Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

A Janela Laranja: a história do blog por trás do programa As Laranjinhas Mundo Afora

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Maria Beatriz Vaccari
Do Rota de Férias

16/03/2020 | 17:18


Em 2006, Marcio Nel Cimatti se mudou para a Holanda com a esposa e decidiu criar um blog para compartilhar fotos feitas a partir da janela de seu apartamento. Foi assim que nasceu o A Janela Laranja (o nome faz referência à cor oficial do país), um dos mais antigos sites de viagem do Brasil.

“Amigos, parentes e os primeiros seguidores começaram a pedir dicas dos destinos das fotografias que eu postava. No começo era de Amsterdam, interior da Holanda, Bélgica, um pouco de Alemanha e França. Foi pensando nesses pedidos que as legendas das fotos viraram dicas de viagem e logo depois matérias mais completas. E isso continua valendo até hoje”, explica o fundador do site.

Atualmente, Marcio publica uma série de conteúdos inspirados nas viagens que faz com as filhas, Vitória e a Giovana, chamadas carinhosamente de Laranjinhas. As pequenas também apresentam suas aventuras no programa de televisão As Laranjinhas Mundo Afora, exibido no canal Canal Travel Box Brazil.

Divulgação
Giovana, Vitória e Marcio

Antes de trabalhar com turismo você era um executivo de marketing, certo? Como foi essa transição? 

A transição foi pensada e planejada. Quando eu soube que minha esposa tinha a oportunidade de ir trabalhar na Holanda eu fiz cursos de fotografia e fotojornalismo. Há 10 anos trabalho exclusivamente com turismo, mas especificamente com o blog, redes sociais e, recentemente, com o programa da TV.

Sua experiência em marketing ajudou no desenvolvimento do A Janela Laranja? 

Muito, ajuda até hoje porque eu saí do marketing, mas o marketing não saiu de mim, Perdão pelo clichê, mas é a verdade. Eu aproveitei a minha experiência desde o começo, oferecendo imagens e depois matérias para revistas e jornais. Com isso, o blog foi ficando conhecido. Quando eu voltei para o Brasil, começaram a aparecer os primeiros convites para viagens e projetos para produzir conteúdo para fora do blog. Hoje, ainda uso o conhecimento nas minhas apresentações, em algumas palestras e para vender propagandas e projetos em todas as plataformas que eu atuo.

Em quais mídias sociais você atua mais?

Meu foco sempre foi detalhar as viagens para ajudar no planejamento de quem pretende ir para os mesmos destinos e inspirar quem ainda não decidiu viajar. Para isso, o blog ainda é imbatível. É a ferramente que possibilita contar com detalhes, texto, imagens e vídeos sobre essas viagens. As redes sociais como o Instagram, Twitter e Facebook são usadas para contar o que estamos publicando no blog e para chamar os leitores nessas outras redes. Tem duas redes que eu considero especiais hoje: o YouTube, onde postamos os vídeos das viagens e já temos mais de 2,3 milhões de visualizações, e o Pinterest, que ninguém fala muito, onde chegamos a ter três milhões de visualizações por mês.

Divulgação
Marcio e Giovana

Quais são seus números nas outras redes sociais?

No site, 60 mil page views por mês. No Instagram, Facebook e Twitter, 69 mil seguidores, 38 mil curtidas e 29 mil seguidores, respectivamente.  Também estamos na terceira temporada do As Laranjinhas Mundo Afora, que é exibido no Canal Travel Box Brazil para 14 milhões de assinantes da Net, Vivo e Sky.

Você sempre mostra que viajar com as crianças não é um bicho de sete cabeças. Quais são as dicas que você dá para os pais que ainda têm medo de se aventurar pelo mundo com filhos pequenos?

