Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Titãs em Cumbica de olho em Santo André

Quarta-feira, 7 de fevereiro de 1990, os músicos desembarcam e são entrevistados e fotografados pelo Diário: quatro dias depois se apresentam no Clube Atlético Aramaçan


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

07/02/2020 | 00:01


“A gente já tinha claro que o barato era a coisa criativa, aquilo que a gente podia criar juntos, e defender essa criação sem preconceitos. A gente tinha toda essa carga de informação, adorava o Arrigo (Barnabé), o Itamar (Assumpção), essa vanguarda paulista. Eu queria fazer umas frases dodecafônicas! A gente tinha uma proximidade também com a poesia concreta do Augusto (de Campos), o Arnaldo (Antunes) é um cara que estudou as coisas. A gente tinha esse conhecimento profundo da música popular brasileira trombada com toda música internacional. A gente era new wave, mas curtia Alceu Valença. (...) A gente sempre gostou do The Clash, por exemplo, que é uma banda que introduziu a música caribenha, o reggae, misturados com um punk rock mais encardido, mais sectário. (...) A gente era uma coisa caleidoscópica.” 

Paulo Miklos, na descrição do início da banda; fonte: Wikipédia

------------

O repórter Nei Bonfim, do caderno Cultura & Lazer, entrevistou a banda, 30 anos atrás. E informou:

- Titãs trarão ao Aramaçan músicas do seu mais recente LP, O Blesq Blom, lançado em novembro de 1989 – CD e DVD engatinhavam.

- Nando Reis falou em nome do grupo: “Este show é comprido porque nele, finalmente, nós tocaremos tudo o que o povo quer ouvir”.

- Além do último LP serão tocadas músicas de outros dois: Go Back e Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas. 

- Nei Bonfim registra nas páginas do <CF161>Diário</CF> os nomes completos de todos os músicos, e o que tocavam:

- Nando Reis: baixo e voz.

- Sergio Brito: tecladista e vocalista.

- Arnaldo Antunes: cantor e voz.

- Charles Gavin: baterista.

- Marcelo Frommer: guitarra.

- Paulo Miklos: sax e voz.

- Tony Belloto: guitarra.

- Branco Mello: vocal.

DOIS PEDIDOS

Gente amiga do Aramaçan, o show dos Titãs em 1990 foi gravado? Se sim, enviem cópia para o Memória na TV.

Prezado Nei Bonfim: onde está você? Manda notícias, amigo querido. 

Diário há 30 anos...

Quarta-feira, 7 de fevereiro de 1990 – Ano 32, edição 7296

Manchete – Dois milhões ficam sem água hoje (7 de fevereiro de 1990). Obra da Sabesp em São Bernardo deixa quatro cidades totalmente sem abastecimento por 16 horas.

Dinheiro Novo –  A nota de 500 cruzados novos entra em circulação amanhã (8 de fevereiro de 1990) valendo menos de 1/3 de seu valor original: os 90 BTNs que ela valia em 25 de outubro de 1989, quando teve seu lançamento aprovado pelo Conselho Monetário Nacional.

A cédula traz a efígie do naturalista Augusto Ruschi, cercado por temas da flora e fauna, como beija-flores e orquídeas.

Movimento Sindical – Funcionários públicos municipais de Mauá encerram a paralisação; prossegue a greve na Prefeitura de Santo André e na Volkswagen.

Cultura & Lazer – >O Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo e Diadema exibe hoje (7 de fevereiro de 1990) o vídeo  Os Trabalhadores Discutem o Brasil, que foi produzido em 1989 pela equipe da Editora Retratos do Brasil por encomenda do Sindicato dos Professores da Bahia. 

Em 7 de fevereiro de...

1865 – Cartório de São Bernardo registra a venda de um escravo chamado Vicente, 40 anos, que custou 1 conto de réis.

O negócio envolveu Américo Galvão Bueno e Antonio Mariano Galvão Bueno.

1895 –  Vereador Luiz Pinto Flaquer Júnior propõe a instalação do primeiro aparelho telefônico na região.

1915 – Inspetores escolares visitam a região para observar antiga reclamação: faltavam galpões para proteger os alunos do sol.

1920– Esquentavam os preparativos para o Carnaval: alugava-se um caminhão para os desfiles dos três dias de Folia; Fratelli Del Guerra vendia o milheiro de serpentinas por 60 mil réis.

Valsa da moda: Verde Abismo, “em todas as casas de música”.

1960 – Os diretores do Jornal de São Caetano, Folha do Povo e News Seller enviaram ofício à Assembleia Legislativa repudiando as afirmações de Anacleto Campanella. Motivo: em palestra radiofônica, o deputado criticou os três jornais.

O documento é assinado por Nicolau Delic, W. Rezende e Edson Danilo Dotto.

E o que de tão grave noticiaram os jornais: Campanella teria agido com violência no Centro de Saúde de São Caetano, ofendendo médicos e funcionários e arrebentando uma parede com violento pontapé.

Hoje

- Dia Nacional do Gráfico. Lembra uma greve da categoria de 1923 em São Paulo.

