Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Acisbec prepara ação para fomento da Rota do Frango com Polenta

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Associação prevê programa de fidelidade a quem visitar restaurantes do Demarchi, em S.Bernardo


Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

29/02/2020 | 00:02


A Rota do Frango com Polenta, localizada no bairro Demarchi, em São Bernardo, sofreu a perda de mais um tradicional restaurante no início deste ano – o Florestal, fundado em 1956. Na tentativa de ajudar no fomento e divulgação aos sete estabelecimentos remanescentes do local, a Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo) vai lançar programa de impulso econômico na segunda-feira.

O Programa de Fidelidade Rota dos Restaurantes de São Bernardo tem como objetivo revitalizar e fortalecer a tradicional rota. A ideia é criar espécie de voucher oferecendo gratuidade de refeição a partir de acúmulo de visitas aos estabelecimentos. Junto a isso haverá campanha publicitária e nos principais centros comerciais da cidade. Eram 11 restaurantes no local, agora, sete.

“Não podemos deixar morrer este ícone da nossa cidade, que é a Rota do Frango com Polenta, em um local muito importante, com tradição e que valoriza São Bernardo”, afirmou o presidente da Acisbec, Valter Moura. “O fechamento dos três maiores restaurantes (São Judas, São Francisco e Florestal) trouxe um ar de fechamento completo da rota, o que não é verdade. Temos de criar estímulos para que os clientes visitem a rota, que é muito mais do que frango com polenta.”

Um dos proprietários do Restaurante Santo Antônio, que integra a rota, Odair Batistini crê que a iniciativa deva auxiliar na divulgação e aposta no impacto positivo da ação. Junto com os irmãos Clotilde, Jair e Ladislau, Odair é responsável pelo restaurante, que foi fundado em 1962 por Alexandre Batistini e se consolidou como um dos mais tradicionais. Inclusive, o frango com polenta produzido na casa continua com a mesma receita desde o início das operações.

Ele avaliou que tudo o que for feito para fomentar a rota é válido e que não há intenção de fechar a unidade. Pelo contrário. Seguem firmes no negócio. “Devagar a coisa vai fluindo. Meu sobrinho ajeitou as redes sociais do restaurante e nós também pedimos para os clientes olharem e divulgarem.”

HISTÓRICO
O restaurante Florestal era o mais antigo em funcionamento até encerrar as atividades no início deste ano. O espaço, com 2.500 lugares, estava na lista dos três maiores e mais conhecidos da via, junto com o São Judas e o São Francisco (onde atualmente funciona uma unidade do supermercado Bem Barato), que fecharam as portas em 2016 e 2019, respectivamente.

Os restaurantes enfrentam desafios há pelo menos 20 anos. Isso por causa do novo perfil do consumidor, maior disponibilidade de opções gastronômicas somada à crise econômica, que trouxe o fechamento de diversas indústrias da região. Além de ser um local frequentado pelos trabalhadores, a rota ficou conhecida como ponto de encontro de autoridades políticas.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;