Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Coronavírus: Chile fecha as fronteiras nesta quarta-feira

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Redação
Do Rota de Férias

19/03/2020 | 08:48


A partir de hoje (18), o Chile fechará todas as fronteiras terrestres, marítimas e aéreas, impedindo a entrada de estrangeiro. Essas medidas foram anunciadas pelo Presidente Sebastián Piñera, já que o país passou para estágio 4 do coronavírus, em que ocorre a circulação viral e a transmissão comunitária da doença.

LEIA MAIS: GOL CANCELA VOOS INTERNACIONAIS ATÉ 30 DE JUNHO
AIRBNB AMPLIA POLÍTICA DE CANCELAMENTOS POR CONTA DO NOVO CORONAVÍRUS

Cidadãos chilenos e residentes permanentes no Chile vindos de locais de alto risco podem entrar no país passando pela Alfândega Sanitária e respeitando uma quarentena obrigatória de 14 dias. Os destinos que constam na lista de perigo são Irã, China, República da Coréia, Japão, Alemanha, França, Espanha e Itália.

Onde se realizará o isolamento?

As autoridades de saúde indicam que os chilenos e residentes permanentes do país devem fazer o isolamento em suas residências particulares. Já os viajantes que chegaram no Chile antes do dia 18, precisam ficar os 14 dias dentro do seu quarto de hotel e informar o endereço do local às entidades sanitárias do país. O Ministério da Saúde recomenda que a acomodação seja individual, com banheiro privativo e boas condições de ventilação.

Além disso, o transporte entre aeroporto e acomodação deve ser realizado de acordo com os protocolos que as autoridades do país indicarão no momento em que o viajante entrar no país.

Para impedir a propagação desse vírus, o governo também determinou que apenas eventos públicos estritamente necessários e com uma participação máxima de 50 pessoas podem ser realizados. Foi recomendado também evitar qualquer viagem ou deslocamento que não seja estritamente necessário.

Em relação às fronteiras marítimas, no último fim de semana, o governo anunciou que navios de cruzeiro de passageiros estão proibidos em todos os portos chilenos, até 30 de setembro. Essa medida foi tomada por causa do risco de importação de novos casos do vírus.

Coronavírus: políticas de cancelamento e reembolso

Precisa remarcar ou cancelar um voo por conta do Coronavírus? Clique aqui para descobrir como funciona a política de cancelamento e reembolso das principais companhias aéreas que operam no Brasil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Coronavírus: Chile fecha as fronteiras nesta quarta-feira

Redação
Do Rota de Férias

19/03/2020 | 08:48


A partir de hoje (18), o Chile fechará todas as fronteiras terrestres, marítimas e aéreas, impedindo a entrada de estrangeiro. Essas medidas foram anunciadas pelo Presidente Sebastián Piñera, já que o país passou para estágio 4 do coronavírus, em que ocorre a circulação viral e a transmissão comunitária da doença.

LEIA MAIS: GOL CANCELA VOOS INTERNACIONAIS ATÉ 30 DE JUNHO
AIRBNB AMPLIA POLÍTICA DE CANCELAMENTOS POR CONTA DO NOVO CORONAVÍRUS

Cidadãos chilenos e residentes permanentes no Chile vindos de locais de alto risco podem entrar no país passando pela Alfândega Sanitária e respeitando uma quarentena obrigatória de 14 dias. Os destinos que constam na lista de perigo são Irã, China, República da Coréia, Japão, Alemanha, França, Espanha e Itália.

Onde se realizará o isolamento?

As autoridades de saúde indicam que os chilenos e residentes permanentes do país devem fazer o isolamento em suas residências particulares. Já os viajantes que chegaram no Chile antes do dia 18, precisam ficar os 14 dias dentro do seu quarto de hotel e informar o endereço do local às entidades sanitárias do país. O Ministério da Saúde recomenda que a acomodação seja individual, com banheiro privativo e boas condições de ventilação.

Além disso, o transporte entre aeroporto e acomodação deve ser realizado de acordo com os protocolos que as autoridades do país indicarão no momento em que o viajante entrar no país.

Para impedir a propagação desse vírus, o governo também determinou que apenas eventos públicos estritamente necessários e com uma participação máxima de 50 pessoas podem ser realizados. Foi recomendado também evitar qualquer viagem ou deslocamento que não seja estritamente necessário.

Em relação às fronteiras marítimas, no último fim de semana, o governo anunciou que navios de cruzeiro de passageiros estão proibidos em todos os portos chilenos, até 30 de setembro. Essa medida foi tomada por causa do risco de importação de novos casos do vírus.

Coronavírus: políticas de cancelamento e reembolso

Precisa remarcar ou cancelar um voo por conta do Coronavírus? Clique aqui para descobrir como funciona a política de cancelamento e reembolso das principais companhias aéreas que operam no Brasil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;