Fechar
Publicidade

Sábado, 29 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Vai ter corso em São Paulo

Quem tinha automóvel em 1940 o enfeitava para desfilar no Carnaval, quem não tinha, podia alugar um e a cidade festejava o Momo em cima de rodas, com direito à transmissão pelo rádio


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

14/02/2020 | 00:01


O corso carnavalesco paulistano era a grande festa popular, ao lado do desfile de cordões, ranchos, blocos e grupos pela Avenida São João. O desfile prosseguiria sua marcha pelos anos e décadas afora, até a era atual do Sambódromo Grande Otelo, do Anhembi. O corso cairia no esquecimento.

Mas em 1940, que festa representava o corso paulistano, numa extensão de nove quilômetros e com cinco mil veículos enfeitados do Centro à Avenida Paulista, e retornando. Os jornais noticiavam o regulamento e faziam mapas mostrando o trajeto.

Podiam participar os automóveis regularmente licenciados em qualquer município dos Estados brasileiros, os automóveis de outros países licenciados para circulação internacional, os caminhões artisticamente enfeitados com largura máxima de 2,40 metros, altura de 2,80 metros, comprimento de 6 metros.

Carros com reclames (propaganda) não podiam entrar no corso. Aos caminhões vistoriados e aprovados era fornecido um cartão que deveria ser exibido aos guardas nas ruas de entrada para o corso.

Era proibido ao pedestre transitar na parte carroçável das avenidas para colher serpentinas ou vender mercadorias.

Proibidos os veículos de tração animal, bicicletas, triciclos, motocicletas e ônibus.

Só podiam participar os veículos devidamente enfeitados.

Duas emissoras transmitiram o corso, ambas com estúdios próximos no Largo da Misericórdia (na Rua Direita, próximo à Praça da Sé): Rádio Cosmos e Rádio Cruzeiro do Sul.

A Rádio Cosmos venceu concorrência pública para instalar alto-falantes na Avenida São João. Na locução: o jovem Blota Júnior, que nas décadas seguintes se consagraria como apresentador da TV Record, Canal 7, inclusive nos famosos festivais da MPB.

Diário há 30 anos

Quarta-feira, 14 de fevereiro de 1990 – Ano 32, edição 7302

Manchete – Antonio Rogério Magri sai da CGT (Confederação Geral dos Trabalhadores) para ser ministro do Trabalho de Collor: “sindicalismo de resultados”.

Santo André – Constituinte Municipal divulga primeiro projeto da Lei Orgânica: um tablóide com 16 páginas.

Ribeirão Pires – Deputado estadual Mauricio Najar (PDS) propõe plebiscito para emancipar o Distrito de Ouro Fino.

Capital-Trabalho – Mercedes-Benz e General Motors concedem abono de 15% aos seus empregados.

Veículos – Crise do abastecimento de álcool atinge o Grande ABC.

Futebol de Salão – Grêmio Recreativo Braido e Associação Barcelona formalizam fusão: dois clubes fortes de São Caetano nos campeonatos estadual, metropolitano e Copa Chevrolet.

Luiz Alesina 

Há cinco anos Memória noticiava a morte de Luiz Alesina (Itália, 2-12-1925 – Mauá, 12-2-2015). E escrevíamos: “foram 89 anos de vida e 77 de Mauá. E Luiz Alesina acompanhou a formação política, social, humanista e esportiva da terra escolhida pelo seu pai, o engenheiro e agrimensor Ângelo Alesina”.

Luiz Alesina deixou uma bela entrevista gravada, que rendeu material para a semana que, aqui em Memória, levou o seu nome.

Coube a ele trazer à AA Industrial o rei Roberto Carlos, para um show inesquecível.

Em 14 de fevereiro de...

1920 – Anúncio. Para os três dias de Carnaval, aluga-se um Lardaulet (automóvel francês), por preço módico. Também se vende. Tratar à Rua da Graça, 70, Bom Retiro.

1940 – Seleção Brasileira faz o último treino para o jogo com a Argentina válido pela Taça Roca: 1 a 0 frente ao Juventus, no Parque Antarctica.

A II Guerra. Do noticiário do Estadão. Londres, 14 (Reuter, agência inglesa) – “A segunda fase da guerra iniciar-se-á em breve”, declarou hoje sir Edward Grigg, secretário parlamentar do Ministério das Informações. “Hitler poderá desencadear sua grande ofensiva – e poderá também sustá-la”.

1955 – Fundada, em Mauá, a Agremiação Esportiva Porcelana Real.

1970 – Mauá inaugura a Praça da Itália, no Jardim Haydée.

