Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Doria diz que vai se reunir em conferência com os demais governadores
hoje à tarde para debater o momento do País

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Após discutir com presidente pela manhã, em conferência, tucano quer conversar com os demais sobre o posicionamento do chefe do Executivo


Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

25/03/2020 | 13:09


Em coletiva de imprensa realizada no começo desta tarde, o governador de São Paulo João Doria (PSDB) disse que logo mais, às 16h, vai se reunir com os demais governadores do Brasil em conferência para discutir o momento que atravessamos e a postura do presidente da república, Jair Bolsonaro. Logo pela manhã, em conversa também virtual entre o chefe do Executivo e os governantes do Sudeste, houve bate-boca entre os dois.

“Há pouco terminamos uma conferência dos governadores da região sudeste com Presidente e seus ministros. Não é hora de separatismos e rivalidades. Mas posicionei ao presidente Jair Bolsonaro que havia ficado decepcionado com a intervenção feita pelo Presidente em rede nacional e o conteúdo do que foi dito foi altamente equivocado. Não fiz nenhuma acusação de ordem política. Não é uma gripezinha, um resfriadozinho. É a maior crise de saúde pública do País”, disse. O tucano ressaltou que essa crise não pode ser transformada em disputa eleitoral.

Segundo Doria, foi equívoca a manifestação do presidente Jair Bolsonaro. “Basta ler as páginas eletrônicas dos jornais. Perdeu a oportunidade de fazer um pronunciamento sereno.” Ele quer discutir com os demais governadores qual será o posicionamento a partir de agora.

ANÚNCIO
O governador disse que o programa Merenda em Casa vai beneficiar alunos mais vulneráveis. Para tanto, vai repassar R$ 55 aos alunos de 1.700 alunos da rede estadual. A medida vai perdurar enquanto as aulas estiverem suspensas, principalmente para os que vivem em situação de extrema pobreza. “Objetivo é que famílias mais carentes tenham acesso a esse valor”. Os policiais também terão direito a se vacinarem contra a Influenza a partir do dia 30.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doria diz que vai se reunir em conferência com os demais governadores
hoje à tarde para debater o momento do País

Após discutir com presidente pela manhã, em conferência, tucano quer conversar com os demais sobre o posicionamento do chefe do Executivo

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

25/03/2020 | 13:09


Em coletiva de imprensa realizada no começo desta tarde, o governador de São Paulo João Doria (PSDB) disse que logo mais, às 16h, vai se reunir com os demais governadores do Brasil em conferência para discutir o momento que atravessamos e a postura do presidente da república, Jair Bolsonaro. Logo pela manhã, em conversa também virtual entre o chefe do Executivo e os governantes do Sudeste, houve bate-boca entre os dois.

“Há pouco terminamos uma conferência dos governadores da região sudeste com Presidente e seus ministros. Não é hora de separatismos e rivalidades. Mas posicionei ao presidente Jair Bolsonaro que havia ficado decepcionado com a intervenção feita pelo Presidente em rede nacional e o conteúdo do que foi dito foi altamente equivocado. Não fiz nenhuma acusação de ordem política. Não é uma gripezinha, um resfriadozinho. É a maior crise de saúde pública do País”, disse. O tucano ressaltou que essa crise não pode ser transformada em disputa eleitoral.

Segundo Doria, foi equívoca a manifestação do presidente Jair Bolsonaro. “Basta ler as páginas eletrônicas dos jornais. Perdeu a oportunidade de fazer um pronunciamento sereno.” Ele quer discutir com os demais governadores qual será o posicionamento a partir de agora.

ANÚNCIO
O governador disse que o programa Merenda em Casa vai beneficiar alunos mais vulneráveis. Para tanto, vai repassar R$ 55 aos alunos de 1.700 alunos da rede estadual. A medida vai perdurar enquanto as aulas estiverem suspensas, principalmente para os que vivem em situação de extrema pobreza. “Objetivo é que famílias mais carentes tenham acesso a esse valor”. Os policiais também terão direito a se vacinarem contra a Influenza a partir do dia 30.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;