Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Por que dormimos e sonhamos?


Do Diário do Grande ABC

12/03/2020 | 23:59


Há várias hipóteses para o sono. A principal delas é que ao dormirmos, restabelecemos os gastos energéticos que foram utilizados durante a vigília (quando estamos acordados). Outra hipótese é a necessidade que temos de equilíbrio metabólico, comandado pela secreção de melatonina, hormônio chamado cortisol e a temperatura corporal. Há ainda as hipóteses de que dormimos para consolidar memória e sedimentar ideias e que temos sistema de limpeza que se ativa à noite (conhecido como sistema glinfático), que degrada proteínas que foram produzidas durante o estado acordado. 

É importante entender que o sono não é estado de inconsciência. Temos basicamente duas consciências: a consciência do sono e a consciência da vigília. Durante o sono passamos por fase conhecida como sono REM (Rapid Eye Movement – Movimento Rápido dos Olhos). É nesta fase que ocorrem os sonhos. Sabe-se que eles também ocorrem em outras fases, mas principalmente durante o sono REM. Os sonhos são o retrato dos pensamentos que podem ser organizados, ou não, durante a noite. Podem refletir as angústias e receios da vida, como também encorajar e amadurecer as ideias. O sono REM é extremamente reparador e relaxante, além de necessário. Nossos músculos param de se mexer nesta fase, consolidamos a memória e descartamos aquilo que não interessa. Fazemos entre quatro e seis ciclos de sono por noite, que duram em média 90 minutos e que finalizam no sono REM.


 
Entre os bebês, o REM é responsável por 50% do sono durante a noite. Já entre os adultos, este sono perfaz 25% de toda a noite, e permanece assim até o envelhecimento. Essa diminuição acentua a hipótese de que, sem dúvidas, estamos passando por ‘epidemia’ de privação de sono. O ser humano nunca dormiu tão pouco como nos dias atuais. E quanto menos sono, menos sono REM e, consequentemente, menos sonhos. Outras condições que diminuem o sono REM são: uso de álcool, medicamentos como antidepressivos e ansiolíticos, apneia e utilização de aparelhos eletrônicos. 

Uma pessoa precisa ter sonhos bons. Respeitar as horas de sono, dormir e acordar sempre no mesmo horário, evitar estimulantes luminosos próximos da hora de dormir, assim como refeições copiosas à noite, são fundamentais para manter a qualidade do sono. Outra dica é aprender a relaxar. Buscar auxílio na oração, ioga, meditação, leituras tranquilizantes etc. É fato que uma pessoa relaxada dorme melhor, consegue aprofundar no sono e acorda sempre descansada.

Danilo Sguillar é otorrinolaringologista especialista em medicina do sono, responsável pelo departamento de medicina do sono do Hospital Estadual Mario Covas/FMABC e diretor da Associação Brasileira de Medicina do Sono.

PALAVRA DO LEITOR

Já faz um ano!
Dia 9 fez um ano que pedi à Prefeitura de São Caetano remoção de árvore na Rua Padre Mororo, 356, no bairro São José. Refiz a reclamação junto ao chefe de gabinete da vereadora Sueli Nogueira, que veio até a minha casa, tirou fotos e nada de resolver! Lembro-os que a árvore pode cair a qualquer hora. Mais uma vez pergunto: será necessário que aconteça acidente grave para que esse problema, que já dura um ano, seja resolvido?
Fernando Zucatelli
São Caetano

Já faz quatro anos!
Pergunto ao nosso prefeito Paulo Serra, já há tanto tempo no mandato, por que não resolveu a invasão em terreno no fim da Rua Pernambuco, fundos com Rua Soldado Dorival de Brito, atrás do Condomínio New Yorque, no bairro Cidade São Jorge? Prejudica nosso condomínio, também com perda de valor dos imóveis, esgoto correndo no local, além de barulho demais. Nenhuma solução da Prefeitura?</CW>[/27.CARTAS_TX]
Maurício Goduto
Santo André

Haja árvore!
Absurdo total a quantidade de papel, quase um metro, nas contas da Enel para simples demonstrativo de consumo mensal, também observado nas contas da Sabesp pelo leitor Amauri Fontes (Sabesp, ontem). Enquanto o mundo faz campanha para sustentabilidade para planeta melhor, essas empresas, que poderiam dar exemplo, fazem essas aberrações desnecessárias. Haja árvores para sustentar a Enel, hein!
João Carvalho
São Bernardo

