Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Aposentada reclama de falta de geriatra no Mário Covas


Vanessa Fajardo
Do Diário do Grande ABC

10/01/2009 | 07:00


A aposentada Avanir da Cruz Inácio Quevedo, 58 anos, diz não conseguir agendar uma consulta para o pai, que tem mal de Alzheimer, no Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André. Ela conta que há dois anos um médico da unidade suspendeu o uso do medicamento para tratamento da doença, porque o diagnóstico seria outro. A medida teria prejudicado o quadro clínico de Luiz Loreto Inácio, 86 anos, porque ele não começou esse novo tratamento e abandonou a antiga medicação.

Avanir explicou que voltou a procurar o médico, mas ele dizia que o hospital não dispunha do medicamento que ele pretendia adotar. "Mesmo com a demência, meu pai tinha uma vida normal. Mas ontem (anteontem) foi parar no Pronto-Socorro Central, porque está debilitado, com tremores. A médica disse que isso é resultado da falta do medicamento (suspenso há dois anos). Agora, sem assistência, está morrendo aos poucos, é revoltante", desabafa Avanir.

A aposentada conta que o estado de saúde do pai regrediu nos últimos meses e como ele treme constantemente, há suspeita que também tenha desenvolvido mal de Parkinson.

Avanir disse ainda que procurou o Mário Covas ontem e a assistente social teria informado que agendaria uma consulta com um geriatra assim que tivesse horário disponível.

A Secretaria Estadual da Saúde informou que o Hospital Mário Covas vai levantar o prontuário do paciente para investigar o que ocorreu e se pronunciar, mas nega a falta de geriatras no quadro de médicos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;