Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado promete entrega
de 2 remédios para hoje


Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

11/04/2011 | 07:00


Para quem procura remédios contra câncer de próstata e mal de Parkinson na Farmácia de Alto Custo, do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, a espera de meses pode estar perto do fim.

A Secretaria do Estado da da Saúde prometeu, na semana passada, regularizar hoje o abastecimento do Zoladex, injeção de R$ 1.500 que combate o crescimento do tumor no caso de câncer de próstata e está em falta há pelo menos dois meses nas prateleiras.

Segundo o urologista da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC), Roberto Juliano Vaz, a interrupção do tratamento pode causar a evolução do tumor e a substituição da medicação não é aconselhável em nenhum caso.

Já para os usuários que aguardam a normalização na entrega do Sifrol, utilizado para evitar tremores e rigidez muscular em pacientes com a doença de Parkinson, a espera é ainda maior: quase 100 dias.

Além dessas medicações, outras duas drogas seguem em falta na farmácia. A primeira é o Rocaltrol, utilizado no combate às doenças renais. O prazo do Estado para regularizar a situação termina dia 22.

Já sobre o Androcur, também empregado no tratamento de câncer de próstata, o Estado informou que não há previsão para a normalização por causa do atraso da entrega do laboratório responsável pela produção.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estado promete entrega
de 2 remédios para hoje

Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

11/04/2011 | 07:00


Para quem procura remédios contra câncer de próstata e mal de Parkinson na Farmácia de Alto Custo, do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, a espera de meses pode estar perto do fim.

A Secretaria do Estado da da Saúde prometeu, na semana passada, regularizar hoje o abastecimento do Zoladex, injeção de R$ 1.500 que combate o crescimento do tumor no caso de câncer de próstata e está em falta há pelo menos dois meses nas prateleiras.

Segundo o urologista da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC), Roberto Juliano Vaz, a interrupção do tratamento pode causar a evolução do tumor e a substituição da medicação não é aconselhável em nenhum caso.

Já para os usuários que aguardam a normalização na entrega do Sifrol, utilizado para evitar tremores e rigidez muscular em pacientes com a doença de Parkinson, a espera é ainda maior: quase 100 dias.

Além dessas medicações, outras duas drogas seguem em falta na farmácia. A primeira é o Rocaltrol, utilizado no combate às doenças renais. O prazo do Estado para regularizar a situação termina dia 22.

Já sobre o Androcur, também empregado no tratamento de câncer de próstata, o Estado informou que não há previsão para a normalização por causa do atraso da entrega do laboratório responsável pela produção.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;