Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Vende-se uma fábrica de cervejas

O anúncio foi publicado há 100 anos pelo jornal Estado de S. Paulo num momento em que a Vila de São Bernardo iniciava timidamente a sua caminhada econômica. Um século depois, uma franquia cervejeira cancela a inauguração de unidade na mesma cidade de São Bernardo


Aline Melo

26/03/2020 | 07:00


O ANÚNCIO
- Vende-se ou arrenda-se na Vila de São Bernardo uma bem instalada e situada fábrica de cervejas, licores e águas gasosas, com a capacidade de 800 litros, pronta a funcionar. Todas as máquinas, barris e mais pertences, inclusive uma bomba de água movida a vento, acham-se em perfeito estado e com pouco uso.
- Vendem-se também a casa e o terreno onde se acha instalada a fábrica, com 2.500 m², tendo a casa cinco cômodos espaçosos, cozinha e varanda cobertas.
- Para mais informações, à Rua São Bento, 70, casa Ipanema.

VOLTA NO TEMPO
Em 1909, a Vila de São Bernardo era a sede administrativa de toda a região, hoje o Grande ABC subdividido em sete cidades. E era, a Vila, a maior arrecadadora de impostos de indústrias e profissões, seguida pela Estação (hoje Santo André), Ribeirão Pires, Alto da Serra (hoje Paranapiacaba), Rio Grande (hoje Rio Grande da Serra), São Caetano, Pilar (hoje Mauá) e Campo Grande, nesta ordem.
No livro de escrituração dos impostos de 1910 encontramos duas fábricas de cervejas e licores na Vila: uma, de propriedade de Carlos Prugner & Filho; outra, de Gustavo Rathsan.
O maior número de estabelecimentos era os comerciais e de prestação de serviços. Entre os comerciais, o armazém de secos, molhados, louças e ferragens de Samuel Sabatini, em São Bernardo, o açougue de Domingos Martinelli, em Santo André, e a padaria de Ferdinando Bottacin, em Ribeirão Pires.
Entre as unidades de serviços, a sapataria de Vicente Guzzo, em Paranapiacaba, a ferraria e carpintaria de Anselmo Pivette, em Rio Grande da Serra, e a barbearia de Nicola Domingos, em Mauá.
São Caetano possuía dez olarias e dez criadores de vacas; Ribeirão Pires, 18 olarias, 25 remetentes de lenha e 18 criadores de vacas leiteiras.

INDÚSTRIAS
Eram poucas as indústrias de uma região tipicamente rural. Entre elas:
- Em Santo André, a Kowarick (tecidos e casimiras), a Companhia Fabril (a tecelagem Ipiranguinha) e a Streiff (serraria e fábrica de cadeiras).
- Em São Caetano, a fábrica de sabão de Pamplona Sobrinho & Cia, a de pólvora de Attilio Pozzetti, e a de formicida de Virgínio de Rezende.
- Em São Bernardo, a pioneira fábrica de cadeiras de João Basso.
- Os Tognato já haviam deixado a tecelagem Ipiranguinha e aberto sua própria indústria têxtil, no mesmo bairro Ipiranguinha.
- Engenhos de serra espalhavam-se. O morador local aos poucos se transformava de lavrador em empreendedor. Uma jardineira, da família Setti, transportava passageiros da Vila à Estação. E vice-versa.

E EM 2020...
Comunicado: a Mestre-Cervejeiro.com informa que, devido à pandemia da Covid 19, o coronavírus, o evento de inauguração da franquia de São Bernardo (Av. Kennedy, 1.250 – loja 7), que aconteceria nesta quinta-feira, dia 19 de março, foi cancelado. A nova data para o evento será divulgada nas próximas semanas.

Diário há meio século

Quinta-feira, 26 de março de 1970; ano 12; edição 1195

Manchete – Sequestros: o terror alastra-se. O governo da República Dominicana vai cumprir as exigências dos sequestradores do adito da aeronáutica norte-americano, Donal J. Crowley: libertação de 25 presos políticos.
Santo André – Prefeitura inicia a canalização do último trecho do Córrego do Cemitério, junto à Rua das Figueiras.

Em 26 de março de...

1920 – Recrudesce o movimento anarcossindicalista: operários têxteis declaram greve geral da categoria; polícia flagra fabricação de bombas de dinamite na Rua Itapiraçaba, 51, no Belenzinho.
Escreve o Correio Paulistano: “A polícia descobriu um novo laboratório de anarquistas; apreendidas máquinas infernais; prisão de três anarquistas. Eles confeccionavam bombas para a destruição sistemática de fábricas e estabelecimentos públicos”.
1955 – O vereador Luiz Boschetti é eleito, por seus companheiros de Legislativo, prefeito de Santo André, tendo Afonso Maria Zanei como vice-prefeito.
1960 – Noite de gala em Santo André. Realiza-se o baile de consagração do Palácio de Mármore, nos altos do edifício do Moinho São Jorge, na Avenida dos Estados.</CW>

Hoje

- Dia Estadual da Matemática (lei número 14.401, de 12 de abril de 2011).
- Dia do Cacau
- Dia do Mercosul

Santos do Dia

- Bráulio (Espanha: 585-651). Bispo de Saragoça. Promoveu a cultura, incentivou os estudos e formou bibliotecas.
- Ludgero (Frísia, Holanda – Müster, Alemanha 809).
Foi o primeiro bispo de Münster.

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 26 de março:

- Em São Paulo, Barueri (elevado a município em 1949), Poá (1949), Terra Roxa (1949), Santo Antonio do Jardim (1954), Carapicuíba (1964), Capela do Alto (1964), Ipuã (1949) e Riolândia (1954).
- No Rio Grande do Norte, Antônio Martins, Campo Redondo, Galinhos, Jaçanã, Lagoa de Velhos, Paraná, Ruy Barbosa e Vera Cruz
- No Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Capital do Estado, fundada em 26 de março de 1772, Lindolfo Collor, Mariana Pimentel e Xangri-lá
- No Ceará, Martinópole e Uruoca
- No Paraná, Reserva
- No Maranhão, Santa Luzia
- Na Bahia, Itaberaba e Santa Rita de Cássia

Fonte: IBGE
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;