Fechar
Publicidade

Sábado, 6 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Pio anuncia saída do MDB, mas faz mistério sobre futuro

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Presidente da Câmara de São Caetano estava no partido desde 2015 e afirma que migrará para sigla de apoio a Auricchio


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

03/03/2020 | 13:32


O presidente da Câmara de São Caetano, Pio Mielo, anunciou nesta terça-feira (3) sua desfiliação do MDB. “Acredito que cumpri minha tarefa partidária e partirei para outro desafio.”

Pio se filiou ao MDB em 2015, à ocasião para apoiar à tentativa de reeleição do então prefeito Paulo Pinheiro (à época no MDB, hoje no DEM). Ele se reelegeu, com 2.694 votos. Pinheiro, não. Com o novo cenário, Pio se aproximou do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB).

Nas últimas semanas, o clima no MDB estremeceu depois que o deputado estadual Jorge Caruso, da executiva paulista da sigla, criticou Pio, argumentando que o presidente da casa não apoiou candidatos da legenda na eleição de 2018 – ele foi um dos coordenadores da campanha de Thiago Auricchio (PL) à Assembleia Legislativa.

Ele disse que ingerências de integrantes da cúpula estadual pesaram para sua decisão. “Eu ajudei demais na campanha a governador do Paulo Skaf (em 2018), a quem considero um grande amigo e líder político. Lançamos a candidatura a deputado federal do Roberto do Proerd, que ajudou na formação da bancada federal. (Ao apoiar a candidatura de Thiago) Pensei na cidade, ter um deputado da cidade. Mas alguns da executiva estadual olharam com mesquinhez. Diante de tudo que construí no MDB, se apegaram a algum detalhe. Uma pena.”

Sobre o futuro, Pio desconversa. Seu nome foi especulado no PSDB ou em partidos que dão suporte à reeleição de Auricchio. A única certeza do mandatário do Legislativo é que ele estará no arco de aliados do tucano. “Uma agonia por dia”, brincou o emedebista. “Eu defendo o diálogo, a política com responsabilidade. Não sou do extremo e meu futuro partido não terá esse perfil. Será um partido de apoio ao prefeito e que pregue o diálogo, a transparência.”

O agora ex-emedebista afirmou que conversou com o presidente nacional do MDB, deputado federal Baleia Rossi, e com lideranças da legenda no Grande ABC, como Bruno Gabriel. “Entrei no MDB em 2015 pela porta da frente, de cabeça erguida. Saio também com esse sentimento.”

Sobre as desavenças com Caruso, Pio pediu que o deputado estadual olhe para a cidade em vez de punir a cidade por qualquer problema de ordem pessoal. “Pedirei tanto ao deputado Itamar (Borges) quanto ao deputado Caruso que enviem emendas para São Caetano. O município merece, independentemente de qualquer problema que alguém possa ter comigo.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pio anuncia saída do MDB, mas faz mistério sobre futuro

Presidente da Câmara de São Caetano estava no partido desde 2015 e afirma que migrará para sigla de apoio a Auricchio

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

03/03/2020 | 13:32


O presidente da Câmara de São Caetano, Pio Mielo, anunciou nesta terça-feira (3) sua desfiliação do MDB. “Acredito que cumpri minha tarefa partidária e partirei para outro desafio.”

Pio se filiou ao MDB em 2015, à ocasião para apoiar à tentativa de reeleição do então prefeito Paulo Pinheiro (à época no MDB, hoje no DEM). Ele se reelegeu, com 2.694 votos. Pinheiro, não. Com o novo cenário, Pio se aproximou do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB).

Nas últimas semanas, o clima no MDB estremeceu depois que o deputado estadual Jorge Caruso, da executiva paulista da sigla, criticou Pio, argumentando que o presidente da casa não apoiou candidatos da legenda na eleição de 2018 – ele foi um dos coordenadores da campanha de Thiago Auricchio (PL) à Assembleia Legislativa.

Ele disse que ingerências de integrantes da cúpula estadual pesaram para sua decisão. “Eu ajudei demais na campanha a governador do Paulo Skaf (em 2018), a quem considero um grande amigo e líder político. Lançamos a candidatura a deputado federal do Roberto do Proerd, que ajudou na formação da bancada federal. (Ao apoiar a candidatura de Thiago) Pensei na cidade, ter um deputado da cidade. Mas alguns da executiva estadual olharam com mesquinhez. Diante de tudo que construí no MDB, se apegaram a algum detalhe. Uma pena.”

Sobre o futuro, Pio desconversa. Seu nome foi especulado no PSDB ou em partidos que dão suporte à reeleição de Auricchio. A única certeza do mandatário do Legislativo é que ele estará no arco de aliados do tucano. “Uma agonia por dia”, brincou o emedebista. “Eu defendo o diálogo, a política com responsabilidade. Não sou do extremo e meu futuro partido não terá esse perfil. Será um partido de apoio ao prefeito e que pregue o diálogo, a transparência.”

O agora ex-emedebista afirmou que conversou com o presidente nacional do MDB, deputado federal Baleia Rossi, e com lideranças da legenda no Grande ABC, como Bruno Gabriel. “Entrei no MDB em 2015 pela porta da frente, de cabeça erguida. Saio também com esse sentimento.”

Sobre as desavenças com Caruso, Pio pediu que o deputado estadual olhe para a cidade em vez de punir a cidade por qualquer problema de ordem pessoal. “Pedirei tanto ao deputado Itamar (Borges) quanto ao deputado Caruso que enviem emendas para São Caetano. O município merece, independentemente de qualquer problema que alguém possa ter comigo.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;