Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com homenagens a Kobe Bryant, Milan elimina Torino de virada na Copa da Itália



28/01/2020 | 19:35


Com seguidas homenagens a Kobe Bryant, o Milan sofreu nesta terça-feira, mas buscou a virada sobre o Torino e bateu o rival por 4 a 2 na prorrogação, após empate em 2 a 2 no tempo normal. O triunfo garantiu a equipe de Milão, que atuou no San Siro, nas semifinais da Copa da Itália.

A partida foi precedida de diversas homenagens a Kobe Bryant, que tinha fortes laços com a Itália e era torcedor declarado do Milan. O astro do basquete mundial, vítima de um acidente de helicóptero no domingo, nos arredores de Los Angeles, morou no país europeu entre os seis e os 13 anos, época em que seu pai atuou no basquete local.

Ainda no aquecimento do jogo, as mensagens "Lendas nunca morrem" e "SempreKobe" (substituindo a tradicional "SempreMilan") foram exibidas nas placas de publicidade do estádio. Ao mesmo tempo, imagens do ex-jogador do Los Angeles Lakers apareciam no telão principal.

Pouco antes da entrada dos times em campo, para o início do jogo, as luzes do estádio foram desligadas e os torcedores iluminaram as arquibancadas com seus celulares ao som da música "Who wants to Live forever" "Quem quer viver para sempre", em tradução livre, da banda Queen. Muitos torcedores vestiam a camisa os Lakers, com o nome de Kobe.

Durante o jogo, as homenagens seguiram. Aos 24 minutos do primeiro tempo, em referência ao número que Kobe usava em seu uniforme nos Lakers, a torcida fez um minuto de aplausos. Em campo, jogadores dos dois times usavam braçadeira em sinal de luto.

Com a bola rolando, o Milan saiu na frente, com gol de Giacomo Bonaventura, aos 12 minutos de jogo. Mas levou um susto ao tomar uma virada dos visitantes. O zagueiro brasileiro Bremer, ex-Atlético-MG, marcou duas vezes, aos 34 da etapa inicial e aos 26 do segundo tempo. Porém, nos acréscimos, o turco Hakan Calhanoglu anotou o segundo do Milan e levou o duelo para a prorrogação.

No tempo extra, o time da casa não deu qualquer chance para o adversário. Calhanoglu voltou à carga no início do segundo tempo. E o sueco Zlatan Ibrahimovic decretou a vitória dos anfitriões dois minutos depois, sacramentando a classificação do Milan.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com homenagens a Kobe Bryant, Milan elimina Torino de virada na Copa da Itália


28/01/2020 | 19:35


Com seguidas homenagens a Kobe Bryant, o Milan sofreu nesta terça-feira, mas buscou a virada sobre o Torino e bateu o rival por 4 a 2 na prorrogação, após empate em 2 a 2 no tempo normal. O triunfo garantiu a equipe de Milão, que atuou no San Siro, nas semifinais da Copa da Itália.

A partida foi precedida de diversas homenagens a Kobe Bryant, que tinha fortes laços com a Itália e era torcedor declarado do Milan. O astro do basquete mundial, vítima de um acidente de helicóptero no domingo, nos arredores de Los Angeles, morou no país europeu entre os seis e os 13 anos, época em que seu pai atuou no basquete local.

Ainda no aquecimento do jogo, as mensagens "Lendas nunca morrem" e "SempreKobe" (substituindo a tradicional "SempreMilan") foram exibidas nas placas de publicidade do estádio. Ao mesmo tempo, imagens do ex-jogador do Los Angeles Lakers apareciam no telão principal.

Pouco antes da entrada dos times em campo, para o início do jogo, as luzes do estádio foram desligadas e os torcedores iluminaram as arquibancadas com seus celulares ao som da música "Who wants to Live forever" "Quem quer viver para sempre", em tradução livre, da banda Queen. Muitos torcedores vestiam a camisa os Lakers, com o nome de Kobe.

Durante o jogo, as homenagens seguiram. Aos 24 minutos do primeiro tempo, em referência ao número que Kobe usava em seu uniforme nos Lakers, a torcida fez um minuto de aplausos. Em campo, jogadores dos dois times usavam braçadeira em sinal de luto.

Com a bola rolando, o Milan saiu na frente, com gol de Giacomo Bonaventura, aos 12 minutos de jogo. Mas levou um susto ao tomar uma virada dos visitantes. O zagueiro brasileiro Bremer, ex-Atlético-MG, marcou duas vezes, aos 34 da etapa inicial e aos 26 do segundo tempo. Porém, nos acréscimos, o turco Hakan Calhanoglu anotou o segundo do Milan e levou o duelo para a prorrogação.

No tempo extra, o time da casa não deu qualquer chance para o adversário. Calhanoglu voltou à carga no início do segundo tempo. E o sueco Zlatan Ibrahimovic decretou a vitória dos anfitriões dois minutos depois, sacramentando a classificação do Milan.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;