Fechar
Publicidade

Sábado, 29 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Em Live, Bolsonaro propõe mudança na eleição da presidência da OAB



13/02/2020 | 18:24


O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quinta-feira, 14, mudanças no processo que leva à eleição do presidente da Organização dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo o presidente, "talvez um dia o presidente da OAB seja eleito pelo voto de todos os advogados, e não pelos chefes das seccionais".

A sugestão é uma indireta ao presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, com quem Bolsonaro troca farpas pela imprensa. Ano passado, Bolsonaro disse que o pai de Santa Cruz, morto em 1974 por agentes da ditadura militar, foi na verdade assassinado por militantes de esquerda.

A fala de Bolsonaro foi feita durante uma live no Facebook. Na transmissão, o presidente recebeu um grupo de visitantes no Palácio da Alvorada, a maior parte mulheres estudantes de direito. O presidente aproveitou que "pelo menos 50%" do grupo era composto por evangélicos e pediu que uma das presentes orasse por ele.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em Live, Bolsonaro propõe mudança na eleição da presidência da OAB


13/02/2020 | 18:24


O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quinta-feira, 14, mudanças no processo que leva à eleição do presidente da Organização dos Advogados do Brasil (OAB). Segundo o presidente, "talvez um dia o presidente da OAB seja eleito pelo voto de todos os advogados, e não pelos chefes das seccionais".

A sugestão é uma indireta ao presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, com quem Bolsonaro troca farpas pela imprensa. Ano passado, Bolsonaro disse que o pai de Santa Cruz, morto em 1974 por agentes da ditadura militar, foi na verdade assassinado por militantes de esquerda.

A fala de Bolsonaro foi feita durante uma live no Facebook. Na transmissão, o presidente recebeu um grupo de visitantes no Palácio da Alvorada, a maior parte mulheres estudantes de direito. O presidente aproveitou que "pelo menos 50%" do grupo era composto por evangélicos e pediu que uma das presentes orasse por ele.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;