Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Doria tira Mariano da ouvidoria da polícia


Raphael Rocha

07/02/2020 | 00:01


Ouvidor das polícias em São Paulo, Benedito Mariano será substituído do cargo. O governador João Doria (PSDB) decidiu escolher o advogado Elizeu Soares Lopes para a função, a despeito de Mariano ter sido mais votado por conselhos que participam do processo de definição da ouvidoria da instituição – Lopes foi o terceiro colocado. Foi a primeira vez que o Estado não referendou o resultado da lista tríplice. Mariano tem forte ligação com o Grande ABC. Ele foi secretário de Segurança Pública de São Bernardo durante a gestão do ex-prefeito Luiz Marinho (PT) e tinha nome defendido por pessoas que pensam a campanha ao Paço de Marinho para formular políticas na área de segurança no plano de governo. Mariano já era bombardeado pela Assembleia Legislativa, recebendo duras críticas de deputados estaduais – entre eles o líder do governo Doria na casa, Carlão Pignatari.

BASTIDORES


Melancia
Ainda repercute negativamente dentro do petismo de São Bernardo a nomeação de Rafael Caçapava (PV), chefe de gabinete do vereador José Luís Ferrarezi (PT), em cargo comissionado no governo do prefeito Orlando Morando (PSDB). A direção do partido quer cobrar explicações do parlamentar a respeito do caso, até porque a contratação de Caçapava para a gestão tucana fez ressurgir especulação que havia sido estancada no passado: que Ferrarezi deixaria o PT e rumaria ao PV na tentativa de se reeleger neste ano.

Predileto
Outro assunto tratado nesta coluna que causou mal-estar – e ainda causa – é a influência de Danilo Lima, primo do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos de São Bernardo, Marcelo Lima (PSD), na coleta de ofícios de vereadores solicitando melhoria nos bairros. A base tenta audiência com o prefeito Orlando Morando (PSDB) para tratar do episódio, mas o chefe do Executivo tem dito a pessoas próximas que esse é o um problema que Marcelo Lima terá de resolver. Danilo é pré-candidato a vereador.

Pré-candidato
Vereador de Diadema, Marcos Michels (PSB) deu mostras de que está ativo o plano de ser candidato a prefeito neste ano. Ele distribuiu jornal na cidade com críticas ferrenhas ao governador João Doria (PSDB). O socialista estampa a foto ao lado do ex-governador Márcio França (PSB) no dia em que protocolou ofício solicitando um AME (Ambulatório Médico de Especialidades). O equipamento segue apenas na promessa.

Prioridade
O MDB estadual colocou a pré-candidatura à Prefeitura de Mauá da ex-deputada estadual Vanessa Damo (MDB) na lista de prioridades. Tanto que a cúpula paulista elencou os principais advogados que atendem a sigla para se debruçarem sobre os processos eleitorais contra a ex-parlamentar. Ela foi condenada por abuso de poder econômico na eleição de 2012, tanto que teve mandato na Assembleia Legislativo cassado em 2015. Paira, entretanto, dúvida a respeito de quando caducará a punição.

Desconhecimento
O vereador Sargento Lobo (SD), de Santo André, mostrou desconhecer o regimento interno e a LOM (Lei Orgânica do Município). Na primeira sessão do ano, durante eleição das comissões, ele foi à tribuna para votar contra a formação dos blocos. Alertado pelo presidente da casa, Pedrinho Botaro (PSDB), de que não poderia usar desse expediente – ele poderia se ausentar, mas não ser contrário –, Lobo insistiu. Depois do bate-boca, decidiu deixar as comissões que fazia parte como forma de protesto.

Nome único
Durante a filiação do vereador Ricardo Yoshio ao PSDB em Diadema, lideranças do tucanato estadual fizeram questão de reafirmar que o parlamentar é o único pré-candidato do partido à Prefeitura na eleição deste ano, na tentativa de dissipar especulação sobre ingresso do deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos). 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;