Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Bolsonaro diz que vai ligar para Regina Duarte para tentar nomeação nesta quarta



28/01/2020 | 10:39


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, 28, que vai ligar para a atriz Regina Duarte hoje para ver com ela a disponibilidade de a nomeação para a Secretaria Especial da Cultura sair na quarta-feira, 29. "Seria excepcional. Ela tem conhecimento e precisa de gente com gestão ao seu lado. Tem cargo para isso. Tem tudo para dar certo", afirmou, ao chegar no Palácio da Alvorada, depois de voltar da viagem à Índia.

A atriz foi convidada pelo presidente para o cargo após a demissão do ex-secretário, Roberto Alvim, que divulgou um vídeo no qual faz um discurso com frases semelhantes às usadas por Joseph Goebbels, ministro da Propaganda do governo nazista de Adolf Hitler.

Regina Duarte afirmou que está "noivando" com o governo, mas ainda não confirmou se aceitará o convite. Bolsonaro disse que Regina apresentou para ele uma proposta "bastante atrativa".

"Conversei com ela. Como tratar a questão da cultura no Brasil sem o viés de esquerda que tinha aí, só dava minoria. Tá certo? E queremos cultura ao povo em geral", afirmou o mandatário.

A atriz compartilhou no domingo, 26, no Instagram, um vídeo no qual o ex-BBB Adrilles Jorge critica o "marxismo cultural". No programa "Jovem Pan Morning Show", da rádio Jovem Pan, o ex-BBB afirmou que o marxismo cultural coloca "negros contra brancos, mulheres contra homens, homossexuais contra heterossexuais". Ao compartilhar o vídeo, Regina Duarte disse que o depoimento de Jorge era "bacana, profundo, super real" e perguntou: "quem é esse cara?!".

O vídeo que a atriz compartilhou é editado e não mostra o apresentador do programa, Guga Noblat, rebater Jorge dizendo que "marxismo cultural" é uma "teoria conspiratória que ninguém leva a sério".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsonaro diz que vai ligar para Regina Duarte para tentar nomeação nesta quarta


28/01/2020 | 10:39


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, 28, que vai ligar para a atriz Regina Duarte hoje para ver com ela a disponibilidade de a nomeação para a Secretaria Especial da Cultura sair na quarta-feira, 29. "Seria excepcional. Ela tem conhecimento e precisa de gente com gestão ao seu lado. Tem cargo para isso. Tem tudo para dar certo", afirmou, ao chegar no Palácio da Alvorada, depois de voltar da viagem à Índia.

A atriz foi convidada pelo presidente para o cargo após a demissão do ex-secretário, Roberto Alvim, que divulgou um vídeo no qual faz um discurso com frases semelhantes às usadas por Joseph Goebbels, ministro da Propaganda do governo nazista de Adolf Hitler.

Regina Duarte afirmou que está "noivando" com o governo, mas ainda não confirmou se aceitará o convite. Bolsonaro disse que Regina apresentou para ele uma proposta "bastante atrativa".

"Conversei com ela. Como tratar a questão da cultura no Brasil sem o viés de esquerda que tinha aí, só dava minoria. Tá certo? E queremos cultura ao povo em geral", afirmou o mandatário.

A atriz compartilhou no domingo, 26, no Instagram, um vídeo no qual o ex-BBB Adrilles Jorge critica o "marxismo cultural". No programa "Jovem Pan Morning Show", da rádio Jovem Pan, o ex-BBB afirmou que o marxismo cultural coloca "negros contra brancos, mulheres contra homens, homossexuais contra heterossexuais". Ao compartilhar o vídeo, Regina Duarte disse que o depoimento de Jorge era "bacana, profundo, super real" e perguntou: "quem é esse cara?!".

O vídeo que a atriz compartilhou é editado e não mostra o apresentador do programa, Guga Noblat, rebater Jorge dizendo que "marxismo cultural" é uma "teoria conspiratória que ninguém leva a sério".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;