Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Grande ABC ganha nova liga amadora de basquete

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Organizadora de competição na Capital, LSPB administra conferência das sete cidades


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

24/02/2020 | 00:01


Por muitos anos, o basquete foi o segundo esporte mais popular do Brasil, atrás somente do futebol. O desempenho em quadra, com a presença de ídolos, fazia com que houvesse grande repercussão na mídia e nas ruas, além de grande envolvimento e número de pessoas que iam aos ginásios acompanhar os jogos. Com o passar do tempo, porém, a bola ao cesto ficou para trás no gosto do brasileiro, apesar de pesquisa encomendada pela Confederação Brasileira de Basquete junto ao Ibope indicar que, em 2017, existiam 35 milhões de fãs da modalidade, 3 milhões de praticantes e mais de 100 times profissionais. E, paralelamente, existem ainda mais equipes amadoras, algumas delas do Grande ABC, que vão ganhar nova oportunidade de disputa. Isso porque a LSPB (Liga São Paulo de Basketball) criou a conferência para as sete cidades da região.

Para isso, foram fechadas duas parcerias, com São Bernardo e Santo André, para que os jogos pudessem ser realizados em quadras de bom nível, casos das instalações dos Crec Baetinha, Pauliceia, Taboão, Jerusalém e o Clube Olaria (todos estes equipamentos são-bernardenses), além dos ginásios Laís Elena, dentro do Complexo Pedro Dell’Antonia, e Prefeito Celso Daniel, dentro do parque de mesmo nome – este, reformado, a partir de abril.
“A Liga vem com qualidade grande em quadras. As instalações são top e é isso o que vamos priorizar: oferecer lugar digno, arbitragem de qualidade, estatísticas on-line, transmissão de partidas e mais”, explicou o gestor da LSPB, Vlademir Pereira Silva. “E a proposta é ser uma Liga autossustentável, que não dure apenas uma temporada”, complementou o dirigente.

Já existe a conferência da Capital da Liga que, no ano passado, reuniu 15 times no torneio adulto masculino e outros sete no feminino, além de dezenas nas categorias de base. A intenção de Vlademir é que haja um enfrentamento entre os campeões de São Paulo e do Grande ABC.

Até 2019, a competição que reunia o maior número de times da região era organizada pela Laba (Liga Amadora de Basquete do ABC), mas a organização parou por problemas com falta de tempo e de quadras para a disputa dos jogos. Segundo o presidente Eduardo Tadeu Arashiro de Almeida, o China, o campeonato deverá voltar. Mas, enquanto isso, existe outra competição em andamento, a Copa Danilo Castro. “Entretanto, a Laba, em si, não acaba. Estamos sinalizando com novas praças esportivas para voltar com a competição maior, além de outras pessoas para ajudar a organizar”, declarou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grande ABC ganha nova liga amadora de basquete

Organizadora de competição na Capital, LSPB administra conferência das sete cidades

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

24/02/2020 | 00:01


Por muitos anos, o basquete foi o segundo esporte mais popular do Brasil, atrás somente do futebol. O desempenho em quadra, com a presença de ídolos, fazia com que houvesse grande repercussão na mídia e nas ruas, além de grande envolvimento e número de pessoas que iam aos ginásios acompanhar os jogos. Com o passar do tempo, porém, a bola ao cesto ficou para trás no gosto do brasileiro, apesar de pesquisa encomendada pela Confederação Brasileira de Basquete junto ao Ibope indicar que, em 2017, existiam 35 milhões de fãs da modalidade, 3 milhões de praticantes e mais de 100 times profissionais. E, paralelamente, existem ainda mais equipes amadoras, algumas delas do Grande ABC, que vão ganhar nova oportunidade de disputa. Isso porque a LSPB (Liga São Paulo de Basketball) criou a conferência para as sete cidades da região.

Para isso, foram fechadas duas parcerias, com São Bernardo e Santo André, para que os jogos pudessem ser realizados em quadras de bom nível, casos das instalações dos Crec Baetinha, Pauliceia, Taboão, Jerusalém e o Clube Olaria (todos estes equipamentos são-bernardenses), além dos ginásios Laís Elena, dentro do Complexo Pedro Dell’Antonia, e Prefeito Celso Daniel, dentro do parque de mesmo nome – este, reformado, a partir de abril.
“A Liga vem com qualidade grande em quadras. As instalações são top e é isso o que vamos priorizar: oferecer lugar digno, arbitragem de qualidade, estatísticas on-line, transmissão de partidas e mais”, explicou o gestor da LSPB, Vlademir Pereira Silva. “E a proposta é ser uma Liga autossustentável, que não dure apenas uma temporada”, complementou o dirigente.

Já existe a conferência da Capital da Liga que, no ano passado, reuniu 15 times no torneio adulto masculino e outros sete no feminino, além de dezenas nas categorias de base. A intenção de Vlademir é que haja um enfrentamento entre os campeões de São Paulo e do Grande ABC.

Até 2019, a competição que reunia o maior número de times da região era organizada pela Laba (Liga Amadora de Basquete do ABC), mas a organização parou por problemas com falta de tempo e de quadras para a disputa dos jogos. Segundo o presidente Eduardo Tadeu Arashiro de Almeida, o China, o campeonato deverá voltar. Mas, enquanto isso, existe outra competição em andamento, a Copa Danilo Castro. “Entretanto, a Laba, em si, não acaba. Estamos sinalizando com novas praças esportivas para voltar com a competição maior, além de outras pessoas para ajudar a organizar”, declarou. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;