Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Novo vírus desembarca no País



10/03/2020 | 23:00


De certo, uma das maiores preocupações neste início de 2020 se refere à disseminação global do novo coronavírus (Covid-19), que, finalmente, chegou ao Brasil, com dois casos oficialmente confirmados no início do mês, ambos moradores da cidade de São Paulo que haviam retornado de viagem da Itália. Até ontem, o País já registrava 34 casos positivos para a doença, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde.

Na opinião do consultor empresarial e ex-economista chefe da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) Roberto Luís Troster, ninguém ainda sabe ao certo o que vai acontecer daqui para frente. “Embora a atuação dos órgãos sanitários chineses tenha sido muito rápida, a doença já conseguiu se alastrar para fora da China (mais de 100 países até ontem, conforme o Ministério da Saúde), provocando série de estragos na economia global”, diz ele, argumentando que as principais organizações internacionais já afirmam que temos sinais nítidos de uma desaceleração da economia chinesa neste ano, o que, por consequência, deverá afetar o resto do mundo. “No Brasil, já ocorre o desabastecimento em várias cadeias produtivas da indústria, bem como uma redução importante no volume de exportações, principalmente de commodities. E, diante da percepção de piora do risco global, o real tem se desvalorizado seguidamente ante o dólar norte-americano, além de uma queda expressiva na bolsa de valores”, conclui.

Uma equipe para inovar
Um dos grandes desafios dos empreendedores é formar equipe que seja capaz de inovar, explorando novas ideias e caminhos para obter aumento de faturamento, ter acesso a novos mercados e melhorar as margens de lucro. “Inovar nos dias de hoje é algo muito importante, já que vivemos num ritmo de transformação cada vez mais acelerado, propiciado pelo rápido acesso ao conhecimento e à informação através da internet”, explica o fundador do Instituto Startup’s, Vitor Magnani. “Esse procedimento se torna essencial para garantir a sustentabilidade das empresas no futuro”, complementa ele. “Se sua empresa não tiver uma equipe composta de pessoas capazes de enxergar o mesmo problema sob outros pontos de vista, de tal maneira que consigam encontrar novas soluções ou criar caminhos diferentes das habituais, então seu negócio provavelmente está fadado a perder mercado, abrindo espaço para a concorrência”, afirma Magnani, enfatizando que a inovação deve ser parte fundamental da estratégia empresarial. “Ela orienta os investimentos, propicia um processo criativo e sustentável de geração de novos produtos e agrega valor para o negócio, a partir do ponto de vista do mercado, gerando vantagens competitivas a médio e longo prazos”, conclui.

IR2020: quem está obrigado a declarar?
O programa para Dirf (Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física) 2020, ano-base 2019, já está disponível para download no site da RFB (Receita Federal do Brasil – http://www.receita.economia.gov.br), estando obrigados a apresentar todos os contribuintes que, em 2019, receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70; auferiram rendimentos isentos acima de R$ 40 mil; obtiveram ganho de capital ou que realizaram operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; e tiveram, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos acima de R$ 300 mil. “O prazo para entrega da declaração está estabelecido para o período de 2 de março de 2020 a 30 de abril de 2020”, orienta um dos especialistas jurídicos do Simpi (Sindicato da Micro e Pequena Indústria de São Paulo), Piraci Oliveira. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Novo vírus desembarca no País


10/03/2020 | 23:00


De certo, uma das maiores preocupações neste início de 2020 se refere à disseminação global do novo coronavírus (Covid-19), que, finalmente, chegou ao Brasil, com dois casos oficialmente confirmados no início do mês, ambos moradores da cidade de São Paulo que haviam retornado de viagem da Itália. Até ontem, o País já registrava 34 casos positivos para a doença, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde.

Na opinião do consultor empresarial e ex-economista chefe da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) Roberto Luís Troster, ninguém ainda sabe ao certo o que vai acontecer daqui para frente. “Embora a atuação dos órgãos sanitários chineses tenha sido muito rápida, a doença já conseguiu se alastrar para fora da China (mais de 100 países até ontem, conforme o Ministério da Saúde), provocando série de estragos na economia global”, diz ele, argumentando que as principais organizações internacionais já afirmam que temos sinais nítidos de uma desaceleração da economia chinesa neste ano, o que, por consequência, deverá afetar o resto do mundo. “No Brasil, já ocorre o desabastecimento em várias cadeias produtivas da indústria, bem como uma redução importante no volume de exportações, principalmente de commodities. E, diante da percepção de piora do risco global, o real tem se desvalorizado seguidamente ante o dólar norte-americano, além de uma queda expressiva na bolsa de valores”, conclui.

Uma equipe para inovar
Um dos grandes desafios dos empreendedores é formar equipe que seja capaz de inovar, explorando novas ideias e caminhos para obter aumento de faturamento, ter acesso a novos mercados e melhorar as margens de lucro. “Inovar nos dias de hoje é algo muito importante, já que vivemos num ritmo de transformação cada vez mais acelerado, propiciado pelo rápido acesso ao conhecimento e à informação através da internet”, explica o fundador do Instituto Startup’s, Vitor Magnani. “Esse procedimento se torna essencial para garantir a sustentabilidade das empresas no futuro”, complementa ele. “Se sua empresa não tiver uma equipe composta de pessoas capazes de enxergar o mesmo problema sob outros pontos de vista, de tal maneira que consigam encontrar novas soluções ou criar caminhos diferentes das habituais, então seu negócio provavelmente está fadado a perder mercado, abrindo espaço para a concorrência”, afirma Magnani, enfatizando que a inovação deve ser parte fundamental da estratégia empresarial. “Ela orienta os investimentos, propicia um processo criativo e sustentável de geração de novos produtos e agrega valor para o negócio, a partir do ponto de vista do mercado, gerando vantagens competitivas a médio e longo prazos”, conclui.

IR2020: quem está obrigado a declarar?
O programa para Dirf (Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física) 2020, ano-base 2019, já está disponível para download no site da RFB (Receita Federal do Brasil – http://www.receita.economia.gov.br), estando obrigados a apresentar todos os contribuintes que, em 2019, receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70; auferiram rendimentos isentos acima de R$ 40 mil; obtiveram ganho de capital ou que realizaram operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; e tiveram, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos acima de R$ 300 mil. “O prazo para entrega da declaração está estabelecido para o período de 2 de março de 2020 a 30 de abril de 2020”, orienta um dos especialistas jurídicos do Simpi (Sindicato da Micro e Pequena Indústria de São Paulo), Piraci Oliveira. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;