Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Espetáculo em São Paulo encena a saga de refugiados

Tide Gugliano/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Grupo O Bonde se apresenta sábado, às 16h, no Sesc Vila Mariana


Miriam Gimenes

24/02/2020 | 22:20


O coletivo O Bonde se prepara para apresentar sábado, às 16h, no Sesc Vila Mariana (Rua Pelotas, 141), em São Paulo, o espetáculo infantil Quando eu Morrer, Vou Contar Tudo a Deus. No palco, elenco traz a história do garoto marfinense Abou, encontrado em 2015 em uma mala de viagem cruzando ilegalmente a fronteira do Marrocos com a Espanha.

De forma lúdica e poética, o coletivo retrata a situação de abandono e ausência de condições básicas de sobrevivência a que muitas crianças são submetidas, sobretudo as negras, no processo de imigração em massa de africanos para o continente europeu. Este é o ponto de partida para a construção do espetáculo baseado no texto homônimo da dramaturga, cronista e roteirista negra Maria Shu. “O Abou é um grande guerreiro, que lida com a pobreza, com a fome e com a condição de refugiado, mas encontra forças para ressignificar a realidade em que está inserido”. Os ingressos custam de R$ 6 a R$ 20 e podem ser comprados em www.sescsp.org.br. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Espetáculo em São Paulo encena a saga de refugiados

Grupo O Bonde se apresenta sábado, às 16h, no Sesc Vila Mariana

Miriam Gimenes

24/02/2020 | 22:20


O coletivo O Bonde se prepara para apresentar sábado, às 16h, no Sesc Vila Mariana (Rua Pelotas, 141), em São Paulo, o espetáculo infantil Quando eu Morrer, Vou Contar Tudo a Deus. No palco, elenco traz a história do garoto marfinense Abou, encontrado em 2015 em uma mala de viagem cruzando ilegalmente a fronteira do Marrocos com a Espanha.

De forma lúdica e poética, o coletivo retrata a situação de abandono e ausência de condições básicas de sobrevivência a que muitas crianças são submetidas, sobretudo as negras, no processo de imigração em massa de africanos para o continente europeu. Este é o ponto de partida para a construção do espetáculo baseado no texto homônimo da dramaturga, cronista e roteirista negra Maria Shu. “O Abou é um grande guerreiro, que lida com a pobreza, com a fome e com a condição de refugiado, mas encontra forças para ressignificar a realidade em que está inserido”. Os ingressos custam de R$ 6 a R$ 20 e podem ser comprados em www.sescsp.org.br. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;