A primeira dica que eu sempre dou é planejar muito, se informar e começar por perto. Planejar muito significa saber o que vai encontrar, como é o caminho, o voo, como vai do aeroporto ao hotel ou como é a estrada, onde vão ficar, onde vão comer e por aí vai. Isso dá segurança e conforto aos pais. Conversar com outros pais que fizeram a mesma viagem e ficaram no mesmo hotel também é interessante. Muitas vezes, eu sou pai que já foi e troco ideia sobre isso nas redes sociais.

Divulgação
Vitória e Giovana, apresentadoras do programa As Laranjinhas Mundo Afora

Existem alguns destinos mais indicados para as primeiras viagens com os pequenos?

Começar por perto vale para os pais de bebês ou crianças pequenas. Não vá para outro país antes de conhecer o hotel fazenda, o resort ou a praia perto de sua cidade. Com essas viagens mais curtas, você vai entender como seu filho se comporta, se ele se adapta rápido a outra cama, a outro cardápio e a uma viagem de carro. Nas viagens seguintes, teste os pequenos em voos curtos. Depois, você estará pronto para encarar 9 ou 12 horas de voo e ir mais longe com a criança.

Conte um pouquinho sobre o programa As Laranjinhas Mundo Afora.

A ideia de migrar para o vídeo era de mostrar mais dos bastidores das viagens. Ela se transformou no nosso programa. Enquanto eu fico a maior parte do tempo atrás das câmeras, elas apresentam e mostram as curiosidades, atrações turísticas, pratos, restaurantes e hotéis. A experiência é muito gratificante. Ao mesmo tempo que nos divertimos nas viagens, inspiramos outras crianças e pais a viajar. Além disso, temos todos esses vídeos como nossas lembranças. Se vocês ligarem no Travel Box Brazil antes de abril, quando começa a terceira temporada do nosso programa, vão ver a primeira temporada que estão reprisando. A Vitória e a Giovana eram pequenas e mostram as atrações que elas mais gostaram em Nova York, Toronto e Amsterdam.

Divulgação
Giovana e Vitória

A produção do conteúdo para a TV e internet é muito diferente?

Sim, um pouco diferente, para o YouTube os vídeos são mais curtos e diretos, já para TV faço as tomadas de forma mais lúdica, com mais calma, fica agradável de ver na tela grande.

Qual é a importância de levar as crianças em viagens pelo mundo? Além do lazer, isso ajuda no desenvolvimento dos pequenos?

Eu tenho comigo que as meninas aprendem intensamente em cada viagem. Quando o assunto que aprenderam aparece na escola, elas deitam e rolam. Um exemplo bem bacana foi de quando visitamos o museu do seringal, perto de Manaus (AM). Tivemos uma aula pratica com um guia. Quando aparecer essa matéria na escola, elas podem contar com propriedade.

Qual foi o lugar que vocês mais gostaram e recomendam para quem quer viajar em família?

Essa é difícil de responder, são muitos destinos que gostamos. As meninas amam a Califórnia (EUA)! Tem praia, parques temáticos, estúdios de cinema, museus e muito mais. Perto de São Paulo, temos excelentes hotéis fazenda, para as viagens curtas. Para quem tem filhos mais novos, são ótimas opções. E o Chile é um dos destinos que gostamos e visitamos.

Divulgação
Marcio e Vitória

Quais são os planos para o futuro do A Janela Laranja e do As Laranjinhas Mundo Afora?

A terceira temporada do As Laranjinhas Mundo Afora estreia no próximo mês de abril. Gravamos em Park City, em Utah, nos Estados Unidos, onde esquiamos e mostramos como é passar uns dias abaixo de zero na belíssima estação de esqui. Também fomos à Disney, em Orlando (EUA), onde as meninas mostraram as atrações que mais gostam, à belíssima Península de Maraú, na Bahia, ao Chile e a alguns resorts que adoramos. No blog A Janela Laranja a gente vai postando os detalhes práticos dessas viagens para quem quer repetir o que fizemos com muita informação. Além disso, mais no final de 2020, o site completa 14 anos. Por isso, estamos pensando em uma comemoração especial.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

A Janela Laranja: a história do blog por trás do programa As Laranjinhas Mundo Afora

Maria Beatriz Vaccari
Do Rota de Férias

16/03/2020 | 17:18


Em 2006, Marcio Nel Cimatti se mudou para a Holanda com a esposa e decidiu criar um blog para compartilhar fotos feitas a partir da janela de seu apartamento. Foi assim que nasceu o A Janela Laranja (o nome faz referência à cor oficial do país), um dos mais antigos sites de viagem do Brasil.

