Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alex transfere para abril decisão sobre candidatura ao Paço de S.Bernardo


Raphael Rocha

18/02/2020 | 00:01


O deputado federal Alex Manente (Cidadania) transferiu para abril a decisão sobre sua candidatura à Prefeitura de São Bernardo neste ano.

O parlamentar, que está em seu segundo mandato em Brasília, havia dito que em fevereiro iria anunciar se estaria ou não nas urnas neste pleito. Entretanto, o calendário da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que determina execução da pena após condenação em segunda instância o fez mudar de planos eleitorais.

“Em virtude da comissão (especial) da PEC (montada na Câmara Federal), vou aguardar até abril, quando terá previsão de votação em plenário. Enquanto isso, estou me dedicando sem avaliar o processo de São Bernardo. Mas sigo sem descartar uma candidatura”, sintetizou Alex.

O deputado federal também disse que pretende conversar com a cúpula nacional do Cidadania acerca de uma candidatura à Prefeitura – seria a quarta consecutiva desde 2008.

“Quero discutir a prioridade partidária em nível nacional, saber se colaboro mais no mandato de deputado federal ou como candidato a prefeito”, comentou o político, adicionando querer ver pesquisas eleitorais – quantitativas (intenções de voto) e qualitativas (perfil do desejo do eleitor) – para bater o martelo sobre seu futuro político.

Depois de considerar não disputar o pleito em São Bernardo neste ano, Alex começou a ser pressionado por dirigentes locais e aliados políticos para concorrer ao Paço. A avaliação interna é a de que há espaço para uma terceira via, uma vez que o eleitor de São Bernardo estaria saturado da disputa entre PSDB e PT – o atual prefeito Orlando Morando (PSDB) por ora rivaliza com seu antecessor, Luiz Marinho (PT), já colocados como pré-candidatos na eleição de outubro.

PEC
Na semana passada, a comissão especial da PEC da prisão em segunda instância recebeu a visita do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que voltou a defender a aprovação da medida no combate à corrupção.

Ontem, Alex esteve novamente com Moro para debater alguns pontos de sua PEC. Durante a audiência na semana passada, o ministro fez sugestões técnicas à proposta original. “A sugestão dele é para restringir o acesso à ação revisional. Ele propõe um quórum menor para não dar condições plenas de chegarem à Suprema Corte essas ações revisionais”, comentou Alex. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alex transfere para abril decisão sobre candidatura ao Paço de S.Bernardo

Raphael Rocha

18/02/2020 | 00:01


O deputado federal Alex Manente (Cidadania) transferiu para abril a decisão sobre sua candidatura à Prefeitura de São Bernardo neste ano.

O parlamentar, que está em seu segundo mandato em Brasília, havia dito que em fevereiro iria anunciar se estaria ou não nas urnas neste pleito. Entretanto, o calendário da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que determina execução da pena após condenação em segunda instância o fez mudar de planos eleitorais.

“Em virtude da comissão (especial) da PEC (montada na Câmara Federal), vou aguardar até abril, quando terá previsão de votação em plenário. Enquanto isso, estou me dedicando sem avaliar o processo de São Bernardo. Mas sigo sem descartar uma candidatura”, sintetizou Alex.

O deputado federal também disse que pretende conversar com a cúpula nacional do Cidadania acerca de uma candidatura à Prefeitura – seria a quarta consecutiva desde 2008.

“Quero discutir a prioridade partidária em nível nacional, saber se colaboro mais no mandato de deputado federal ou como candidato a prefeito”, comentou o político, adicionando querer ver pesquisas eleitorais – quantitativas (intenções de voto) e qualitativas (perfil do desejo do eleitor) – para bater o martelo sobre seu futuro político.

Depois de considerar não disputar o pleito em São Bernardo neste ano, Alex começou a ser pressionado por dirigentes locais e aliados políticos para concorrer ao Paço. A avaliação interna é a de que há espaço para uma terceira via, uma vez que o eleitor de São Bernardo estaria saturado da disputa entre PSDB e PT – o atual prefeito Orlando Morando (PSDB) por ora rivaliza com seu antecessor, Luiz Marinho (PT), já colocados como pré-candidatos na eleição de outubro.

PEC
Na semana passada, a comissão especial da PEC da prisão em segunda instância recebeu a visita do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que voltou a defender a aprovação da medida no combate à corrupção.

Ontem, Alex esteve novamente com Moro para debater alguns pontos de sua PEC. Durante a audiência na semana passada, o ministro fez sugestões técnicas à proposta original. “A sugestão dele é para restringir o acesso à ação revisional. Ele propõe um quórum menor para não dar condições plenas de chegarem à Suprema Corte essas ações revisionais”, comentou Alex. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;