Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT avalia acionar Mamãe Falei ao conselho de ética

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Líder da bancada do partido na casa e um dos protagonistas de briga, Barba reclama de colega


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

21/02/2020 | 00:01


Um dia depois de ser um dos protagonistas da confusão registrada na Assembleia Legislativa durante votação da reforma da Previdência estadual, o deputado Teonilio Barba (PT), de São Bernardo, afirmou que a bancada petista vai se reunir para decidir se acionará o deputado Arthur Mamãe Falei (sem partido) ao conselho de ética da casa.

Líder da bancada do PT no Legislativo, Barba e Arthur se estranharam nos bastidores da sessão. Vídeo flagrou o petista partindo para cima do parlamentar. A briga foi apartada por outros deputados. Diante do cenário, a votação em segundo turno da proposta foi adiada para o dia 3.

Em entrevista ao SBT, Barba disse estar triste com a situação, mas argumentou que Arthur Mamãe Falei tem desrespeitado os funcionários públicos e parlamentares do PT.

“Desde o fim do ano passado o deputado Arthur do Val (nome de Mamãe Falei) vem ofendendo trabalhadores na galeria no debate da reforma da Previdência. Eu não tenho problema em discutir a privatização (da Previdência), é pensamento ideológico, ele tem um e eu, outro. O problema é quando ele começa a ofender os trabalhadores, a bancada do PT”, comentou. No fim do ano passado, Mamãe Falei fez gestos obscenos à galeria, em ato que quase terminou em confusão generalizada.

Segundo Barba, o entrevero teve início quando o presidente da Assembleia, Cauê Macris (PSDB), tornou pública uma dúvida de foro íntimo feita pela deputada Professora Bebel (PT). Na hora, o parlamentar Douglas Garcia (PSL) empunhou o celular e passou a gravar o diálogo, acusando a petista de ser corrupta. Mamãe Falei aumentou o coro e o ambiente ficou incontrolável. “Tudo na vida tem limite”, disse o petista.

Barba alegou que está certa representação contra o deputado Frederico D’Ávila (PSL), que fez gestos de arma aos servidores durante a votação. “Sobre o Arthur, vamos avaliar.”

Nas redes sociais, Mamãe Falei respondeu comentários que defenderam a atitude de Barba. “Às vezes eu quase esqueço que quando a violência parte da esquerda aí é permitido. Imagina se eu encostasse um dedo num deputado esquerdista.”

Cauê Macris não se pronunciou oficialmente sobre o episódio de quarta-feira. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PT avalia acionar Mamãe Falei ao conselho de ética

Líder da bancada do partido na casa e um dos protagonistas de briga, Barba reclama de colega

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

21/02/2020 | 00:01


Um dia depois de ser um dos protagonistas da confusão registrada na Assembleia Legislativa durante votação da reforma da Previdência estadual, o deputado Teonilio Barba (PT), de São Bernardo, afirmou que a bancada petista vai se reunir para decidir se acionará o deputado Arthur Mamãe Falei (sem partido) ao conselho de ética da casa.

Líder da bancada do PT no Legislativo, Barba e Arthur se estranharam nos bastidores da sessão. Vídeo flagrou o petista partindo para cima do parlamentar. A briga foi apartada por outros deputados. Diante do cenário, a votação em segundo turno da proposta foi adiada para o dia 3.

Em entrevista ao SBT, Barba disse estar triste com a situação, mas argumentou que Arthur Mamãe Falei tem desrespeitado os funcionários públicos e parlamentares do PT.

“Desde o fim do ano passado o deputado Arthur do Val (nome de Mamãe Falei) vem ofendendo trabalhadores na galeria no debate da reforma da Previdência. Eu não tenho problema em discutir a privatização (da Previdência), é pensamento ideológico, ele tem um e eu, outro. O problema é quando ele começa a ofender os trabalhadores, a bancada do PT”, comentou. No fim do ano passado, Mamãe Falei fez gestos obscenos à galeria, em ato que quase terminou em confusão generalizada.

Segundo Barba, o entrevero teve início quando o presidente da Assembleia, Cauê Macris (PSDB), tornou pública uma dúvida de foro íntimo feita pela deputada Professora Bebel (PT). Na hora, o parlamentar Douglas Garcia (PSL) empunhou o celular e passou a gravar o diálogo, acusando a petista de ser corrupta. Mamãe Falei aumentou o coro e o ambiente ficou incontrolável. “Tudo na vida tem limite”, disse o petista.

Barba alegou que está certa representação contra o deputado Frederico D’Ávila (PSL), que fez gestos de arma aos servidores durante a votação. “Sobre o Arthur, vamos avaliar.”

Nas redes sociais, Mamãe Falei respondeu comentários que defenderam a atitude de Barba. “Às vezes eu quase esqueço que quando a violência parte da esquerda aí é permitido. Imagina se eu encostasse um dedo num deputado esquerdista.”

Cauê Macris não se pronunciou oficialmente sobre o episódio de quarta-feira. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;