“Amigos, parentes e os primeiros seguidores começaram a pedir dicas dos destinos das fotografias que eu postava. No começo era de Amsterdam, interior da Holanda, Bélgica, um pouco de Alemanha e França. Foi pensando nesses pedidos que as legendas das fotos viraram dicas de viagem e logo depois matérias mais completas. E isso continua valendo até hoje”, explica o fundador do site.

Atualmente, Marcio publica uma série de conteúdos inspirados nas viagens que faz com as filhas, Vitória e a Giovana, chamadas carinhosamente de Laranjinhas. As pequenas também apresentam suas aventuras no programa de televisão As Laranjinhas Mundo Afora, exibido no canal Canal Travel Box Brazil.

Divulgação
Giovana, Vitória e Marcio

Antes de trabalhar com turismo você era um executivo de marketing, certo? Como foi essa transição? 

A transição foi pensada e planejada. Quando eu soube que minha esposa tinha a oportunidade de ir trabalhar na Holanda eu fiz cursos de fotografia e fotojornalismo. Há 10 anos trabalho exclusivamente com turismo, mas especificamente com o blog, redes sociais e, recentemente, com o programa da TV.

Sua experiência em marketing ajudou no desenvolvimento do A Janela Laranja? 

Muito, ajuda até hoje porque eu saí do marketing, mas o marketing não saiu de mim, Perdão pelo clichê, mas é a verdade. Eu aproveitei a minha experiência desde o começo, oferecendo imagens e depois matérias para revistas e jornais. Com isso, o blog foi ficando conhecido. Quando eu voltei para o Brasil, começaram a aparecer os primeiros convites para viagens e projetos para produzir conteúdo para fora do blog. Hoje, ainda uso o conhecimento nas minhas apresentações, em algumas palestras e para vender propagandas e projetos em todas as plataformas que eu atuo.

Em quais mídias sociais você atua mais?

Meu foco sempre foi detalhar as viagens para ajudar no planejamento de quem pretende ir para os mesmos destinos e inspirar quem ainda não decidiu viajar. Para isso, o blog ainda é imbatível. É a ferramente que possibilita contar com detalhes, texto, imagens e vídeos sobre essas viagens. As redes sociais como o Instagram, Twitter e Facebook são usadas para contar o que estamos publicando no blog e para chamar os leitores nessas outras redes. Tem duas redes que eu considero especiais hoje: o YouTube, onde postamos os vídeos das viagens e já temos mais de 2,3 milhões de visualizações, e o Pinterest, que ninguém fala muito, onde chegamos a ter três milhões de visualizações por mês.

Divulgação
Marcio e Giovana

Quais são seus números nas outras redes sociais?

No site, 60 mil page views por mês. No Instagram, Facebook e Twitter, 69 mil seguidores, 38 mil curtidas e 29 mil seguidores, respectivamente.  Também estamos na terceira temporada do As Laranjinhas Mundo Afora, que é exibido no Canal Travel Box Brazil para 14 milhões de assinantes da Net, Vivo e Sky.

Você sempre mostra que viajar com as crianças não é um bicho de sete cabeças. Quais são as dicas que você dá para os pais que ainda têm medo de se aventurar pelo mundo com filhos pequenos?

