Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Coronavírus reforça busca por ativos de segurança e impulsiona dólar e iene



24/02/2020 | 19:04


Os temores de disseminação do coronavírus pelo mundo desencadearam hoje um movimento acentuado de busca por ativos de segurança nos mercados internacionais, impulsionando ativos como dólar e iene.

O índice DXY, que mede a variação do dólar ante uma cesta de moedas fortes, subiu 0,1%, para 99,359 pontos nesta sessão. A moeda americana ainda se fortaleceu frente a moedas de países emergentes, como a lira turca, o rublo russo e o peso mexicano. Frente à divisa japonesa, o dólar caiu para 110,75 ienes e o euro avançou para US$ 1,0858.

Investidores procuraram refúgio em moedas fortes após a notícia de que a Itália registrou mais de 200 casos de coronavírus, que resultaram em sete mortes e levaram as autoridades locais a colocar cidades do norte do país em quarentena. O avanço inesperado da doença na Europa deixou analistas e investidores apreensivos quanto à capacidade das autoridades de conter o surto da doença, que teve origem na China, alimentando dúvidas em torno do impacto sobre a economia global.

"O dólar continua a se beneficiar das preocupações com o coronavírus, com a noção de que a economia americana está em melhor posição para enfrentar a incerteza", destaca o Western Union em relatório a clientes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Coronavírus reforça busca por ativos de segurança e impulsiona dólar e iene


24/02/2020 | 19:04


Os temores de disseminação do coronavírus pelo mundo desencadearam hoje um movimento acentuado de busca por ativos de segurança nos mercados internacionais, impulsionando ativos como dólar e iene.

O índice DXY, que mede a variação do dólar ante uma cesta de moedas fortes, subiu 0,1%, para 99,359 pontos nesta sessão. A moeda americana ainda se fortaleceu frente a moedas de países emergentes, como a lira turca, o rublo russo e o peso mexicano. Frente à divisa japonesa, o dólar caiu para 110,75 ienes e o euro avançou para US$ 1,0858.

Investidores procuraram refúgio em moedas fortes após a notícia de que a Itália registrou mais de 200 casos de coronavírus, que resultaram em sete mortes e levaram as autoridades locais a colocar cidades do norte do país em quarentena. O avanço inesperado da doença na Europa deixou analistas e investidores apreensivos quanto à capacidade das autoridades de conter o surto da doença, que teve origem na China, alimentando dúvidas em torno do impacto sobre a economia global.

"O dólar continua a se beneficiar das preocupações com o coronavírus, com a noção de que a economia americana está em melhor posição para enfrentar a incerteza", destaca o Western Union em relatório a clientes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;