Fechar
Publicidade

Sábado, 29 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Privilégios seguem na aba de Marcelo Lima


Raphael Rocha

15/02/2020 | 00:01


No começo do mês, esta coluna mostrou que a base de sustentação do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), estava descontente porque o vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima (PSD), estava atropelando os vereadores para ajudar seu primo, Danilo Lima, que é pré-candidato a vereador. Depois da nota, muito burburinho se formou, parlamentares cogitaram reunião com Morando, mas, em vez de melhorar, a relação só piorou. Danilo, impulsionado por Marcelo, pisou no acelerador nos bastidores e tem atravessado pautas defendidas por vereadores da base. A mais recente foi a promessa de reforma do campo de futebol do Parque Ideal, que é bandeira de alguns dos aliados do prefeito na Câmara. Danilo foi à comunidade, se colocou como padrinho da iniciativa e tenta capitalizar politicamente, tanto no bairro como nas redes sociais.  

Retaliação

 A avenida pavimentada pelo vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos de São Bernardo, Marcelo Lima (PSD), para seu primo Danilo Lima é vista por alguns morandistas como retaliação ao fato de o prefeito Orlando Morando (PSDB) não bancar a permanência do pessedista na parceria da chapa na tentativa de reeleição. Nesta semana, mais um nome surgiu na rede de apostas para a vice do tucano: Silvia Donnini, secretária de Educação de São Bernardo. 

Delegacia da Mulher

 O deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, se reuniu nesta semana com dirigentes da OAB da cidade para debater a instalação de uma DDM (Delegacia da Mulher) no município. “É importante reunir a sociedade civil organizada em um tema de grande relevância como este”, defendeu o parlamentar. A agenda contou com a presença do presidente da subsecção local, João Paulo Borges, da presidente da comissão da mulher advogada da cidade, Rose Staciarini, e da vice-presidente do grupo, Lilian Gasques.

Almoço

 A Rede Sustentabilidade de Santo André se aproximou do Psol para formação de uma aliança eleitoral no pleito de outubro. Os dirigentes dos dois partidos almoçaram ontem em um restaurante na cidade.

Claque – 1

 A visita do senador Major Olimpio (PSL) a um tradicional restaurante no bairro Jardim causou alvoroço na classe política do Grande ABC. A ponto de reunir figuras dos mais variados lados. O vice-prefeito de Santo André, Luiz Zacarias (PTB), dividiu espaços com a ex-vice-prefeita da cidade e atual ouvidora municipal, Oswana Fameli. Até mesmo a ex-vereadora de Diadema Cida Ferreira (MDB) apareceu, assim como o parlamentar andreense Rodolfo Donetti (Cidadania).

Claque – 2

 Vereador de Santo André, Lucas Zacarias (PTB) chegou à atividade com o senador Major Olimpio (PSL) atrasado e esbaforido. Queria, a todo custo, tirar uma foto com o político, mais bem votado ao Senado por São Paulo em 2018. Atropelou algumas pessoas, empurrou outras e conseguiu alcançar Olimpio. A recepção, porém, foi aquém da esperada: um simples aperto de mãos e o desvio de atenção.

Costuras

 Os vereadores Manoel Lopes (DEM) e Fernando Rubinelli (PDT, a caminho do PTB), de Mauá, além do presidente do Republicanos mauaense, Erisson Pessoa, e do ex-secretário de Segurança Coronel Paulo Barthasar (DEM) tomaram um café nesta semana e conversaram sobre o cenário eleitoral municipal. O diálogo indica haver espaço para composição entre esses partidos. O DEM e o PTB anunciaram candidaturas próprias – petebistas já fecharam questão no nome do ex-deputado Wagner Rubinelli, pai de Fernando.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Privilégios seguem na aba de Marcelo Lima

Raphael Rocha

15/02/2020 | 00:01


No começo do mês, esta coluna mostrou que a base de sustentação do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), estava descontente porque o vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima (PSD), estava atropelando os vereadores para ajudar seu primo, Danilo Lima, que é pré-candidato a vereador. Depois da nota, muito burburinho se formou, parlamentares cogitaram reunião com Morando, mas, em vez de melhorar, a relação só piorou. Danilo, impulsionado por Marcelo, pisou no acelerador nos bastidores e tem atravessado pautas defendidas por vereadores da base. A mais recente foi a promessa de reforma do campo de futebol do Parque Ideal, que é bandeira de alguns dos aliados do prefeito na Câmara. Danilo foi à comunidade, se colocou como padrinho da iniciativa e tenta capitalizar politicamente, tanto no bairro como nas redes sociais.  

Retaliação

 A avenida pavimentada pelo vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos de São Bernardo, Marcelo Lima (PSD), para seu primo Danilo Lima é vista por alguns morandistas como retaliação ao fato de o prefeito Orlando Morando (PSDB) não bancar a permanência do pessedista na parceria da chapa na tentativa de reeleição. Nesta semana, mais um nome surgiu na rede de apostas para a vice do tucano: Silvia Donnini, secretária de Educação de São Bernardo. 

Delegacia da Mulher

 O deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, se reuniu nesta semana com dirigentes da OAB da cidade para debater a instalação de uma DDM (Delegacia da Mulher) no município. “É importante reunir a sociedade civil organizada em um tema de grande relevância como este”, defendeu o parlamentar. A agenda contou com a presença do presidente da subsecção local, João Paulo Borges, da presidente da comissão da mulher advogada da cidade, Rose Staciarini, e da vice-presidente do grupo, Lilian Gasques.

Almoço

 A Rede Sustentabilidade de Santo André se aproximou do Psol para formação de uma aliança eleitoral no pleito de outubro. Os dirigentes dos dois partidos almoçaram ontem em um restaurante na cidade.

Claque – 1

 A visita do senador Major Olimpio (PSL) a um tradicional restaurante no bairro Jardim causou alvoroço na classe política do Grande ABC. A ponto de reunir figuras dos mais variados lados. O vice-prefeito de Santo André, Luiz Zacarias (PTB), dividiu espaços com a ex-vice-prefeita da cidade e atual ouvidora municipal, Oswana Fameli. Até mesmo a ex-vereadora de Diadema Cida Ferreira (MDB) apareceu, assim como o parlamentar andreense Rodolfo Donetti (Cidadania).

Claque – 2

 Vereador de Santo André, Lucas Zacarias (PTB) chegou à atividade com o senador Major Olimpio (PSL) atrasado e esbaforido. Queria, a todo custo, tirar uma foto com o político, mais bem votado ao Senado por São Paulo em 2018. Atropelou algumas pessoas, empurrou outras e conseguiu alcançar Olimpio. A recepção, porém, foi aquém da esperada: um simples aperto de mãos e o desvio de atenção.

Costuras

 Os vereadores Manoel Lopes (DEM) e Fernando Rubinelli (PDT, a caminho do PTB), de Mauá, além do presidente do Republicanos mauaense, Erisson Pessoa, e do ex-secretário de Segurança Coronel Paulo Barthasar (DEM) tomaram um café nesta semana e conversaram sobre o cenário eleitoral municipal. O diálogo indica haver espaço para composição entre esses partidos. O DEM e o PTB anunciaram candidaturas próprias – petebistas já fecharam questão no nome do ex-deputado Wagner Rubinelli, pai de Fernando.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;