanha para elevar números

Vinicius Gorczeski
do Diário do Grande ABC

04/05/2012 | 00:11


O tom dos pré-candidatos ao Palácio da Cerâmica foi de satisfação quanto à pesquisa feita pelo Ibope e publicada ontem pelo Diário. Na avaliação de Regina Maura Zetone (PTB), em primeiro com 21% na espontânea, contra 15% do oposicionista Paulo Pinheiro (PMDB), sua liderança é reflexo do trabalho como assessora especial de Ação Social.

"Eu fico extremamente agradecida com os moradores que lembraram meu nome. É meu trabalho repercutindo através da Coordenação Social, que é um exercício de contato com o público, e isso reflete popularidade", assinalou a petebista.

O prefeito José Auricchio Júnior (PTB) também comentou o resultado. "A população tem reconhecido nela o reflexo de trabalho na cidade. A pesquisa é retrato do momento (feita de 11 a 15 de abril), o que nos deixa animados porque a campanha ainda não começou", disse Auricchio. Segundo o petebista, o fato de Regina Maura estrear o processo eleitoral dá margens para que ela consiga avançar na margem que ainda não a conhece.

Único a enviar nota, Pinheiro manifestou que a pesquisa consolida "números, uma vez que lidero as intenções de voto na estimulada, mesmo com a campanha aberta da pré-candidata do governo. Estou muito feliz, pois vamos respeitar a legislação eleitoral e debatermos a cidade de forma inteligente e responsável".

No cenário em que é apresentado cartão com nome dos pré-candidatos, Pinheiro tinha 36%, contra 34% de Regina Maura - empate técnico, pois a margem de erros é de cinco pontos percentuais para cima ou baixo.

O pré-candidato Edgar Nóbrega (PT), que figurou com 2% na espontânea e com 6% na estimulada, se mostrou satisfeito com a avaliação do PT - liderando com 18% da preferência entre os partidos, devido à popularidade de líderes nacionais - e se disse convencido de que os números crescerão "à medida que o plano de governo for construído e mostrarmos nossas opiniões à população, cansada do mesmo estilo político, que predomina há 30 anos".

Éder Xavier (PCdoB), 1% na espontânea e 2% na estimulada, disse que seus 20% de rejeição são frutos do desconhecimento de seu nome pelo eleitorado. E aposta em virada: "Vou ser prefeito".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;