Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vaticano denuncia ‘falsa utopia’ da seita New Age


Da AFP

03/02/2003 | 13:45


O Vaticano afirmou nesta segunda-feira que a seita New Age representa uma "falsa utopia" e "uma resposta equivocada" às esperanças da humanidade, e advertiu contra o perigo de doutrinamento dessa "nova espiritualidade".

"A New Age é uma falsa utopia criada para responder à profunda sede de felicidade do ser humano", afirmou o cardeal francês Paul Poupard, presidente do Conselho Pontifical para a Cultura, durante uma entrevista coletiva na qual apresentou um documento de reflexão de 92 páginas sobre o fenômeno.

"É uma resposta enganosa às esperanças de uma nova paz, harmonia e reconciliação consigo mesmo, com os outros e com a natureza", declarou.

Considerada uma "alternativa" à espiritualidade, a New Age é "um sincretismo ou mescla de elementos esotéricos e seculares que convergem na percepção de que é chegado o momento para uma mudança radical dos indivíduos, da sociedade do mundo", destaca o documento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vaticano denuncia ‘falsa utopia’ da seita New Age

Da AFP

03/02/2003 | 13:45


O Vaticano afirmou nesta segunda-feira que a seita New Age representa uma "falsa utopia" e "uma resposta equivocada" às esperanças da humanidade, e advertiu contra o perigo de doutrinamento dessa "nova espiritualidade".

"A New Age é uma falsa utopia criada para responder à profunda sede de felicidade do ser humano", afirmou o cardeal francês Paul Poupard, presidente do Conselho Pontifical para a Cultura, durante uma entrevista coletiva na qual apresentou um documento de reflexão de 92 páginas sobre o fenômeno.

"É uma resposta enganosa às esperanças de uma nova paz, harmonia e reconciliação consigo mesmo, com os outros e com a natureza", declarou.

Considerada uma "alternativa" à espiritualidade, a New Age é "um sincretismo ou mescla de elementos esotéricos e seculares que convergem na percepção de que é chegado o momento para uma mudança radical dos indivíduos, da sociedade do mundo", destaca o documento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;