Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

social@dgabc.com.br | 4435-8302

Mulher: você se conhece?

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Falar sobre a sexualidade sem medo ainda é grande desafio para muitas; sexóloga organiza evento para tratar livremente sobre o prazer


Marcela Ibelli
Do Diário do Grande ABC

08/03/2020 | 00:01


Dia Internacional da Mulher é mais do que ganhar flores. É óbvio. O bacana é testemunhar que estão se pensando em homenagens cada vez mais completas e que tocam em assuntos tão importantes quanto a igualdade de gêneros. Falar sobre a sexualidade sem medo ainda é grande desafio para muitas. A ideia de organizar noite, na qual as convidadas podiam se sentir verdadeiramente livres para tirar dúvidas, dar risada, dançar e também refletir sobre o próprio prazer, foi de grupo de empresárias da região, que reuniram 90 mulheres.

O evento foi aberto por palestra da sexóloga Neise Galego, que tocou muito na tecla do autoprazer, do se conhecer intimamente. “Vivemos anos de repressão, sempre se menosprezou o prazer feminino. Não adianta ir para as ruas falar de empoderamento se não se toca, se não conhece o próprio prazer. A consciência traz a libertação e a felicidade”, disse a especialista. “A ideia era mesmo proporcionar alguém diferenciado, um dia em que elas pudessem relaxar, se divertir e sentir”, completou Camila Chaves, uma das organizadoras. Foi realmente incrível ver o quanto a mulherada aproveitou!

Mães solteiras
Não precisa nem dizer o quão fortes são as mulheres que encaram a criação dos filhos sozinhas. A cantora Naiara Azevedo acaba de lançar música especialmente para elas. Mãe Solteira faz parte do seu novo projeto, SIM. “Quando escutei a música pela primeira vez, quis gravá-la para poder homenagear as mães que já me contaram seus relatos e, também, tantas outras solteiras. Espero que gostem e se identifiquem com a canção, porque ela é linda”, disse a cantora. Estava programada para hoje, às 11h, postagem do clipe da música no YouTube de Naiara.

Acha aceitável?
A maioria das mulheres já passou ou conhece alguém que foi assediada sexualmente ou moralmente no trabalho.
Para se ter ideia, três em cada dez homens consideram aceitável fazer piadas de cunho sexual nas empresas. Os dados são de levantamento realizado para o Dia Internacional da Mulher pela Ipsos e o Global Institute for Women’s Leadership, do King’s College London, com 27 países. Se levar em conta a opinião das brasileiras participantes do estudo, são 15%, contra 26% dos homens que acham aceitáveis as tais piadinhas ‘inocentes’.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mulher: você se conhece?

Falar sobre a sexualidade sem medo ainda é grande desafio para muitas; sexóloga organiza evento para tratar livremente sobre o prazer

Marcela Ibelli
Do Diário do Grande ABC

08/03/2020 | 00:01


Dia Internacional da Mulher é mais do que ganhar flores. É óbvio. O bacana é testemunhar que estão se pensando em homenagens cada vez mais completas e que tocam em assuntos tão importantes quanto a igualdade de gêneros. Falar sobre a sexualidade sem medo ainda é grande desafio para muitas. A ideia de organizar noite, na qual as convidadas podiam se sentir verdadeiramente livres para tirar dúvidas, dar risada, dançar e também refletir sobre o próprio prazer, foi de grupo de empresárias da região, que reuniram 90 mulheres.

O evento foi aberto por palestra da sexóloga Neise Galego, que tocou muito na tecla do autoprazer, do se conhecer intimamente. “Vivemos anos de repressão, sempre se menosprezou o prazer feminino. Não adianta ir para as ruas falar de empoderamento se não se toca, se não conhece o próprio prazer. A consciência traz a libertação e a felicidade”, disse a especialista. “A ideia era mesmo proporcionar alguém diferenciado, um dia em que elas pudessem relaxar, se divertir e sentir”, completou Camila Chaves, uma das organizadoras. Foi realmente incrível ver o quanto a mulherada aproveitou!

Mães solteiras
Não precisa nem dizer o quão fortes são as mulheres que encaram a criação dos filhos sozinhas. A cantora Naiara Azevedo acaba de lançar música especialmente para elas. Mãe Solteira faz parte do seu novo projeto, SIM. “Quando escutei a música pela primeira vez, quis gravá-la para poder homenagear as mães que já me contaram seus relatos e, também, tantas outras solteiras. Espero que gostem e se identifiquem com a canção, porque ela é linda”, disse a cantora. Estava programada para hoje, às 11h, postagem do clipe da música no YouTube de Naiara.

Acha aceitável?
A maioria das mulheres já passou ou conhece alguém que foi assediada sexualmente ou moralmente no trabalho.
Para se ter ideia, três em cada dez homens consideram aceitável fazer piadas de cunho sexual nas empresas. Os dados são de levantamento realizado para o Dia Internacional da Mulher pela Ipsos e o Global Institute for Women’s Leadership, do King’s College London, com 27 países. Se levar em conta a opinião das brasileiras participantes do estudo, são 15%, contra 26% dos homens que acham aceitáveis as tais piadinhas ‘inocentes’.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;