Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

PF prende em Búzios americano acusado de crimes financeiros nos EUA



21/02/2020 | 18:12


A Polícia Federal prendeu em Búzios, no Rio, quinta, 20, um americano acusado de crimes financeiros no Brasil e nos EUA. Ele é sócio de uma empresa multinacional que operava esquemas financeiros. A ordem de prisão foi expedida para fins de extradição pelo Supremo Tribunal Federal.

O preso, que perdeu a nacionalidade brasileira, é acusado nos Estados Unidos da prática dos crimes de fraude por correspondência eletrônica, conspiração e lavagem de dinheiro "por sua atuação à frente da empresa".

O procurado fugiu para o Brasil após a empresa ter sido formalmente acusada de praticar pirâmide financeira nos EUA. Para sair daquele país, o acusado cruzou a fronteira com o Canadá de carro e, dias depois, embarcou em um voo de Toronto para São Paulo.

No Brasil, os sócios da empresa e outros participantes do negócio foram denunciados pelo Ministério Público Federal pela prática de crimes contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro e crime contra a economia popular.

As investigações do Escritório Central Nacional da Interpol no Brasil e da Superintendência da Polícia Federal no Espírito Santo contaram com a cooperação do Immigration and Customs Enforcement - ICE e do Departamento de Segurança Interna (DHS) dos Estados Unidos.

O preso ficará à disposição do Supremo até que seja autorizada sua extradição para os Estados Unidos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PF prende em Búzios americano acusado de crimes financeiros nos EUA


21/02/2020 | 18:12


A Polícia Federal prendeu em Búzios, no Rio, quinta, 20, um americano acusado de crimes financeiros no Brasil e nos EUA. Ele é sócio de uma empresa multinacional que operava esquemas financeiros. A ordem de prisão foi expedida para fins de extradição pelo Supremo Tribunal Federal.

O preso, que perdeu a nacionalidade brasileira, é acusado nos Estados Unidos da prática dos crimes de fraude por correspondência eletrônica, conspiração e lavagem de dinheiro "por sua atuação à frente da empresa".

O procurado fugiu para o Brasil após a empresa ter sido formalmente acusada de praticar pirâmide financeira nos EUA. Para sair daquele país, o acusado cruzou a fronteira com o Canadá de carro e, dias depois, embarcou em um voo de Toronto para São Paulo.

No Brasil, os sócios da empresa e outros participantes do negócio foram denunciados pelo Ministério Público Federal pela prática de crimes contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro e crime contra a economia popular.

As investigações do Escritório Central Nacional da Interpol no Brasil e da Superintendência da Polícia Federal no Espírito Santo contaram com a cooperação do Immigration and Customs Enforcement - ICE e do Departamento de Segurança Interna (DHS) dos Estados Unidos.

O preso ficará à disposição do Supremo até que seja autorizada sua extradição para os Estados Unidos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;