Editorial
Simplesmente excelente o Editorial deste prestigioso Diário com o título ‘Havan e Casas Bahia’ (Opinião, dia 11). Sou admirador da Casas Bahia e essa admiração aumentou mais quando li a biografia do seu fundador, o saudoso Samuel Klein. Acredito que o empresário Luciano Hang demorou em tomar a iniciativa de aproveitar a potencialidade varejista do Grande ABC ao anunciar a criação de unidades de lojas Havan na região. Até porque, não tem cabimento o grupo catarinense ‘poluir’ as emissoras de TV de São Paulo com comerciais da tradicional loja varejista sem ter sequer uma unidade na Grande São Paulo para que o consumidor possa comprovar as ofertas anunciadas. O único ponto que não concordei nesse belíssimo Editorial foi a parte em que lamenta que a direção da Casas Bahia tenha parado de patrocinar o futebol da cidade. Entendo que isso faz parte de política adotada pelo empresário Michel Klein ao assumir novamente o controle do histórico grupo empresarial varejista.
Arlindo Ligeirinho Ribeiro
Diadema

Arena Brunão
Fica aqui a sugestão para que se faça, também, evento com o Monster Jan (competição esportiva onde caminhões se enfrentam em estádios ou arenas especialmente equipados) no gramado do Brunão, em Santo André, já que o senhor Thiago Rocha, especialista em recuperação de gramado – que está todo contente com a realização de partida de rúgby no próximo dia 20 no estádio (Esportes, ontem) –, se gaba de ter sido ele o idealizador do evento, mesmo estando o EC Santo André em disputa no Paulistão e precisando do gramado em perfeito estado. Péssima iniciativa desse rapaz e do prefeito Paulo Serra, de aceitar a realização dessa partida em hora errada.
Fernando Cesar Toribio
Santo André

Manifestação
Nada adiantará a trama ardilosa contra a manifestação popular, por puro medo do povão, de alguns ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), Davi Alcolumbre, Rodrigo Maia, esquerdistas, João Doria, Wilson Witzel, a mídia e mais grande parte dos deputados e senadores corruptos, que estão apavorados com os seus processos na gaveta, um protegendo o outro, lá nos poderes infestados de ratos. Aguardem a fúria dos eleitores, que lhes darão a resposta merecida nas urnas, mesmo sendo com as ‘arapucas eletrônicas’. Todas as chantagens que os corruptos estão fazendo com o presidente Bolsonaro serão cobradas com muito rigor nas urnas.
Benone Augusto de Paiva
Capital 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Por que dormimos e sonhamos?

Do Diário do Grande ABC

12/03/2020 | 23:59


Há várias hipóteses para o sono. A principal delas é que ao dormirmos, restabelecemos os gastos energéticos que foram utilizados durante a vigília (quando estamos acordados). Outra hipótese é a necessidade que temos de equilíbrio metabólico, comandado pela secreção de melatonina, hormônio chamado cortisol e a temperatura corporal. Há ainda as hipóteses de que dormimos para consolidar memória e sedimentar ideias e que temos sistema de limpeza que se ativa à noite (conhecido como sistema glinfático), que degrada proteínas que foram produzidas durante o estado acordado. 

É importante entender que o sono não é estado de inconsciência. Temos basicamente duas consciências: a consciência do sono e a consciência da vigília. Durante o sono passamos por fase conhecida como sono REM (Rapid Eye Movement – Movimento Rápido dos Olhos). É nesta fase que ocorrem os sonhos. Sabe-se que eles também ocorrem em outras fases, mas principalmente durante o sono REM. Os sonhos são o retrato dos pensamentos que podem ser organizados, ou não, durante a noite. Podem refletir as angústias e receios da vida, como também encorajar e amadurecer as ideias. O sono REM é extremamente reparador e relaxante, além de necessário. Nossos músculos param de se mexer nesta fase, consolidamos a memória e descartamos aquilo que não interessa. Fazemos entre quatro e seis ciclos de sono por noite, que duram em média 90 minutos e que finalizam no sono REM.


 
Entre os bebês, o REM é responsável por 50% do sono durante a noite. Já entre os adultos, este sono perfaz 25% de toda a noite, e permanece assim até o envelhecimento. Essa diminuição acentua a hipótese de que, sem dúvidas, estamos passando por ‘epidemia’ de privação de sono. O ser humano nunca dormiu tão pouco como nos dias atuais. E quanto menos sono, menos sono REM e, consequentemente, menos sonhos. Outras condições que diminuem o sono REM são: uso de álcool, medicamentos como antidepressivos e ansiolíticos, apneia e utilização de aparelhos eletrônicos. 

