Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Crise na base de Morando na Câmara


Raphael Rocha

05/02/2020 | 00:01


O clima na base de sustentação do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), azedou nas últimas semanas. Tudo porque ofícios encaminhados por vereadores solicitando serviços de melhoria nos bairros têm sido enviados para Danilo Lima, primo do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima (PSD). Com o documento em mãos, Danilo consegue se colocar à comunidade atendida como o solucionador do determinado problema, ganhando pontos – e votos – com o bairro. Danilo é pré-candidato a vereador na eleição deste ano e o que a base governista reclama, e muito, é que há favorecimento ao aliado direto de Marcelo Lima, desequilibrando a concorrência pela renovação de mandato.

BASTIDORES

Apuração
O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do Ministério Público, investiga suspeita de relações comerciais entre o vereador afastado Mario de Abreu e a deputada estadual Carla Morando (PSDB). Denúncias sobre compra e venda de imóveis entre as partes chegaram ao conhecimento dos promotores, que apuram se houve, de fato, esse tipo de negociação.

Proteção
O vereador Luiz Alberto (PT), de Santo André, compareceu à primeira sessão do ano na Câmara usando uma máscara. Segundo ele, para se proteger do coronavírus, doença que matou quase 500 pessoas na China, mas que não tem relação com a região.

Visita
A visita do deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos) ao governador João Doria (PSDB) na segunda-feira ligou sinal de alerta no grupo do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV). Até porque o encontro contou com a participação da presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, e o secretário estadual de Desenvolvimento Regional e presidente paulista do PSDB, Marco Vinholi. Só serviu para aumentar especulação sobre uma filiação de Márcio ao tucanato para ser candidato a prefeito de Diadema neste ano sem o rótulo de governista.

Mesmo ninho
Ex-prefeito de Mauá, Donisete Braga anunciou ontem que vai para o PDT, como esta coluna mostrou semana passada. Com isso, o que era impensável há alguns anos aconteceu: Donisete será correligionário de Júnior Orosco, ex-secretário de Obras e um dos mais críticos do ex-prefeito. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;