Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Pós-Carnaval será tempo de definições


Raphael Rocha

22/02/2020 | 00:01


O pós-Carnaval é considerado, no dito popular, como o período em que as coisas no Brasil começam a andar. Na política, claro, não é diferente. A despeito de conversas eleitorais serem tratadas entre o Ano-Novo e a Folia, é somente depois das festas que os agentes políticos realmente começam a traçar as estratégias e tirá-las do papel. É aguardado intenso movimento de trocas partidárias entre vereadores e de afunilamento de pré-candidaturas majoritárias no Grande ABC. Será tempo de desfecho de novelas, como quem o prefeito Lauro Michels (PV), de Diadema, vai apostar como candidato à sucessão, se a terceira via em São Bernardo vai se consolidar, se os atuais vice-prefeitos se manterão nas chapas de tentativa de reeleição em outubro.

BASTIDORES

Preocupação
As mais recentes pesquisas de intenções de voto na eleição à Prefeitura de Diadema mostram o ex-prefeito José de Filippi Júnior (PT) bem à frente da concorrência. Tamanha folga tem feito dirigentes do partido na cidade considerarem mudar alguns acordos encaminhados, entre eles o de indicar o vereador Ronaldo Lacerda (PT) como vice de Filippi. Só que até mesmo líderes estaduais da legenda veem com preocupação a situação. Alguns dizem haver salto alto no debate, a ponto de rejeitarem o peso de Lacerda no cenário eleitoral diademense. Lacerda foi o vereador mais bem votado em 2016, abriu mão de ser prefeiturável em favor de Filippi e, se for alijado da chapa, pode causar cizânia capaz de colocar em xeque uma vitória palpável.

Prioridades
Líder do governo do prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), o vereador Jhol Jhol (PSD) ignorou a sessão de quarta-feira. Ele foi visto percorrendo gabinetes de deputados estaduais na Assembleia Legislativa, em dia de votação da reforma da Previdência estadual.

Flagra
Vice-prefeito de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon (PTB) postou em suas redes sociais vídeo durante instalação de iluminação em um dos bairros na cidade. Mas chamou atenção mesmo uma frase do petebista. Ele pede agilidade aos operadores para que não haja perda de votos em outubro, citando o prefeito Adler Kiko Teixeira (PSB), que considerou não concorrer à reeleição, mas, nas últimas semanas, diz que tentará renovar o mandato.

Secretária
O governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), se prepara para criar a Secretaria de Pessoas com Deficiência. E até mesmo o nome está definido: Silvia Prin Grecco. Ela se desligou nesta semana da administração do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), na qual atuou como secretária de Promoção Social. Silvia tem atuado pela causa há anos e ganhou notoriedade mundial com a história de seu filho Nickollas Grecco, cego e autista, que acompanha os jogos do Palmeiras através da narração da mãe.

Comentarista
Na sessão de quinta-feira, iniciou-se uma discussão a respeito do tempo de fala de cada vereador de Santo André. O bate-boca ficou concentrado entre o presidente da casa, Pedrinho Botaro (PSDB), e os vereadores Professor Minhoca (PSDB), Sargento Lobo (SD) e Eduardo Leite (PT). Certo momento, Minhoca, conhecido por comentários irreverentes, disparou contra Lobo. “Vossa excelência é um vereador Casagrande. Tem que comentar sobre tudo”, disse, tirando risos de quem estava na galeria. O tucano se referiu ao comentarista esportivo e ex-jogador de futebol Walter Casagrande, da TV Globo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pós-Carnaval será tempo de definições

Raphael Rocha

22/02/2020 | 00:01


O pós-Carnaval é considerado, no dito popular, como o período em que as coisas no Brasil começam a andar. Na política, claro, não é diferente. A despeito de conversas eleitorais serem tratadas entre o Ano-Novo e a Folia, é somente depois das festas que os agentes políticos realmente começam a traçar as estratégias e tirá-las do papel. É aguardado intenso movimento de trocas partidárias entre vereadores e de afunilamento de pré-candidaturas majoritárias no Grande ABC. Será tempo de desfecho de novelas, como quem o prefeito Lauro Michels (PV), de Diadema, vai apostar como candidato à sucessão, se a terceira via em São Bernardo vai se consolidar, se os atuais vice-prefeitos se manterão nas chapas de tentativa de reeleição em outubro.

BASTIDORES

Preocupação
As mais recentes pesquisas de intenções de voto na eleição à Prefeitura de Diadema mostram o ex-prefeito José de Filippi Júnior (PT) bem à frente da concorrência. Tamanha folga tem feito dirigentes do partido na cidade considerarem mudar alguns acordos encaminhados, entre eles o de indicar o vereador Ronaldo Lacerda (PT) como vice de Filippi. Só que até mesmo líderes estaduais da legenda veem com preocupação a situação. Alguns dizem haver salto alto no debate, a ponto de rejeitarem o peso de Lacerda no cenário eleitoral diademense. Lacerda foi o vereador mais bem votado em 2016, abriu mão de ser prefeiturável em favor de Filippi e, se for alijado da chapa, pode causar cizânia capaz de colocar em xeque uma vitória palpável.

Prioridades
Líder do governo do prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), o vereador Jhol Jhol (PSD) ignorou a sessão de quarta-feira. Ele foi visto percorrendo gabinetes de deputados estaduais na Assembleia Legislativa, em dia de votação da reforma da Previdência estadual.

Flagra
Vice-prefeito de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon (PTB) postou em suas redes sociais vídeo durante instalação de iluminação em um dos bairros na cidade. Mas chamou atenção mesmo uma frase do petebista. Ele pede agilidade aos operadores para que não haja perda de votos em outubro, citando o prefeito Adler Kiko Teixeira (PSB), que considerou não concorrer à reeleição, mas, nas últimas semanas, diz que tentará renovar o mandato.

Secretária
O governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), se prepara para criar a Secretaria de Pessoas com Deficiência. E até mesmo o nome está definido: Silvia Prin Grecco. Ela se desligou nesta semana da administração do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), na qual atuou como secretária de Promoção Social. Silvia tem atuado pela causa há anos e ganhou notoriedade mundial com a história de seu filho Nickollas Grecco, cego e autista, que acompanha os jogos do Palmeiras através da narração da mãe.

Comentarista
Na sessão de quinta-feira, iniciou-se uma discussão a respeito do tempo de fala de cada vereador de Santo André. O bate-boca ficou concentrado entre o presidente da casa, Pedrinho Botaro (PSDB), e os vereadores Professor Minhoca (PSDB), Sargento Lobo (SD) e Eduardo Leite (PT). Certo momento, Minhoca, conhecido por comentários irreverentes, disparou contra Lobo. “Vossa excelência é um vereador Casagrande. Tem que comentar sobre tudo”, disse, tirando risos de quem estava na galeria. O tucano se referiu ao comentarista esportivo e ex-jogador de futebol Walter Casagrande, da TV Globo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;