Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

City vence com brilho de De Bruyne e se consolida em 2º antes de pegar Leicester



19/02/2020 | 18:58


Com mais uma grande atuação do belga Kevin de Bruyne, autor de um gol e uma assistência, o Manchester City venceu fácil o West Ham por 2 a 0, em casa, nesta quarta-feira, na conclusão da 26ª rodada do Campeonato Inglês, se consolidando na vice-liderança.

O confronto desta quarta-feira foi o primeiro do Manchester City após a punição imposta pela Uefa de ficar fora de competições europeias pelas próximas duas temporadas por ter burlado as regras do fair-play financeiro da entidade, decisão que o clube tentará reverter nos tribunais.

Alheios a essa incerteza, os jogadores conseguiram um resultado importante para manter o City na vice-liderança do Inglês, com 54 pontos e quatro de vantagem para o terceiro colocado Leicester, que tropeçou nesta rodada - o time de Manchester está a 22 do primeiro colocado Liverpool. Já o West Ham permanece na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 24 pontos.

Derrotado em suas duas últimas partidas por torneios diferentes, o City iniciou a partida com o goleiro Ederson e o atacante Gabriel Jesus como titulares, mas deixou o volante Fernandinho no banco de reservas, assim como o West Ham fez com o meia Felipe Anderson, recém-recuperado de lesão.

O primeiro tempo foi de domínio total do City, com mais de 80% dos controle da posse de bola e 12 finalizações. Com tanta pressão, o time de Manchester abriu o placar da partida aos 29 minutos, em uma jogada de bola parada. De Bruyne cobrou escanteio e Rodrigo subiu mais alto do que a marcação para fazer 1 a 0.

A etapa final também foi de controle do City, que nem precisou acelerar o ritmo para vencer. E o gol que fechou o placar saiu aos 16 minutos, de novo com protagonismo de De Bruyne. Dessa vez, o belga tabelou com Bernardo Silva, entrou na grande área e bateu colocado: 2 a 0.

O triunfo dá tranquilidade ao City para o confronto com o Leicester, sábado, fora de casa, pois o time não perderá a vice-liderança mesmo em caso de derrota. Já o West Ham, que acumula sete tropeços consecutivos por diferentes competições, tentará se reabilitar contra o primeiro colocado Liverpool, segunda-feira, no Anfield Road.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

City vence com brilho de De Bruyne e se consolida em 2º antes de pegar Leicester


19/02/2020 | 18:58


Com mais uma grande atuação do belga Kevin de Bruyne, autor de um gol e uma assistência, o Manchester City venceu fácil o West Ham por 2 a 0, em casa, nesta quarta-feira, na conclusão da 26ª rodada do Campeonato Inglês, se consolidando na vice-liderança.

O confronto desta quarta-feira foi o primeiro do Manchester City após a punição imposta pela Uefa de ficar fora de competições europeias pelas próximas duas temporadas por ter burlado as regras do fair-play financeiro da entidade, decisão que o clube tentará reverter nos tribunais.

Alheios a essa incerteza, os jogadores conseguiram um resultado importante para manter o City na vice-liderança do Inglês, com 54 pontos e quatro de vantagem para o terceiro colocado Leicester, que tropeçou nesta rodada - o time de Manchester está a 22 do primeiro colocado Liverpool. Já o West Ham permanece na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 24 pontos.

Derrotado em suas duas últimas partidas por torneios diferentes, o City iniciou a partida com o goleiro Ederson e o atacante Gabriel Jesus como titulares, mas deixou o volante Fernandinho no banco de reservas, assim como o West Ham fez com o meia Felipe Anderson, recém-recuperado de lesão.

O primeiro tempo foi de domínio total do City, com mais de 80% dos controle da posse de bola e 12 finalizações. Com tanta pressão, o time de Manchester abriu o placar da partida aos 29 minutos, em uma jogada de bola parada. De Bruyne cobrou escanteio e Rodrigo subiu mais alto do que a marcação para fazer 1 a 0.

A etapa final também foi de controle do City, que nem precisou acelerar o ritmo para vencer. E o gol que fechou o placar saiu aos 16 minutos, de novo com protagonismo de De Bruyne. Dessa vez, o belga tabelou com Bernardo Silva, entrou na grande área e bateu colocado: 2 a 0.

O triunfo dá tranquilidade ao City para o confronto com o Leicester, sábado, fora de casa, pois o time não perderá a vice-liderança mesmo em caso de derrota. Já o West Ham, que acumula sete tropeços consecutivos por diferentes competições, tentará se reabilitar contra o primeiro colocado Liverpool, segunda-feira, no Anfield Road.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;