Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Artista plástico de São Bernardo, Sanches abre exposição inédita em São Paulo

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sanches nasceu e cresceu no bairro Demarchi, em São Bernardo.Arriscou seus primeiros desenhos ainda na adolescência


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

28/01/2020 | 22:40


Sanches nasceu e cresceu no bairro Demarchi, em São Bernardo. Arriscou seus primeiros desenhos ainda na adolescência, quando morava em Santo André e se apaixonou pela pichação e tipografia, mas acreditava se tratar apenas de hobby. Tanto que entrou para estudar arquitetura, na Faculdade de Belas Artes, em São Paulo, cidade que passou a morar quando adulto e, depois de dois anos de curso, resolveu arriscar-se como artista plástico. “Foi só aí que comecei a perceber que isso poderia ser minha profissão”, lembra hoje, com sete anos de carreira.

E o resultado dessa decisão pode ser visto a partir de hoje na exposição Composições, na Garden Art Gallery, em São Paulo. A mostra tem o lettering (letramento ou arte de desenhar letras) e a arquitetura como pilares de sua fundação artística e conecta a forte representatividade tipográfica, base dos trabalhos mais conhecidos de Sanches. “Sempre brinquei que quem acha o Centro de São Paulo feio é porque anda olhando para o chão. Quando se olha para cima lá está arte. A arquitetura, a volumetria, a estética, a simetria, as cores, o céu. A busca do tema nasceu daí, ele sintetiza um olhar do meu trabalho tipográfico em um horizonte que resgata uma pesquisa artística de dez anos com a arquitetura”, comenta o artista.

Nas 25 telas expostas, Sanches busca uma releitura tipográfica, com linhas que compõem as sílabas distorcidas e conduzidas em meio a todos os outros elementos contando a história poética de sua realidade. “A junção do lettering e da arquitetura forma peças tridimensionais, com diferentes materiais, e mostra a

fusão das minhas pesquisas da última década”, sintetiza. As peças são vendidas a preços que variam de R$ 6.000 a R$ 20 mil.
O artista plástico já fez obras para famosos como KondZilla, Neymar, Anitta e Steve Aoki, e participou de exposições por São Paulo e Miami. Também produziu murais em diversos países, como Estados Unidos, Holanda e Irlanda, e colaborou com marcas como BMW, Nike, Google e Johnnie Walker.

Composições – Exposição. Na Garden Art Gallery – Rua Cunha Horta, 38, Consolação. Aberta de hoje até dia 29 de fevereiro, de segunda a sexta, das 13h às 19h e, aos sábados, das 11h às 18h. Gratuito.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Artista plástico de São Bernardo, Sanches abre exposição inédita em São Paulo

Sanches nasceu e cresceu no bairro Demarchi, em São Bernardo.Arriscou seus primeiros desenhos ainda na adolescência

Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

28/01/2020 | 22:40


Sanches nasceu e cresceu no bairro Demarchi, em São Bernardo. Arriscou seus primeiros desenhos ainda na adolescência, quando morava em Santo André e se apaixonou pela pichação e tipografia, mas acreditava se tratar apenas de hobby. Tanto que entrou para estudar arquitetura, na Faculdade de Belas Artes, em São Paulo, cidade que passou a morar quando adulto e, depois de dois anos de curso, resolveu arriscar-se como artista plástico. “Foi só aí que comecei a perceber que isso poderia ser minha profissão”, lembra hoje, com sete anos de carreira.

E o resultado dessa decisão pode ser visto a partir de hoje na exposição Composições, na Garden Art Gallery, em São Paulo. A mostra tem o lettering (letramento ou arte de desenhar letras) e a arquitetura como pilares de sua fundação artística e conecta a forte representatividade tipográfica, base dos trabalhos mais conhecidos de Sanches. “Sempre brinquei que quem acha o Centro de São Paulo feio é porque anda olhando para o chão. Quando se olha para cima lá está arte. A arquitetura, a volumetria, a estética, a simetria, as cores, o céu. A busca do tema nasceu daí, ele sintetiza um olhar do meu trabalho tipográfico em um horizonte que resgata uma pesquisa artística de dez anos com a arquitetura”, comenta o artista.

Nas 25 telas expostas, Sanches busca uma releitura tipográfica, com linhas que compõem as sílabas distorcidas e conduzidas em meio a todos os outros elementos contando a história poética de sua realidade. “A junção do lettering e da arquitetura forma peças tridimensionais, com diferentes materiais, e mostra a

fusão das minhas pesquisas da última década”, sintetiza. As peças são vendidas a preços que variam de R$ 6.000 a R$ 20 mil.
O artista plástico já fez obras para famosos como KondZilla, Neymar, Anitta e Steve Aoki, e participou de exposições por São Paulo e Miami. Também produziu murais em diversos países, como Estados Unidos, Holanda e Irlanda, e colaborou com marcas como BMW, Nike, Google e Johnnie Walker.

Composições – Exposição. Na Garden Art Gallery – Rua Cunha Horta, 38, Consolação. Aberta de hoje até dia 29 de fevereiro, de segunda a sexta, das 13h às 19h e, aos sábados, das 11h às 18h. Gratuito.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;