Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sem-terra do RN encenam peça para lembrar massacre


Do Diário do Grande ABC

17/04/1999 | 15:03


Os sem-terra do Rio Grande do Norte lembraram os três anos do massacre de Eldorado dos Carajás com a encenaçao de uma peça na catedral metropolitana. Este sábado foi reservado para visitas de membros do movimento a várias favelas da capital. Depois da tentativa frustrada de pressionar a prefeita Vilma Maria de Faria (PSB), ao invadir a sede de prefeitura na sexta, os manifestantes tiveram de se contentar em ser recebidos pelo irmao da prefeita.

Nelson Newton Faria, secretário do gabinete civil, prometeu estudar o pedido dos sem-terra para desapropriaçao do loteamento Monte Belo, zona sul de Natal, e a doaçao de um prédio municipal para que o MST possa comercializar alimentos produzidos nos assentamentos. Os sem-terra nao obtiveram nada além de promessas.

Valmir Macedo, coordenador regional do movimento, disse que o próximo passo na agenda dos 2 mil manifestantes que realizam atos públicos na cidade é pressionar o governo do Estado na segunda. Eles pretendem acampar em frente à sede do governo no Centro Administrativo. As manifestaçoes prosseguem até a quinta-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sem-terra do RN encenam peça para lembrar massacre

Do Diário do Grande ABC

17/04/1999 | 15:03


Os sem-terra do Rio Grande do Norte lembraram os três anos do massacre de Eldorado dos Carajás com a encenaçao de uma peça na catedral metropolitana. Este sábado foi reservado para visitas de membros do movimento a várias favelas da capital. Depois da tentativa frustrada de pressionar a prefeita Vilma Maria de Faria (PSB), ao invadir a sede de prefeitura na sexta, os manifestantes tiveram de se contentar em ser recebidos pelo irmao da prefeita.

Nelson Newton Faria, secretário do gabinete civil, prometeu estudar o pedido dos sem-terra para desapropriaçao do loteamento Monte Belo, zona sul de Natal, e a doaçao de um prédio municipal para que o MST possa comercializar alimentos produzidos nos assentamentos. Os sem-terra nao obtiveram nada além de promessas.

Valmir Macedo, coordenador regional do movimento, disse que o próximo passo na agenda dos 2 mil manifestantes que realizam atos públicos na cidade é pressionar o governo do Estado na segunda. Eles pretendem acampar em frente à sede do governo no Centro Administrativo. As manifestaçoes prosseguem até a quinta-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;