Uma pessoa precisa ter sonhos bons. Respeitar as horas de sono, dormir e acordar sempre no mesmo horário, evitar estimulantes luminosos próximos da hora de dormir, assim como refeições copiosas à noite, são fundamentais para manter a qualidade do sono. Outra dica é aprender a relaxar. Buscar auxílio na oração, ioga, meditação, leituras tranquilizantes etc. É fato que uma pessoa relaxada dorme melhor, consegue aprofundar no sono e acorda sempre descansada.

Danilo Sguillar é otorrinolaringologista especialista em medicina do sono, responsável pelo departamento de medicina do sono do Hospital Estadual Mario Covas/FMABC e diretor da Associação Brasileira de Medicina do Sono.

PALAVRA DO LEITOR

Já faz um ano!
Dia 9 fez um ano que pedi à Prefeitura de São Caetano remoção de árvore na Rua Padre Mororo, 356, no bairro São José. Refiz a reclamação junto ao chefe de gabinete da vereadora Sueli Nogueira, que veio até a minha casa, tirou fotos e nada de resolver! Lembro-os que a árvore pode cair a qualquer hora. Mais uma vez pergunto: será necessário que aconteça acidente grave para que esse problema, que já dura um ano, seja resolvido?
Fernando Zucatelli
São Caetano

Já faz quatro anos!
Pergunto ao nosso prefeito Paulo Serra, já há tanto tempo no mandato, por que não resolveu a invasão em terreno no fim da Rua Pernambuco, fundos com Rua Soldado Dorival de Brito, atrás do Condomínio New Yorque, no bairro Cidade São Jorge? Prejudica nosso condomínio, também com perda de valor dos imóveis, esgoto correndo no local, além de barulho demais. Nenhuma solução da Prefeitura?</CW>[/27.CARTAS_TX]
Maurício Goduto
Santo André

Haja árvore!
Absurdo total a quantidade de papel, quase um metro, nas contas da Enel para simples demonstrativo de consumo mensal, também observado nas contas da Sabesp pelo leitor Amauri Fontes (Sabesp, ontem). Enquanto o mundo faz campanha para sustentabilidade para planeta melhor, essas empresas, que poderiam dar exemplo, fazem essas aberrações desnecessárias. Haja árvores para sustentar a Enel, hein!
João Carvalho
São Bernardo

Editorial
Simplesmente excelente o Editorial deste prestigioso Diário com o título ‘Havan e Casas Bahia’ (Opinião, dia 11). Sou admirador da Casas Bahia e essa admiração aumentou mais quando li a biografia do seu fundador, o saudoso Samuel Klein. Acredito que o empresário Luciano Hang demorou em tomar a iniciativa de aproveitar a potencialidade varejista do Grande ABC ao anunciar a criação de unidades de lojas Havan na região. Até porque, não tem cabimento o grupo catarinense ‘poluir’ as emissoras de TV de São Paulo com comerciais da tradicional loja varejista sem ter sequer uma unidade na Grande São Paulo para que o consumidor possa comprovar as ofertas anunciadas. O único ponto que não concordei nesse belíssimo Editorial foi a parte em que lamenta que a direção da Casas Bahia tenha parado de patrocinar o futebol da cidade. Entendo que isso faz parte de política adotada pelo empresário Michel Klein ao assumir novamente o controle do histórico grupo empresarial varejista.
Arlindo Ligeirinho Ribeiro
Diadema

Arena Brunão
Fica aqui a sugestão para que se faça, também, evento com o Monster Jan (competição esportiva onde caminhões se enfrentam em estádios ou arenas especialmente equipados) no gramado do Brunão, em Santo André, já que o senhor Thiago Rocha, especialista em recuperação de gramado – que está todo contente com a realização de partida de rúgby no próximo dia 20 no estádio (Esportes, ontem) –, se gaba de ter sido ele o idealizador do evento, mesmo estando o EC Santo André em disputa no Paulistão e precisando do gramado em perfeito estado. Péssima iniciativa desse rapaz e do prefeito Paulo Serra, de aceitar a realização dessa partida em hora errada.
Fernando Cesar Toribio
Santo André

Manifestação
Nada adiantará a trama ardilosa contra a manifestação popular, por puro medo do povão, de alguns ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), Davi Alcolumbre, Rodrigo Maia, esquerdistas, João Doria, Wilson Witzel, a mídia e mais grande parte dos deputados e senadores corruptos, que estão apavorados com os seus processos na gaveta, um protegendo o outro, lá nos poderes infestados de ratos. Aguardem a fúria dos eleitores, que lhes darão a resposta merecida nas urnas, mesmo sendo com as ‘arapucas eletrônicas’. Todas as chantagens que os corruptos estão fazendo com o presidente Bolsonaro serão cobradas com muito rigor nas urnas.
Benone Augusto de Paiva
Capital 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;