Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Corinthians


Márcio Bernardes

06/02/2020 | 16:32


Corinthians

Decepção total no Paraguai. Alguns jogadores foram muito mal. Não jogaram. Esquema do técnico não funcionou. Defesa falhou no gol paraguaio. Noite para esquecer. Jogo de volta na próxima quarta-feira será vital para o futuro do Corinthians. Tem de jogar mais. Há potencial para isso.

Balacobaco

Os protestos continuam no Chile. Santiago está devastada. Não é legal ver depredações em estações do Metrô, pontos de ônibus e prédios públicos. A violência chegou ao jogo Universidad e Internacional pela pré-Libertadores, que terminou empatado em 0x0. Até incêndio foi provocado por torcedores. Imagem assustadora. Conmebol vai punir La U.

Arbitragem

Fez bem a Federação Paulista depois do jogo São Paulo e Novorizontino. Reconheceu os erros da arbitragem, afastou todos eles, pediu desculpas aos torcedores, especialmente do São Paulo. Dois pênaltis não foram marcados e dois gols regulares foram anulados. Tá tudo muito bom, mas que isso não se repita. Porque aí o torcedor também explodirá.

Momento decisivo

O Santos precisa de dirigentes competentes e criativos. Parece que o presidente Perez não ouve ninguém. Nem o conselho gestor. Se medidas não forem tomadas, com a mentalidade provinciana de muita gente na baixada, a distância do Santos para outras equipes grandes se estenderá. Estou pensando no La Coruña, Fiorentina...

Desconfiança

Os clubes do interior estão recebendo R$ 3.300.000,00 para jogar o Campeonato Paulista. Comenta-se abertamente que poucos dirigentes estão aplicando corretamente esse dinheiro. Por isso, com raríssimas exceções, os clubes estão tão mal tecnicamente. Não contratam bons jogadores, mantém salários de Série B e o nível técnico da competição está muito baixo.

Paraolimpismo

Mizael Conrado foi um para atleta vitorioso. Hoje comanda o Centro Paraolímpico Brasileiro com competência. As medalhas conquistadas nos últimos Mundiais e no Para-Pan de 2019 indicam que o País estará situado com muito destaque no quadro de medalhas de Tóquio. Aliás, os para atletas vão ganhar mais do que os atletas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Corinthians

Márcio Bernardes

06/02/2020 | 16:32


Corinthians

Decepção total no Paraguai. Alguns jogadores foram muito mal. Não jogaram. Esquema do técnico não funcionou. Defesa falhou no gol paraguaio. Noite para esquecer. Jogo de volta na próxima quarta-feira será vital para o futuro do Corinthians. Tem de jogar mais. Há potencial para isso.

Balacobaco

Os protestos continuam no Chile. Santiago está devastada. Não é legal ver depredações em estações do Metrô, pontos de ônibus e prédios públicos. A violência chegou ao jogo Universidad e Internacional pela pré-Libertadores, que terminou empatado em 0x0. Até incêndio foi provocado por torcedores. Imagem assustadora. Conmebol vai punir La U.

Arbitragem

Fez bem a Federação Paulista depois do jogo São Paulo e Novorizontino. Reconheceu os erros da arbitragem, afastou todos eles, pediu desculpas aos torcedores, especialmente do São Paulo. Dois pênaltis não foram marcados e dois gols regulares foram anulados. Tá tudo muito bom, mas que isso não se repita. Porque aí o torcedor também explodirá.

Momento decisivo

O Santos precisa de dirigentes competentes e criativos. Parece que o presidente Perez não ouve ninguém. Nem o conselho gestor. Se medidas não forem tomadas, com a mentalidade provinciana de muita gente na baixada, a distância do Santos para outras equipes grandes se estenderá. Estou pensando no La Coruña, Fiorentina...

Desconfiança

Os clubes do interior estão recebendo R$ 3.300.000,00 para jogar o Campeonato Paulista. Comenta-se abertamente que poucos dirigentes estão aplicando corretamente esse dinheiro. Por isso, com raríssimas exceções, os clubes estão tão mal tecnicamente. Não contratam bons jogadores, mantém salários de Série B e o nível técnico da competição está muito baixo.

Paraolimpismo

Mizael Conrado foi um para atleta vitorioso. Hoje comanda o Centro Paraolímpico Brasileiro com competência. As medalhas conquistadas nos últimos Mundiais e no Para-Pan de 2019 indicam que o País estará situado com muito destaque no quadro de medalhas de Tóquio. Aliás, os para atletas vão ganhar mais do que os atletas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;