Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Pré-candidatos defendem Alex como prefeiturável

Montagem/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Rafael Demarchi e Davanzo declaram que debate fica qualificado com deputado federal e que cidade não merece polarização entre PT e PSDB


Raphael Rocha e Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

29/02/2020 | 00:01


Pré-candidatos à Prefeitura de São Bernardo na eleição deste ano defenderam que o deputado federal Alex Manente (Cidadania) esteja na lista de prefeituráveis no pleito de outubro.

O parlamentar, que concorreu ao Paço nas eleições de 2008, 2012 e 2016, afirmou que em abril vai decidir se figurará nas urnas novamente. Ele declarou ao Diário que calendário de votações da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que permite a execução da pena após condenação em segunda instância, de sua autoria, vai balizar seu futuro eleitoral.

Vereador em segundo mandato em São Bernardo e potencial candidato a prefeito, Rafael Demarchi (Republicanos) declarou que “São Bernardo merece ter uma terceira via” e “fugir da polarização entre PT e PSDB”. “O Alex é uma das opções, uma boa opção, mas acredito que há renovação em curso na cidade. São Bernardo merece ter quarta, quinta vias, pelo tamanho que tem e pelo peso político no Estado.”

Rafael tem articulado campanha própria à Prefeitura. No começo do mês, conversou com o deputado federal Júnior Bozzella (PSL), responsável pelo partido no Estado, em diálogo que pode avançar para uma candidatura dele ao Executivo pela sigla que abrigou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na eleição de 2018.

Ex-presidente da subsecção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em São Bernardo e atual comandante da Caasp (Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo), da entidade estadual, Luís Ricardo Davanzo (Republicanos) caminhou na mesma linha de Rafael Demarchi.

Aliado de Alex Manente, Davanzo afirmou que tem recebido sondagens de partido para que ele seja candidato a prefeito neste ano. Entretanto, reconheceu no deputado federal um player importante para a eleição. “A condição de uma terceira via é sempre importante para a eleição. Quanto mais candidatos participarem do pleito, melhor é para o eleitor. Espero que haja políticos de qualidade”, salientou.

Na visão de Davanzo, o cenário atual se desenha para uma polarização entre o prefeito Orlando Morando (PSDB) e o ex-prefeito Luiz Marinho (PT). Porém, ele avaliou ser possível o lançamento de mais candidaturas, uma vez que só ele recebeu convite de dez legendas para o pleito.

“Eu continuo na presidência da Caasp e estou bem aqui. Mas estou à disposição para conversar sobre possível participação na eleição, até de maneira mais efetiva. Vi que meu nome aparece em algumas pesquisas e até pareço bem. Mas sei que não é tão simples assim (se lançar candidato). O que posso dizer é que não descarto nenhuma conversa (com partidos)”, discorreu.

Outro pré-candidato a prefeito de São Bernardo, este no PSB, Leandro Altrão vislumbrou espaço para terceira via no pleito municipal. Comentou, porém, que o eleitor da cidade está saturado de Morando, Marinho e Alex. “Há pelo menos 20 anos um dos três é candidato. “A terceira via de São Bernardo é o PSB, com nova força se formando, pessoas comuns, novo grupo, pessoas jovens. Deixaremos alternativa à população.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pré-candidatos defendem Alex como prefeiturável

Rafael Demarchi e Davanzo declaram que debate fica qualificado com deputado federal e que cidade não merece polarização entre PT e PSDB

Raphael Rocha e Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

29/02/2020 | 00:01


Pré-candidatos à Prefeitura de São Bernardo na eleição deste ano defenderam que o deputado federal Alex Manente (Cidadania) esteja na lista de prefeituráveis no pleito de outubro.

O parlamentar, que concorreu ao Paço nas eleições de 2008, 2012 e 2016, afirmou que em abril vai decidir se figurará nas urnas novamente. Ele declarou ao Diário que calendário de votações da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que permite a execução da pena após condenação em segunda instância, de sua autoria, vai balizar seu futuro eleitoral.

Vereador em segundo mandato em São Bernardo e potencial candidato a prefeito, Rafael Demarchi (Republicanos) declarou que “São Bernardo merece ter uma terceira via” e “fugir da polarização entre PT e PSDB”. “O Alex é uma das opções, uma boa opção, mas acredito que há renovação em curso na cidade. São Bernardo merece ter quarta, quinta vias, pelo tamanho que tem e pelo peso político no Estado.”

Rafael tem articulado campanha própria à Prefeitura. No começo do mês, conversou com o deputado federal Júnior Bozzella (PSL), responsável pelo partido no Estado, em diálogo que pode avançar para uma candidatura dele ao Executivo pela sigla que abrigou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na eleição de 2018.

Ex-presidente da subsecção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em São Bernardo e atual comandante da Caasp (Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo), da entidade estadual, Luís Ricardo Davanzo (Republicanos) caminhou na mesma linha de Rafael Demarchi.

Aliado de Alex Manente, Davanzo afirmou que tem recebido sondagens de partido para que ele seja candidato a prefeito neste ano. Entretanto, reconheceu no deputado federal um player importante para a eleição. “A condição de uma terceira via é sempre importante para a eleição. Quanto mais candidatos participarem do pleito, melhor é para o eleitor. Espero que haja políticos de qualidade”, salientou.

Na visão de Davanzo, o cenário atual se desenha para uma polarização entre o prefeito Orlando Morando (PSDB) e o ex-prefeito Luiz Marinho (PT). Porém, ele avaliou ser possível o lançamento de mais candidaturas, uma vez que só ele recebeu convite de dez legendas para o pleito.

“Eu continuo na presidência da Caasp e estou bem aqui. Mas estou à disposição para conversar sobre possível participação na eleição, até de maneira mais efetiva. Vi que meu nome aparece em algumas pesquisas e até pareço bem. Mas sei que não é tão simples assim (se lançar candidato). O que posso dizer é que não descarto nenhuma conversa (com partidos)”, discorreu.

Outro pré-candidato a prefeito de São Bernardo, este no PSB, Leandro Altrão vislumbrou espaço para terceira via no pleito municipal. Comentou, porém, que o eleitor da cidade está saturado de Morando, Marinho e Alex. “Há pelo menos 20 anos um dos três é candidato. “A terceira via de São Bernardo é o PSB, com nova força se formando, pessoas comuns, novo grupo, pessoas jovens. Deixaremos alternativa à população.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;