Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Consórcio cede e mantém ônibus nas ruas

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Apenas 30% da frota irá circular nos dias de semana e 50% em
horário de pico; ação visa atender profissionais da saúde e segurança


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

25/03/2020 | 00:01


Após assembleia realizada ontem, por meio de videoconferência, o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC voltou atrás na decisão de interromper a circulação de ônibus municipais e anunciou agora que haverá realinhamento nas frotas em toda região, a partir de domingo. Além dos prefeitos das sete cidades, também participaram da reunião o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

O Consórcio, que havia divulgado a suspensão total das 200 linhas de ônibus no Grande ABC no dia 18, recuou na medida e decidiu, junto ao governo estadual, que o transporte coletivo municipal vai funcionar de segunda a sexta-feira com frota de 50% nos horários de pico – após às 17h – e de 30% nos demais períodos. Aos fins de semana e feriados, a frota será de 30% nos horários de maior movimento e de 15% nos demais horários.

A interrupção do serviço de forma gradativa, até sábado, será mantida, conforme decisão anterior já divulgada. E o realinhamento iniciará a partir da 0h de domingo.

Segundo o presidente do Consórcio e prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), a medida realinhada tem como objetivo atender aos profissionais da saúde e da segurança pública que se deslocam entre a região e a Capital, além de funcionários que prestam serviços para os hospitais. “São medidas que norteiam o combate desta pandemia em toda região, sem prejudicar os profissionais que ainda precisam diariamente do transporte público”, detalha.

Maranhão também observa que para conclusão da medida sobre os transportes municipais, diante da pandemia do novo coronavírus, foram levados em consideração estudos técnicos tanto do governo do Estado, com base na CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), do Metrô, e de outras linhas que interferem na região, além das avaliações municipais. Já foi constatado que o número de passageiros nas linhas municipais reduziu em 73% nesta semana.

“A frota permanecerá reduzida até a diminuição desta evolução da doença, justamente com o objetivo de frear as contaminações. Além disso, as fiscalizações serão frequentes em relação à higiene dos ônibus, que permanecerá acontecendo diariamente”, destaca o presidente do Consórcio.

OUTROS PONTOS
Maranhão também destacou que, em conversa com os secretários, o realinhamento dos transportes em São Paulo segue em andamento. O Estado já iniciou essa medida no dia 13, quando começaram as primeiras ações para conter a propagação do vírus. “Essa decisão (da redução de frotas) alinha com as demais, como o fechamento dos comércios, de acordo com a demanda de cada município”, detalha.

O presidente do Consórcio explicou também que a decisão da entidade regional junto às prefeituras e ao governo do Estado é passível de revisão a qualquer momento.

Prefeituras suspendem gratuidades

Cinco cidades do Grande ABC suspenderam a gratuidade no transporte coletivo municipal nesta semana. São Caetano, São Bernardo e Ribeirão Pires não vão ceder mais passe livre nem para idosos nem para estudantes. Santo André informou que permitirá a circulação de pessoas neste perfil apenas fora do horário de pico, ou seja, das 9h às 16h. Já Diadema suspendeu apenas o acesso gratuito dos estudantes. Mauá e Rio Grande da Serra não se posicionaram.


As decisões têm como base a premissa de que as pessoas devem seguir em suas casas e sair apenas em casos de extrema necessidade. Como as aulas das escolas municipais, estaduais e as faculdades estão suspensas, os alunos não precisam circular pelas cidades. Já em relação aos idosos, considerados dentro do grupo de risco no novo coronavírus, a medida tem como meta dificultar a locomoção desnecessária.

Na semana passada, mesmo com os insistentes pedidos das autoridades para que os idosos permanecessem em suas casas, mais de 26 mil idosos circularam em um único dia apenas nos ônibus municipais de Santo André e São Bernardo.

“As medidas impostas são necessárias por conta da grande quantidade de idosos utilizando as linhas municipais. Estamos em uma guerra invisível, com um inimigo invisível e é muito importante a conscientização sobre a importância de ficar em casa para preservar vidas e frear a disseminação do coronavírus em nossa cidade”, comentou o prefeito andreense Paulo Serra (PSDB). 

EMTU autoriza redução de 35% 

Diante da frota reduzida nos ônibus municipais, a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) autorizou, ontem, a redução de até 35% na oferta das viagens das concessionárias, nas cinco regiões que gerencia, entre elas o Grande ABC. Apesar da medida, a empresa ressalta que a determinação é garantir transporte às pessoas que trabalham em atividades essenciais, como profissionais da saúde e segurança pública.

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) também segue operando na região, apesar de já ter identificado queda de 65% da demanda por dia últil na Linha 10-Turquesa. Com a diminuição, foi suspenso o Expresso Linha 10 – viagens extras entre as estações Prefeito Celso Daniel, em Santo André, e Tamanduateí, na Capital, com parada apenas em São Caetano.

No Expresso Linha 10+, o trajeto entre as estações Prefeito Celso Daniel e Luz, na Capital, só está operando aos sábados, com paradas nas estações intermediárias São Caetano, Tamanduateí e Brás. Serão seis viagens por dia com horário marcado. As partidas de Santo André serão às 7h, 8h e 9h. Já as partidas da Luz serão às 12h, 13h e 14h.

Já o Expresso Educação Linha 10 realiza cinco viagens à noite, entre 22h e 23h nos dias úteis, entre as estações Tamanduateí e Prefeito Celso Daniel, com parada em São Caetano.

A CPTM ainda informou que diariamente realiza avaliação da demanda dos passageiros e, caso seja necessário, novas alterações poderão ser feitas. “Todas essas decisões têm o objetivo de preservar a saúde e a vida dos cidadãos, organizando a escala dos colaboradores, contribuindo com medidas de precaução e recolhimento que o momento exige”, informa.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;