A primeira dica que eu sempre dou é planejar muito, se informar e começar por perto. Planejar muito significa saber o que vai encontrar, como é o caminho, o voo, como vai do aeroporto ao hotel ou como é a estrada, onde vão ficar, onde vão comer e por aí vai. Isso dá segurança e conforto aos pais. Conversar com outros pais que fizeram a mesma viagem e ficaram no mesmo hotel também é interessante. Muitas vezes, eu sou pai que já foi e troco ideia sobre isso nas redes sociais.

Divulgação
Vitória e Giovana, apresentadoras do programa As Laranjinhas Mundo Afora

Existem alguns destinos mais indicados para as primeiras viagens com os pequenos?

Começar por perto vale para os pais de bebês ou crianças pequenas. Não vá para outro país antes de conhecer o hotel fazenda, o resort ou a praia perto de sua cidade. Com essas viagens mais curtas, você vai entender como seu filho se comporta, se ele se adapta rápido a outra cama, a outro cardápio e a uma viagem de carro. Nas viagens seguintes, teste os pequenos em voos curtos. Depois, você estará pronto para encarar 9 ou 12 horas de voo e ir mais longe com a criança.

Conte um pouquinho sobre o programa As Laranjinhas Mundo Afora.

A ideia de migrar para o vídeo era de mostrar mais dos bastidores das viagens. Ela se transformou no nosso programa. Enquanto eu fico a maior parte do tempo atrás das câmeras, elas apresentam e mostram as curiosidades, atrações turísticas, pratos, restaurantes e hotéis. A experiência é muito gratificante. Ao mesmo tempo que nos divertimos nas viagens, inspiramos outras crianças e pais a viajar. Além disso, temos todos esses vídeos como nossas lembranças. Se vocês ligarem no Travel Box Brazil antes de abril, quando começa a terceira temporada do nosso programa, vão ver a primeira temporada que estão reprisando. A Vitória e a Giovana eram pequenas e mostram as atrações que elas mais gostaram em Nova York, Toronto e Amsterdam.

Divulgação
Giovana e Vitória

A produção do conteúdo para a TV e internet é muito diferente?

Sim, um pouco diferente, para o YouTube os vídeos são mais curtos e diretos, já para TV faço as tomadas de forma mais lúdica, com mais calma, fica agradável de ver na tela grande.

Qual é a importância de levar as crianças em viagens pelo mundo? Além do lazer, isso ajuda no desenvolvimento dos pequenos?

Eu tenho comigo que as meninas aprendem intensamente em cada viagem. Quando o assunto que aprenderam aparece na escola, elas deitam e rolam. Um exemplo bem bacana foi de quando visitamos o museu do seringal, perto de Manaus (AM). Tivemos uma aula pratica com um guia. Quando aparecer essa matéria na escola, elas podem contar com propriedade.

Qual foi o lugar que vocês mais gostaram e recomendam para quem quer viajar em família?

Essa é difícil de responder, são muitos destinos que gostamos. As meninas amam a Califórnia (EUA)! Tem praia, parques temáticos, estúdios de cinema, museus e muito mais. Perto de São Paulo, temos excelentes hotéis fazenda, para as viagens curtas. Para quem tem filhos mais novos, são ótimas opções. E o Chile é um dos destinos que gostamos e visitamos.

Divulgação
Marcio e Vitória

Quais são os planos para o futuro do A Janela Laranja e do As Laranjinhas Mundo Afora?

A terceira temporada do As Laranjinhas Mundo Afora estreia no próximo mês de abril. Gravamos em Park City, em Utah, nos Estados Unidos, onde esquiamos e mostramos como é passar uns dias abaixo de zero na belíssima estação de esqui. Também fomos à Disney, em Orlando (EUA), onde as meninas mostraram as atrações que mais gostam, à belíssima Península de Maraú, na Bahia, ao Chile e a alguns resorts que adoramos. No blog A Janela Laranja a gente vai postando os detalhes práticos dessas viagens para quem quer repetir o que fizemos com muita informação. Além disso, mais no final de 2020, o site completa 14 anos. Por isso, estamos pensando em uma comemoração especial.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;