Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Silvia Grecco sugere diagnóstico de deficientes

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Titular da pasta da Pessoa com Deficiência, secretária quer Sto.André como referência


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

07/03/2020 | 00:05


Silvia Prin Grecco assumiu oficialmente ontem a pasta da Pessoa com Deficiência no governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), e adiantou pretensão de se reunir com os demais secretários municipais para realizar diagnóstico da situação que envolve pessoas com algum tipo de deficiência na cidade. Como esperado, o filho Nickollas, 13 anos, esteve junto de sua mãe durante o ato de posse.

A proposta da nova secretária, que fala em deixar legado em Santo André, visa entender como vivem as pessoas com deficiência, a partir de levantamento do número de possíveis atendidos pela pasta. “Eu gostaria de conversar com os secretários para fazer um tipo de diagnóstico na cidade. Quem sabe fazer até um levantamento mesmo, da quantidade de pessoas com deficiência no nosso município, a situação em que elas vivem. É um trabalho que vai precisar de ajuda de todo mundo”, pontuou.

Moradora de Santo André há quatro anos, Silvia recebeu reconhecimento internacional após vencer o prêmio Fifa Fan Award, em 2019, por narrar jogos do Palmeiras para o filho Nickollas, que é cego e está no espectro autista. De família tradicional em Mauá, ela tem parentesco com os ex-prefeitos Edgard Grecco (pai) e José Carlos (irmão), e também já atuou como secretária de Promoção Social na cidade vizinha, na gestão do prefeito Atila Jacomussi (PSB).

Ciente de que o prêmio internacional pode jogar holofotes em sua pasta, Silvia analisou que a situação amplia a responsabilidade para “realizar um bom trabalho”. “Não tenho dúvidas que meu histórico vai nos ajudar, abrir portas e contribuir. Não que isso seja o essencial, mas aumenta minha responsabilidade. Quero que nossa cidade seja referência no atendimento às pessoas com deficiência.” Entre os objetivos da pasta está o gerenciamento do Centro Especializado em Reabilitação, o Reabilita, no bairro Campestre.

Paulo Serra endossou a fala da nova secretária e disse que o sinal positivo de Silvia para liderar a pasta foi “grande conquista à cidade”. “A premiação foi para a história de vida da Silvia. Ela não fez isso para ganhar prêmio, mas foi um reconhecimento do que era o dia a dia dela. É claro que esse tipo de coisa abre portas, porém, aumenta a responsabilidade também”, declarou. Além de Silvia, a pasta será composta pelo secretário adjunto, Ronaldo Denardo, que perdeu parte dos movimentos do corpo após acidente automobilístico em 1997 e se locomove com auxílio de cadeira de rodas.

A nova secretária também sugeriu ao tucano que contratasse pessoas com deficiência para a Prefeitura e que pensasse em elaborar concurso com mais vagas exclusivas para pessoas com algum tipo de incapacidade motora ou intelectual.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Silvia Grecco sugere diagnóstico de deficientes

Titular da pasta da Pessoa com Deficiência, secretária quer Sto.André como referência

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

07/03/2020 | 00:05


Silvia Prin Grecco assumiu oficialmente ontem a pasta da Pessoa com Deficiência no governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), e adiantou pretensão de se reunir com os demais secretários municipais para realizar diagnóstico da situação que envolve pessoas com algum tipo de deficiência na cidade. Como esperado, o filho Nickollas, 13 anos, esteve junto de sua mãe durante o ato de posse.

A proposta da nova secretária, que fala em deixar legado em Santo André, visa entender como vivem as pessoas com deficiência, a partir de levantamento do número de possíveis atendidos pela pasta. “Eu gostaria de conversar com os secretários para fazer um tipo de diagnóstico na cidade. Quem sabe fazer até um levantamento mesmo, da quantidade de pessoas com deficiência no nosso município, a situação em que elas vivem. É um trabalho que vai precisar de ajuda de todo mundo”, pontuou.

Moradora de Santo André há quatro anos, Silvia recebeu reconhecimento internacional após vencer o prêmio Fifa Fan Award, em 2019, por narrar jogos do Palmeiras para o filho Nickollas, que é cego e está no espectro autista. De família tradicional em Mauá, ela tem parentesco com os ex-prefeitos Edgard Grecco (pai) e José Carlos (irmão), e também já atuou como secretária de Promoção Social na cidade vizinha, na gestão do prefeito Atila Jacomussi (PSB).

Ciente de que o prêmio internacional pode jogar holofotes em sua pasta, Silvia analisou que a situação amplia a responsabilidade para “realizar um bom trabalho”. “Não tenho dúvidas que meu histórico vai nos ajudar, abrir portas e contribuir. Não que isso seja o essencial, mas aumenta minha responsabilidade. Quero que nossa cidade seja referência no atendimento às pessoas com deficiência.” Entre os objetivos da pasta está o gerenciamento do Centro Especializado em Reabilitação, o Reabilita, no bairro Campestre.

Paulo Serra endossou a fala da nova secretária e disse que o sinal positivo de Silvia para liderar a pasta foi “grande conquista à cidade”. “A premiação foi para a história de vida da Silvia. Ela não fez isso para ganhar prêmio, mas foi um reconhecimento do que era o dia a dia dela. É claro que esse tipo de coisa abre portas, porém, aumenta a responsabilidade também”, declarou. Além de Silvia, a pasta será composta pelo secretário adjunto, Ronaldo Denardo, que perdeu parte dos movimentos do corpo após acidente automobilístico em 1997 e se locomove com auxílio de cadeira de rodas.

A nova secretária também sugeriu ao tucano que contratasse pessoas com deficiência para a Prefeitura e que pensasse em elaborar concurso com mais vagas exclusivas para pessoas com algum tipo de incapacidade motora ou intelectual.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;