Santos do dia

- Cirilo (monge)

- Metódio (bispo)

Municípios brasileiros

Celebram aniversários em 14 de fevereiro:

- Em Minas Gerais, Caeté

- Em Alagoas, Delmiro Gouveira

- Em Santa Catarina, Itapiranga e Ituporanga

Fonte:IBGE.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vai ter corso em São Paulo

Quem tinha automóvel em 1940 o enfeitava para desfilar no Carnaval, quem não tinha, podia alugar um e a cidade festejava o Momo em cima de rodas, com direito à transmissão pelo rádio

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

14/02/2020 | 00:01


O corso carnavalesco paulistano era a grande festa popular, ao lado do desfile de cordões, ranchos, blocos e grupos pela Avenida São João. O desfile prosseguiria sua marcha pelos anos e décadas afora, até a era atual do Sambódromo Grande Otelo, do Anhembi. O corso cairia no esquecimento.

Mas em 1940, que festa representava o corso paulistano, numa extensão de nove quilômetros e com cinco mil veículos enfeitados do Centro à Avenida Paulista, e retornando. Os jornais noticiavam o regulamento e faziam mapas mostrando o trajeto.

Podiam participar os automóveis regularmente licenciados em qualquer município dos Estados brasileiros, os automóveis de outros países licenciados para circulação internacional, os caminhões artisticamente enfeitados com largura máxima de 2,40 metros, altura de 2,80 metros, comprimento de 6 metros.

Carros com reclames (propaganda) não podiam entrar no corso. Aos caminhões vistoriados e aprovados era fornecido um cartão que deveria ser exibido aos guardas nas ruas de entrada para o corso.

Era proibido ao pedestre transitar na parte carroçável das avenidas para colher serpentinas ou vender mercadorias.

Proibidos os veículos de tração animal, bicicletas, triciclos, motocicletas e ônibus.

Só podiam participar os veículos devidamente enfeitados.

Duas emissoras transmitiram o corso, ambas com estúdios próximos no Largo da Misericórdia (na Rua Direita, próximo à Praça da Sé): Rádio Cosmos e Rádio Cruzeiro do Sul.

A Rádio Cosmos venceu concorrência pública para instalar alto-falantes na Avenida São João. Na locução: o jovem Blota Júnior, que nas décadas seguintes se consagraria como apresentador da TV Record, Canal 7, inclusive nos famosos festivais da MPB.

Diário há 30 anos

Quarta-feira, 14 de fevereiro de 1990 – Ano 32, edição 7302

Manchete – Antonio Rogério Magri sai da CGT (Confederação Geral dos Trabalhadores) para ser ministro do Trabalho de Collor: “sindicalismo de resultados”.

Santo André – Constituinte Municipal divulga primeiro projeto da Lei Orgânica: um tablóide com 16 páginas.

Ribeirão Pires – Deputado estadual Mauricio Najar (PDS) propõe plebiscito para emancipar o Distrito de Ouro Fino.

Capital-Trabalho – Mercedes-Benz e General Motors concedem abono de 15% aos seus empregados.

Veículos – Crise do abastecimento de álcool atinge o Grande ABC.

Futebol de Salão – Grêmio Recreativo Braido e Associação Barcelona formalizam fusão: dois clubes fortes de São Caetano nos campeonatos estadual, metropolitano e Copa Chevrolet.

Luiz Alesina 

Há cinco anos Memória noticiava a morte de Luiz Alesina (Itália, 2-12-1925 – Mauá, 12-2-2015). E escrevíamos: “foram 89 anos de vida e 77 de Mauá. E Luiz Alesina acompanhou a formação política, social, humanista e esportiva da terra escolhida pelo seu pai, o engenheiro e agrimensor Ângelo Alesina”.

Luiz Alesina deixou uma bela entrevista gravada, que rendeu material para a semana que, aqui em Memória, levou o seu nome.

Coube a ele trazer à AA Industrial o rei Roberto Carlos, para um show inesquecível.

Em 14 de fevereiro de...

1920 – Anúncio. Para os três dias de Carnaval, aluga-se um Lardaulet (automóvel francês), por preço módico. Também se vende. Tratar à Rua da Graça, 70, Bom Retiro.

1940 – Seleção Brasileira faz o último treino para o jogo com a Argentina válido pela Taça Roca: 1 a 0 frente ao Juventus, no Parque Antarctica.

A II Guerra. Do noticiário do Estadão. Londres, 14 (Reuter, agência inglesa) – “A segunda fase da guerra iniciar-se-á em breve”, declarou hoje sir Edward Grigg, secretário parlamentar do Ministério das Informações. “Hitler poderá desencadear sua grande ofensiva – e poderá também sustá-la”.

1955 – Fundada, em Mauá, a Agremiação Esportiva Porcelana Real.

1970 – Mauá inaugura a Praça da Itália, no Jardim Haydée.

Santos do dia

- Cirilo (monge)

- Metódio (bispo)

Municípios brasileiros

Celebram aniversários em 14 de fevereiro:

- Em Minas Gerais, Caeté

- Em Alagoas, Delmiro Gouveira

- Em Santa Catarina, Itapiranga e Ituporanga

Fonte:IBGE.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;