Santos do dia

- Coleta. Religiosa belga: 1381-1447.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Titãs em Cumbica de olho em Santo André

Quarta-feira, 7 de fevereiro de 1990, os músicos desembarcam e são entrevistados e fotografados pelo Diário: quatro dias depois se apresentam no Clube Atlético Aramaçan

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

07/02/2020 | 00:01


“A gente já tinha claro que o barato era a coisa criativa, aquilo que a gente podia criar juntos, e defender essa criação sem preconceitos. A gente tinha toda essa carga de informação, adorava o Arrigo (Barnabé), o Itamar (Assumpção), essa vanguarda paulista. Eu queria fazer umas frases dodecafônicas! A gente tinha uma proximidade também com a poesia concreta do Augusto (de Campos), o Arnaldo (Antunes) é um cara que estudou as coisas. A gente tinha esse conhecimento profundo da música popular brasileira trombada com toda música internacional. A gente era new wave, mas curtia Alceu Valença. (...) A gente sempre gostou do The Clash, por exemplo, que é uma banda que introduziu a música caribenha, o reggae, misturados com um punk rock mais encardido, mais sectário. (...) A gente era uma coisa caleidoscópica.” 

Paulo Miklos, na descrição do início da banda; fonte: Wikipédia

------------

O repórter Nei Bonfim, do caderno Cultura & Lazer, entrevistou a banda, 30 anos atrás. E informou:

- Titãs trarão ao Aramaçan músicas do seu mais recente LP, O Blesq Blom, lançado em novembro de 1989 – CD e DVD engatinhavam.

- Nando Reis falou em nome do grupo: “Este show é comprido porque nele, finalmente, nós tocaremos tudo o que o povo quer ouvir”.

- Além do último LP serão tocadas músicas de outros dois: Go Back e Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas. 

- Nei Bonfim registra nas páginas do <CF161>Diário</CF> os nomes completos de todos os músicos, e o que tocavam:

- Nando Reis: baixo e voz.

- Sergio Brito: tecladista e vocalista.

- Arnaldo Antunes: cantor e voz.

- Charles Gavin: baterista.

- Marcelo Frommer: guitarra.

- Paulo Miklos: sax e voz.

- Tony Belloto: guitarra.

- Branco Mello: vocal.

DOIS PEDIDOS

Gente amiga do Aramaçan, o show dos Titãs em 1990 foi gravado? Se sim, enviem cópia para o Memória na TV.

Prezado Nei Bonfim: onde está você? Manda notícias, amigo querido. 

Diário há 30 anos...

Quarta-feira, 7 de fevereiro de 1990 – Ano 32, edição 7296

Manchete – Dois milhões ficam sem água hoje (7 de fevereiro de 1990). Obra da Sabesp em São Bernardo deixa quatro cidades totalmente sem abastecimento por 16 horas.

Dinheiro Novo –  A nota de 500 cruzados novos entra em circulação amanhã (8 de fevereiro de 1990) valendo menos de 1/3 de seu valor original: os 90 BTNs que ela valia em 25 de outubro de 1989, quando teve seu lançamento aprovado pelo Conselho Monetário Nacional.

A cédula traz a efígie do naturalista Augusto Ruschi, cercado por temas da flora e fauna, como beija-flores e orquídeas.

Movimento Sindical – Funcionários públicos municipais de Mauá encerram a paralisação; prossegue a greve na Prefeitura de Santo André e na Volkswagen.

Cultura & Lazer – >O Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo e Diadema exibe hoje (7 de fevereiro de 1990) o vídeo  Os Trabalhadores Discutem o Brasil, que foi produzido em 1989 pela equipe da Editora Retratos do Brasil por encomenda do Sindicato dos Professores da Bahia. 

Em 7 de fevereiro de...

1865 – Cartório de São Bernardo registra a venda de um escravo chamado Vicente, 40 anos, que custou 1 conto de réis.

O negócio envolveu Américo Galvão Bueno e Antonio Mariano Galvão Bueno.

1895 –  Vereador Luiz Pinto Flaquer Júnior propõe a instalação do primeiro aparelho telefônico na região.

1915 – Inspetores escolares visitam a região para observar antiga reclamação: faltavam galpões para proteger os alunos do sol.

1920– Esquentavam os preparativos para o Carnaval: alugava-se um caminhão para os desfiles dos três dias de Folia; Fratelli Del Guerra vendia o milheiro de serpentinas por 60 mil réis.

Valsa da moda: Verde Abismo, “em todas as casas de música”.

1960 – Os diretores do Jornal de São Caetano, Folha do Povo e News Seller enviaram ofício à Assembleia Legislativa repudiando as afirmações de Anacleto Campanella. Motivo: em palestra radiofônica, o deputado criticou os três jornais.

O documento é assinado por Nicolau Delic, W. Rezende e Edson Danilo Dotto.

E o que de tão grave noticiaram os jornais: Campanella teria agido com violência no Centro de Saúde de São Caetano, ofendendo médicos e funcionários e arrebentando uma parede com violento pontapé.

Hoje

- Dia Nacional do Gráfico. Lembra uma greve da categoria de 1923 em São Paulo.

Santos do dia

- Coleta. Religiosa belga: 1381-1447.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;