Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Vacinação recomeça, mas doses seguem insuficientes

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

São Bernardo, Diadema e Ribeirão Pires vão suspender novamente a campanha hoje porque já usaram todo o estoque


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

26/03/2020 | 00:01


Após ver o estoque de vacina contra a gripe se esgotar em poucas horas na segunda-feira, as prefeituras do Grande ABC retomaram ontem a campanha. São Bernardo, Diadema e Ribeirão Pires informaram que todas as doses recebidas do governo do Estado foram usadas, portanto, hoje vão interromper os trabalhos. Santo André e São Caetano asseguraram que ainda têm reforço disponível para hoje. As demais cidades da região não responderam.

Santo André e São Bernardo registraram longas filas nos postos com drive-trhu, sistema adotado também por São Caetano, Mauá e Ribeirão Pires, onde os munícipes são imunizados sem descer do carro. Em Diadema, a vacinação teve início às 13h, mas desde as 10h, idosos e profissionais de saúde aguardavam nos locais onde os reforços estavam sendo aplicados.

Na Emeb (Escola Municipal de Ensino Básico) Monteiro Lobato, no Parque Real, em Diadema, a dona de casa Cícera Maria Bispo da Silva, 63 anos, era a primeira da fila. Na segunda-feira a idosa chegou a se dirigirá à unidade de saúde do bairro, mas foi informada que as doses já haviam acabado. “Só saí para isso e já vou voltar para casa”, afirmou. No município, a imunização está sendo aplicada em 18 escolas municipais.

No bairro Serraria, também em Diadema, pessoas que estão fora do público-alvo desta fase da campanha guardavam lugar na fila para parentes. Era o caso da diarista Aurides Dias Cirqueira, 41. O pai, Carlos Dias Cirqueira, 71, havia acabado de chegar para ser imunizado na Emeb Dr. Mário Santa Lúcia. “Tem sido difícil convencê-lo a ficar em casa, mas a gente insiste e não deixa sair”, afirmou.

Na Emeb Humberto Marouelli Mendonça, no Piraporinha, a imunização começou pouco antes das 13h e funcionárias orientavam os munícipes sobre a continuidade da campanha, que segue até maio. A aposentada Vilma dos Anjos de Oliveira Moura estava a poucas pessoas de ser imunizada e falou da pressa para voltar para casa. “Só coloquei o pé na rua hoje (ontem), não saio para nada”, garantiu.

SÃO BERNARDO
No Taboão, era tranquila a movimentação de munícipes em busca da vacina. O posto da Emeb Professor Ramiro Gonçalez Fernandes estava aberto desde 9h e, segundo uma funcionária, por volta das 13h30 já havia poucas doses disponíveis. O marceneiro João Cirino, 74, havia acabado de se vacinar. O morador expressou dúvidas sobre o decreto assinado na terça-feira pelo prefeito Orlando Morando (PSDB) que proíbe a circulação de idosos na cidade sem que haja uma justificativa (leia mais na página 4). “Sou autônomo e estou trabalhando menos, mas ainda tenho necessidade de sair para algumas atividades”, justificou. As demais cidades da região também retomaram a vacinação ontem. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;