Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Procon vê irregularidades em preços e nos estacionamentos de lojas da Swift



21/02/2020 | 17:57


Equipes do Procon de São Paulo encontraram irregularidades em lojas da JBS Swift, referentes ao demonstrativo de preço nos alimentos e também às vagas de estacionamento. De acordo com o comunicado do Procon-SP, a operação vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania encontrou irregularidades nas 47 lojas da Swift na cidade de São Paulo.

Os produtos apresentavam apenas o valor do quilo, obrigando consumidor a fazer cálculos para saber quanto custa cada peça. Além disso foram constatados alguns problemas nos leitores óticos.

Os fiscais também verificaram que estacionamentos, em 22 lojas, apresentavam placas informando que a empresa "não se responsabiliza por objetos deixados no interior do veículo", o que está em desacordo com o código do consumidor.

Em nota, a Swift informou que oferece, em todos os seus estabelecimentos, leitores de preços e balanças para uso dos seus clientes onde é possível consultar o valor do quilo dos produtos com preço variável.

Segundo a empresa é possível saber o valor de cada peça com preço individualizado em 60% dos produtos.

A Swift informou ainda que já adequou os estacionamentos de todas as lojas da rede, seguindo as orientações do órgão de fiscalização.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Procon vê irregularidades em preços e nos estacionamentos de lojas da Swift


21/02/2020 | 17:57


Equipes do Procon de São Paulo encontraram irregularidades em lojas da JBS Swift, referentes ao demonstrativo de preço nos alimentos e também às vagas de estacionamento. De acordo com o comunicado do Procon-SP, a operação vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania encontrou irregularidades nas 47 lojas da Swift na cidade de São Paulo.

Os produtos apresentavam apenas o valor do quilo, obrigando consumidor a fazer cálculos para saber quanto custa cada peça. Além disso foram constatados alguns problemas nos leitores óticos.

Os fiscais também verificaram que estacionamentos, em 22 lojas, apresentavam placas informando que a empresa "não se responsabiliza por objetos deixados no interior do veículo", o que está em desacordo com o código do consumidor.

Em nota, a Swift informou que oferece, em todos os seus estabelecimentos, leitores de preços e balanças para uso dos seus clientes onde é possível consultar o valor do quilo dos produtos com preço variável.

Segundo a empresa é possível saber o valor de cada peça com preço individualizado em 60% dos produtos.

A Swift informou ainda que já adequou os estacionamentos de todas as lojas da rede, seguindo as orientações do órgão de fiscalização.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;