Fechar
Publicidade

Sábado, 29 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ramalhão faz outra vítima e segue como sensação do Paulistão

Inter de Limeira/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Gol de Ronaldo no início garante vitória sobre a Inter de Limeira e a liderança isolada do Estadual


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

15/02/2020 | 00:03


Todo bom time precisa ter sorte e o Santo André mostrou ontem que a maré, definitivamente, está a favor. Mesmo no seu pior jogo na temporada, o Ramalhão segurou a pressão da Inter de Limeira e venceu por 1 a 0, em pleno Estádio Major Levy Sobrinho, no Interior.

Foi a quinta vitória do Santo André em seis jogos no Campeonato Paulista, o que lhe garante a melhor campanha mesmo com o complemento da rodada. O time ainda soma mais um resultado positivo no ano, quando goleou o Criciúma por 4 a 1, na primeira fase da Copa do Brasil. Com 15 pontos no Grupo B, o Ramalhão abriu cinco em relação ao Palmeiras e seis do Novorizontino – só os dois primeiros avançam. Santo André está paralelamente na disputa por vaga na Série D do Brasileiro e a Inter de Limeira é um dos adversários, assim como Mirassol, Água Santa e Novorizontino – apenas os três melhores se classificam para a edição 2021.

No primeiro tempo, o Santo André conseguiu encaixar seu jogo de transição rápida e precisou de três minutos movimentando a bola até que Branquinho encontrasse Ronaldo em ótima condição. O atacante tocou por cima do goleiro para abrir o placar: 1 a 0.

O gol deixou o Ramalhão em situação cômoda, pronto para contra-atacar, como gosta a equipe do técnico Paulo Roberto. Foram mais três excelentes oportunidades, mas faltou capricho para ampliar.

Na segunda etapa, porém, foi outro jogo. A Inter voltou diferente e deu liberdade para os laterais. O time da casa vinha em grande momento no Paulistão (três vitórias em quatro partidas) e vendeu caro a derrota. O Leão se impôs e criou dificuldade para o Santo André, que se precipitava na saída da defesa e não via a cor da bola. Os anfitriões estiveram perto de empatar, mas a sorte estava do lado ramalhino.

No fim, a Inter perdeu o lateral colombiano Elácio, expulso por impedir avanço de Guilherme Garré, que sairia na cara do arqueiro Rafael Pin. Com um a mais, Fernandinho, sem goleiro, desperdiçou chance incrível para ampliar. Quase que a displicência no ataque comprometeu. No último lance da partida, o árbitro facilitou a vida do Santo André ao parar o jogo em lance no qual Tcharlles sairia na frente do goleiro Fernando Henrique – os anfitriões reclamaram muito da não aplicação da vantagem.

Na saída, os ramalhinos celebraram. “Só a gente acreditava (em cinco vitórias). É fruto da pré-temporada. Mas desperdiçamos chances no primeiro tempo. Tem de matar o jogo”, cobrou Vitinho. “Além do gol, tive outra chance, vi o goleiro mal posicionado, mas faltou caprichar”, lamentou Ronaldo.

COPA DO BRASIL
A CBF definiu ontem que o jogo contra o Goiás, pela segunda fase do torneio, será dia 4, às 19h15, no Bruno Daniel. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ramalhão faz outra vítima e segue como sensação do Paulistão

Gol de Ronaldo no início garante vitória sobre a Inter de Limeira e a liderança isolada do Estadual

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

15/02/2020 | 00:03


Todo bom time precisa ter sorte e o Santo André mostrou ontem que a maré, definitivamente, está a favor. Mesmo no seu pior jogo na temporada, o Ramalhão segurou a pressão da Inter de Limeira e venceu por 1 a 0, em pleno Estádio Major Levy Sobrinho, no Interior.

Foi a quinta vitória do Santo André em seis jogos no Campeonato Paulista, o que lhe garante a melhor campanha mesmo com o complemento da rodada. O time ainda soma mais um resultado positivo no ano, quando goleou o Criciúma por 4 a 1, na primeira fase da Copa do Brasil. Com 15 pontos no Grupo B, o Ramalhão abriu cinco em relação ao Palmeiras e seis do Novorizontino – só os dois primeiros avançam. Santo André está paralelamente na disputa por vaga na Série D do Brasileiro e a Inter de Limeira é um dos adversários, assim como Mirassol, Água Santa e Novorizontino – apenas os três melhores se classificam para a edição 2021.

No primeiro tempo, o Santo André conseguiu encaixar seu jogo de transição rápida e precisou de três minutos movimentando a bola até que Branquinho encontrasse Ronaldo em ótima condição. O atacante tocou por cima do goleiro para abrir o placar: 1 a 0.

O gol deixou o Ramalhão em situação cômoda, pronto para contra-atacar, como gosta a equipe do técnico Paulo Roberto. Foram mais três excelentes oportunidades, mas faltou capricho para ampliar.

Na segunda etapa, porém, foi outro jogo. A Inter voltou diferente e deu liberdade para os laterais. O time da casa vinha em grande momento no Paulistão (três vitórias em quatro partidas) e vendeu caro a derrota. O Leão se impôs e criou dificuldade para o Santo André, que se precipitava na saída da defesa e não via a cor da bola. Os anfitriões estiveram perto de empatar, mas a sorte estava do lado ramalhino.

No fim, a Inter perdeu o lateral colombiano Elácio, expulso por impedir avanço de Guilherme Garré, que sairia na cara do arqueiro Rafael Pin. Com um a mais, Fernandinho, sem goleiro, desperdiçou chance incrível para ampliar. Quase que a displicência no ataque comprometeu. No último lance da partida, o árbitro facilitou a vida do Santo André ao parar o jogo em lance no qual Tcharlles sairia na frente do goleiro Fernando Henrique – os anfitriões reclamaram muito da não aplicação da vantagem.

Na saída, os ramalhinos celebraram. “Só a gente acreditava (em cinco vitórias). É fruto da pré-temporada. Mas desperdiçamos chances no primeiro tempo. Tem de matar o jogo”, cobrou Vitinho. “Além do gol, tive outra chance, vi o goleiro mal posicionado, mas faltou caprichar”, lamentou Ronaldo.

COPA DO BRASIL
A CBF definiu ontem que o jogo contra o Goiás, pela segunda fase do torneio, será dia 4, às 19h15, no Bruno Daniel. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;