Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Japão confirma mais 79 casos de coronavírus em navio de cruzeiro

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


19/02/2020 | 10:26


Na nota enviada anteriormente havia um erro no título. O número de novos casos no navio é de 79, e não 75, como constava. Segue a nota, sem alterações, com o título devidamente corrigido.

Cerca de 500 passageiros deixaram nesta quarta-feira, 19, o navio de cruzeiro Diamond Princess, após o fim de uma quarentena de duas semanas no litoral do Japão em função da epidemia de coronavírus.

A quarentena, porém, não impediu a disseminação da doença e 79 novos casos foram relatados nesta quarta, elevando para 621 o total de infectados na embarcação. Originalmente, o navio tinha cerca de 3.700 passageiros e tripulantes a bordo.

A decisão do governo japonês sobre a quarentena foi questionada por especialistas, que veem o navio como um "perfeito incubador do vírus". O Diamond Princess é o local onde se registrou mais casos de coronavírus fora da China, onde a doença - batizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como COVID-19 - surgiu no fim do ano passado. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Japão confirma mais 79 casos de coronavírus em navio de cruzeiro


19/02/2020 | 10:26


Na nota enviada anteriormente havia um erro no título. O número de novos casos no navio é de 79, e não 75, como constava. Segue a nota, sem alterações, com o título devidamente corrigido.

Cerca de 500 passageiros deixaram nesta quarta-feira, 19, o navio de cruzeiro Diamond Princess, após o fim de uma quarentena de duas semanas no litoral do Japão em função da epidemia de coronavírus.

A quarentena, porém, não impediu a disseminação da doença e 79 novos casos foram relatados nesta quarta, elevando para 621 o total de infectados na embarcação. Originalmente, o navio tinha cerca de 3.700 passageiros e tripulantes a bordo.

A decisão do governo japonês sobre a quarentena foi questionada por especialistas, que veem o navio como um "perfeito incubador do vírus". O Diamond Princess é o local onde se registrou mais casos de coronavírus fora da China, onde a doença - batizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como COVID-19 - surgiu no fim do ano passado. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;